Web Content Viewer
Mostra de Cinema – Blog – Cultura Inglesa

Tag: Mostra de Cinema

Curta premiado em Cannes vai ganhar continuação no #18CIF

5 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa Edital

 

.
O ano de 2006 foi bem legal para a dupla Esmir Filho e Mariana Bastos: primeiro, eles dirigiram “Tapa na Pantera”, que bombou na internet como poucos curta-metragens brasileiros já conseguiram. Depois, eles ganharam o prêmio de melhor roteiro na Semana da Crítica do Festival de Cannes com o filme “Alguma Coisa Assim” (que você pode assistir na íntegra ali em cima).

Foi esse curta, patrocinado pelo edital do 10º Cultura Inglesa Festival, que inspirou a participação da dupla no edital de 2014! Eles foram escolhidos pelos curadores novamente e estarão na Mostra de Cinema do #18CIF com o curta “Sete Anos Depois”.

“Sete Anos Depois” vai mostrar os personagens de “Alguma Coisa Assim” mais maduros, mas igualmente amigos (e igualmente confusos). Vai assistindo o primeiro aí em cima para se preparar! Inspirada na música “Seven” do David Bowie, a história do filme tem tudo pra impressionar a gente.

Os horários em que o curta novo vai ser exibido exibido já estão todos aqui, junto com toda a programação de cinema do #18CIF. Não vai perder!

The Libertines em dose dupla

6 anos atrás ----- Blog

.
A banda de Carl Barât e Pete Doherty vai aparecer duas vezes no 17º Cultura Inglesa Festival! O filme The Libertines – There’re no Innocent Bystanders faz parte da mostra de rockumentários do #17CIF. É um registro do show mais incrível da melhor turnê da banda. Veja os horários exibição: http://bit.ly/11g4Vdt

E o próprio Carl Barât em carne e osso vem discotecar na balada do Festival! Já garantiu ingresso? A balada vai ser uma edição especial da festa Green Sunset no MIS. Aluno e staff não pagam até dia 9 de junho. Corre! http://bit.ly/18LIGSV

 

Por que você não pode deixar de ver o filme sobre George Harrison

7 anos atrás ----- Blog

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=AGMMXK-661M[/youtube]

Justamente o mais quieto dos Beatles, George Harrison, foi o primeiro a ganhar um bom documentário biográfico, George Harrison: Living in the Material World, que você poderá conferir no 16CIF.

E quem teve a ideia de fazer o filme, quem diria, foi o próprio George Harrison. O músico, fã de cinema, sonhava em levar sua vida à telona e, inclusive, chegou a juntar material para tanto. Ele não teve tempo de fazer o filme, mas sua esposa, Olivia Harrison, tratou de juntar as filmagens e entregou o material a ninguém menos que Martin Scorsese.

Só podia dar em filmaço – e que filmaço. São 3 horas e meia de documentário, uma ótima sequência de boas histórias e muita música. Claro, boa parte do longa é dedicado aos Beatles (quase metade do filme). Mas George Harrison fez ainda muito mais do que pertencer à banda mais cultuada do mundo.
. 

George, o inquieto

O guitarrista, muitas vezes ofuscado e intimidado pela dupla Lennon/McCartney, teve uma bela carreira solo (All Things Must Pass é talvez o melhor álbum solo de um Beatle), foi responsável por trazer muito do misticismo oriental para este lado do mundo, inventou a onda de concertos beneficentes com seu Concerto para Bangladesh e juntou em uma só banda (sob sua liderança) Bob Dylan, Roy Orbison e Tom Petty .

Sem contar que teve uma quantidade incrível de bons amigos, entre eles o guitarrista Eric Clapton, os Pythons Eric Idle e Terry Gilliam e o piloto Jackie Stewart.

O documentário passa por todas essas histórias com uma boa dose de entrevistas, fotos e trechos de cartas (escritas por Harrison e lidas por seu filho Dhany). Aqueles episódios famosos que sempre atiçaram nossa curiosidade também não ficaram de fora, caso do triângulo amoroso que envolveu Clapton, Harrison e a modelo Patty Boyd (para quem “Layla” e “Something” foram escritas).

É sua chance de conhecer de perto um dos britânicos mais queridos de todos os tempos. E ver que, afinal, George Harrison não era tão quieto quanto imaginávamos.
. 

Para ouvir

No início dessa semana, foi lançado nos EUA o CD  Early Takes Volume I, com demos, músicas inéditas e raridades do George Harrison, algumas das faixas justamente extraídas do documentário Living in the Material World. Se não aguentar de curiosidade, você pode já comprar o álbum aqui.
.

✰ O filme entra em cartaz no Cine Livraria Cultura no dia 25 de maio. Confira os horários de exibição

Martin Scorsese e George Harrison nas telonas do Festival

7 anos atrás ----- Blog

A Mostra Contemporânea, uma das três mostras de cinema do 16º Cultura Inglesa Festival, traz pela primeira vez para uma tela de cinema em São Paulo o documentário George Harrison: Living in the Material World

O filme conta a história do mais discreto dos Beatles é dirigido por ninguém menos que Martin Scorsese, autor de Taxi Driver, Os Infiltrados e Touro Indomável, entre outros clássicos. No total, são 3h30 de imagens raras de arquivo, além de entrevistas com colaboradores e amigos de Harrison, como Paul McCartney, Ringo Starr, Yoko Ono, Eric Clapton, entre outros.

Os fãs do compositor de “Here Comes the Sun”, “Tax Man” e “Something” agora poderão conhecer mais de perto o universo que circundava a vida desse tímido garoto de Liverpool, falecido em 2001.

Uma das curiosidades pouco conhecida do público, e mostrada na película, é a história por trás do filme do Monty Python, “A vida de Brian”. De tão fã da trupe, George Harrison chegou a hipotecar sua casa só para garantir a produção do filme. De quebra, ainda fez uma ponta na história.
. 

✰ O filme passa no Cine Livraria Cultura no dia 25 e 30 de maio. Veja a programação completa de cinema do Festival.

Shifty (3ª exibição)

8 anos atrás ----- Sem categoria

[youtube width=”650″ height=”305″]http://www.youtube.com/watch?v=RPay_WeETxI[/youtube]

“An urban film with heart, guts and soul”

Orçado em £100,000 (mais ou menos uns R$ 270.000, valor muito baixo para um longa), porém, sem aparentar qualquer deficiência por conta do baixo orçamento, Shifty é uma pedrada do começo ao fim.

O filme conta a história de Chris, um rapaz que volta à sua cidade natal após 4 anos de ausência. Lá, ele reencontra aquele que era seu melhor amigo, o Shifty do título, um jovem traficante e muçulmano – o que proporciona algumas piadas de humor incorreto, no estilo britânico e hilariante.

Feito a partir das memórias do diretor de 32 anos, Eran Creevy, quando retornou à sua cidade natal e soube que um dos seus amigos havia morrido esfaqueado, Shifty narra os acontecimentos suscitados pela volta de Chris à cidade na qual se confronta com o passado negro e com o futuro violento que se aproxima.

.
Ficha técnica

Ano de lançamento na Inglaterra: 2008
Duração: 85 min
Direção: Eran Creevy
Distribuidor: Between the Eyes
Classificação: 18 anos

Sala Cultura Inglesa do CBB
Capacidade: 160 lugares
Rua Ferreira Araújo, 741 – Pinheiros

Veja os demais horários de exibição.

Máquina de Sorvetes – Curta (6ª exibição)

8 anos atrás ----- Sem categoria

Beatles + sorvete = bela pedida! Livremente inspirado no clássico adolescente “I Wanna Hold Your Hand” dos Beatles, o curta-metragem do diretor curitibano Christopher Faust mistura comédia e fantasia para contar a história de Martin, um rapaz que trabalha numa máquina de sorvetes expressa e se apaixona pela garçonete da lanchonete do outro lado da rua.

Tendo passado um ano pouco animador como vendedor na máquina de sorvetes, Martin conhece um garoto de descendência asiática vestido com a camisa do Oasis (outra banda inglesa na história!) que parece mudar sua percepção das coisas.

Com experiência no cenário de curtas nacionais, o diretor Chistopher Faust traz em Máquina de Sorvetes uma incursão divertida pelos absurdos da conquista – cabíveis a todos nós em algum momento da vida – pra dizer que, no fim, tudo é muito mais simples do que parece.

.
Direção:
Christopher Faust
Classificação: Livre

Este é um curta-metragem inédito, selecionado no edital público da Cultura Inglesa. Será exibido antes do filme Bacon´s Arena.

Sala Cultura Inglesa do CBB
Capacidade: 160 lugares
Rua Ferreira Araújo, 741 – Pinheiros

Veja os demais horários de exibição.

Bacon’s Arena (3ª exibição)

8 anos atrás ----- Sem categoria

Francis Bacon não teve educação artística formal, mas com suas imagens inquietantes tornou-se um dos mais influentes pintores figurativos do pós-guerra. Prova disso é o valor que uma de suas obras da série sobre o Papa Inocêncio, inspirada em Velázquez, alcançou em 2007: mais de 27 milhões de dólares!

A história do homem que pintou esta tela é contada no documentário Bacon’s Arena, dirigido por Adam Low. O filme foi nomeado para o Emmy Internacional em 2005.
.

Ficha técnica
Lançamento na Inglaterra: 2005
Duração: 95 min
Direção: Adam Low
Classificação: livre

.
Sala Cultura Inglesa do CBB

Capacidade: 160 lugares
Rua Ferreira de Araújo, 741, Pinheiros

 

Four Lions (3ª exibição)

8 anos atrás ----- Sem categoria

O longa metragem, que marca a estreia do diretor inglês Chris Morris, faz uma inteligente sátira da Jihad (uma forma de luta da religião islâmica, onde indivíduos buscam conquistar a fé perfeita).

Baseado no atentado terrorista que ocorreu em Londres na manhã de 7 de Julho de 2005, o filme conta a história de um grupo de terroristas islâmicos da cidade de Sheffield, região central da Inglaterra, que não conseguem chegar a um acordo sobre o alvo do ataque e isso gera uma grande confusão.

Aclamado pela critica, Four Lions foi considerado uma das comédias mais engraçadas e mais ousadas do ano, aparecendo nas principais listas dos dez melhores longas, incluindo a Time Magazine, Associated Press, E! Online, Ain’t It Cool News, Box Office Magazine, entre outras publicações.

.
Ficha técnica
Lançamento na Inglaterra: 2010
Duração: 97 min
Direção: Christopher Morris
Distribuidor: Wild Bunch
Classificação: 14 anos

Sala Cultura Inglesa do CBB
Capacidade: 160 lugares
Rua Ferreira Araújo, 741 – Pinheiros

Veja os demais horários de exibição.

O Morro da Guerra Eterna – Curta (6ª exibição)

8 anos atrás ----- Sem categoria

A fantástica história do pequeno Tim, seu fiel cachorro Glomer e de uma perigosa batalha fantasma.

As aventuras e a fascinação que o universo da guerra nutre em certas crianças não é diferente com Tim. Ou melhor, é sim! Na noite de Natal, nosso herói decide botar à prova uma velha história de fantasmas contada por seu avô.

Acompanhado do seu escudeiro, Tim vai até a fria colina de Edgehill e se depara com dois exércitos que voltam do além e revivem uma batalha do ano de 1642: a batalha de Edgehill!

O fantástico e a imaginação de Tim, junto a duas caveiras de nome John e Paul, fazem o curta de Mauro D’addio. O final tem uma bela mensagem, depois, é claro, de passar por toda essa aventura.

.

Direção: Mauro D’Addio
Classificação: livre

Este curta será exibido antes do filme Four Lions.

.

Sala Cultura Inglesa do CBB
Capacidade: 160 lugares
Rua Ferreira Araújo, 741 – Pinheiros

Veja os demais horários de exibição.

2 – Curta (6ª exibição)

8 anos atrás ----- Sem categoria

Seno, co-seno e tangente num parque público enquanto o sol não vai embora.

Calma, não é matemática, é cinema. 2 traz a história de Rafael e Thalita, dois jovens, amigos, estudando para uma prova que vai acontecer no dia seguinte – bem familiar, não? Ambos se gostam, se ajudam e se juntam a um grupo de outros amigos para passar a tarde estudando. E, se Rafael é o crânio da história, é claro que Thalita representa tudo que o nosso amigo nerd não conhece, mas tem uma vontade enorme de sentir.

É a partir desse enredo e da livre inspiração no poema “Love and Friendship”, de Emily Brontë, que o diretor Thiago Ricarte roda seu curta: uma homenagem às descobertas e belezas de uma amizade adolescente.

.

Direção: Thiago Ricarte
Classificação: 12 anos
Curta inédito, vencedor do edital público da Cultura Inglesa

Este curta será exibido antes do filme Le Donk & Scor-Zay-Zee.

Sala Cultura Inglesa do CBB
Classificação: 160 lugares
Rua Ferreira Araújo, 741 – Pinheiros

Veja os demais horários de exibição.

INSTAGRAM

49 anos atrás
@