Web Content Viewer
the who – Blog – Cultura Inglesa

Tag: the who

O britânico que dirigiu a primeira ópera rock de todos os tempos

7 anos atrás ----- Blog

No último domingo, morreu aos 84 anos o diretor britânico Ken Russell.

Russel foi um craque. Entre os seus trabalhos, destacam-se “Mulheres Apaixonadas”, indicado ao Oscar em 1969, além de “Lisztomania”, sobre o compositor Franz Liszt.

Porém, a sua obra mais famosa é bem conhecida pelos roqueiros. Trata-se da ópera-rock “Tommy”, do grupo inglês The Who.

O diretor adaptou o disco conceitual para as telas grandes com um elenco de peso, que contava com Elton John, Eric Clapton, Tina Turner, Jack Nicholson, entre outros, além dos integrantes da banda The Who.

Nascido em Southampton, em 1927, o diretor era entusiasta da música e deixou uma obra imperdível para cinéfilos e fãs do rock. Em homenagem a ele, ficamos com a performance impagável de Elton John no clássico Tommy.

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=cySnG42s0lE[/youtube]

Cult Connections → The Who em círculos

8 anos atrás ----- Blog

Já ouviu Pinball Wizard? Este clássico do rock está no álbum “Tommy”, do The Who – álbum que é considerado a ópera-rock mais popular da História. Virou até filme, um musical.

E você sabe quem atuou como jogador de pinball? Sir Elton John, outro astro da música inglesa que estourou nos anos 70.

Curiosidade: o verdadeiro nome de Elton John é Reginald Kenneth Dwight. Assim ele nasceu, foi registrado e começou a carreira. Como Reginald, ele chegou a fazer testes para ser o vocalista das bandas King Crimson e Gentle Giant.

Reginald mudou de nome aos 20 e poucos anos de idade, seis meses após conhecer o produtor Bernie Taupin. “Elton John” é uma homenagem ao saxofonista Elton Dean e ao cantor de blues Long John Baldry.

Juntos, Elton John e Bernie Taupin compuseram uma série de canções, como “Candle in The Wind”, favorita da princesa Diana.

“Candle in The Wind” foi escrita em 1973, em homenagem à Marilyn Monroe, que morrera 11 anos antes. A homenagem pode não ser clara porque Elton fala de uma mulher chamada Norma Jean, e não Marilyn Monroe. Mas ela é bem óbvia!

Sabe por quê? Bem, assim como Elton John, Marilyn Monroe é um nome artístico. A atriz, na verdade, nasceu Norma Jean Baker.

E sabe quem mais vive sob nome artístico? David Bowie, ex-David Robert Jones. A inspiração para o sobrenome do estrelato veio de uma arma, a faca Bowie, bem popular no século 19. É aquela faca do Rambo, de ponta curva.

A série “Rambo” – que você já deve ter acompanhado na Tela Quente – traz Sylvester Stallone no papel de um veterano da Guerra do Vietnã. Por acaso, o personagem John Rambo nasceu numa cidade do Arizona chamada Bowie.

E mais: a história fala sobre a relação entre civis e militares e as dificuldades por quais um soldado passa ao voltar para casa. É também o caso de “Tommy”, a ópera do The Who. Enquanto “Rambo” conta a saga de um soldado nos EUA após o Vietnã, a vida de Tommy é pautada pela volta de um soldado à Inglaterra, após a Primeira Guerra Mundial.
.

✰ As músicas do The Who você ouviu no 15CIF no Parque da Independência!

Cachorro Grande toca os clássicos do The Who

8 anos atrás ----- Blog

Cachorro Grande subiu ao palco do Parque da Independência com o sol a pino e “I Can’t Explain” no talo. Os fãs de The Who não demoraram para colar na grade. Afinal, a chance era rara mesmo: ouvir uma bela sequência de músicas do grupo com uma banda que não deixava nada a dever.

O pessoal do Cachorro Grande sabia que o tempo era curto, mas aproveitaram para dar ao público os maiores hits da banda da qual eles também são fãs. “Substitute” e “Pinball Wizard” fizeram o público, que aos poucos aumentava, pular loucamente. Com certeza, o som forte da banda não deixou ninguém passar reto.

O show terminou com uma versão esticada e energética de “My Generation” que prendeu a atenção até do baterista do Blood Red Shoes!

✰ Veja a galeria de fotos do show
.

[youtube width=”650″ height=”325″]http://www.youtube.com/watch?v=lEolqCZGR-Q[/youtube]

Cachorro Grande toca The Who

8 anos atrás ----- Sem categoria

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=w8VMb_6v4Y8[/youtube]

A banda gaúcha nunca escondeu que o The Who foi uma de suas maiores influências. Não precisamos nem escutar a discografia do Cachorro Grande para notar. Só de assistir a banda ao vivo já dá pra perceber.

O grupo sempre fez questão de interpretar músicas como “My Generation” e “The Kids Are Alright”. Em 2007, o Cachorro Grande fez bonito quando foi convidado pelo Covernation da MTV para tocar clássicos do The Who.

Escolhidos pela maioria dos alunos da Cultura Inglesa, a banda sobe ao palco dia 29 para fazer tremer o Parque da Independência!

Veja acima um aperitivo do que vai rolar.
.

Saiba mais sobre o Cachorro Grande

Site oficial
MySpace
Twitter
Facebook

.
Veja o line up completo do Música no Parque

 

Classificação: livre

IMPORTANTE

Informamos que é proibida a entrada com materiais cortantes, perfurantes ou pontiagudos, copos de vidro, objetos de malabares, guarda-chuvas, latas de todas as naturezas, garrafas plásticas superiores a 500 ml, bebidas alcoólicas, e quaisquer outros itens que possam comprometer a segurança do público ou que sejam incompatíveis com os propósitos deste evento.

O Parque da Independência é um Patrimônio Histórico, colabore com a sua preservação e aproveite os shows do domingo!

O mestre do pinball do The Who realmente existiu

8 anos atrás ----- Blog

[youtube width=”650″ height=”325″]http://www.youtube.com/watch?v=aOUqRZkR8dE[/youtube]
Você já ouviu falar do mestre do pinball? Bem, certamente, a canção Pinballl Wizard, do The Who, você já escutou. A música é do álbum Tommy (1969), que conta a história de um inglês cego, surdo e mudo, em busca da cura para seus males.

“Pinball Wizard” conta um episódio específico da vida de Tommy, em que ele descobre seu talento no jogo e derrota um campeão local.

Mas e na vida real? Você sabia que, nos anos 40, máquinas de pinball foram proibidas em Nova York porque eram consideradas jogo de azar?

Reza a lenda que a polícia as destruía com marretas e jogava os restos no rio, ao passo que relatos contam que, na verdade, suas partes de metal foram derretidas para a construção de balas para serem usadas na Guerra.
.

.
De qualquer maneira, a lei só mudou em 1976, por causa da habilidade um rapaz de 26 anos, Roger Sharpe. Em tribunal, Sharpe calculou e realizou uma jogada predeterminada, provando que pinball não era um jogo de azar, mas de estratégia.

Mesmo com a mídia ao seu redor, Sharpe se manteve frio e calculista. Um verdadeiro “pinball wizard”, não?
.

Se você é fã da cultura mod e do The Who, confira o show especial do Cachorro Grande, dia 29 de maio, às 13h, interpretando apenas músicas da banda inglesa. Saiba mais sobre o Música no Parque

INSTAGRAM

49 anos atrás
@