Web Content Viewer
Cultura Inglesa Arquivos englishtips - Blog - Cultura Inglesa

Tag: englishtips

Palavras em inglês que soam iguais, mas têm escrita diferente

1 mês atrás ----- Blog

Você já pronunciou muito destes pares sem se dar conta, talvez, de que eles soam exatamente da mesma maneira – mesmo que sua grafia seja bastante diferente! Estes pares de palavras são chamadas de “heterographs”, em inglês. Confira abaixo a lista das mais famosas:

Here / Hear
(aqui / ouvir)

Bear / Bare
(urso / aguentar)

To / Two / Too
(para / dois / também)

By/ Buy / Bye
(por / comprar / tchau)

Peace / Piece
(Paz / pedaço)

Whole / Hole
(inteiro /  buraco)

Know / No
(saber / não)

Stare / Stair
(olhar / escada)

None / Nun
(nenhum / freira)

Cache / Cash
(cache / dinheiro vivo)

Fair / Fare
(justo; feira / tarifa)

Idol / Idle
(ídolo / ocioso)

I / Eye
(eu / olho)

Knight / Night
(cavaleiro / noite)

Air / Heir
(ar / herdeiro)

Right / Write
(certo; direita / escrever)

Week / Weak
(semana / fraco)

Wear / Where
(usar / onde)

Wait / Weight
(esperar / peso)

Waist / Waste
(cintura / gastar)

Toe / Tow
(dedo do pé / rebocar)

Quer saber mais? Confira este site que reúne os “homophones” da língua inglesa: http://www.homophone.com.
Os homophones são um grupo mais amplo de palavras. Além dos “heterographs”, também inclui termos que soam iguais e também são escritos iguais, mas têm significado diferentes (Ex.: “rose” = que pode ser “flor” ou o passado do verbo “to rise”)

Quer ficar expert no idioma? Conheça o curso de graduação em Letras-Inglês da Faculdade Cultura Inglesa

Break ou Brake? Descubra a diferença

3 mêses atrás ----- Blog EnglishTips

Essas duas palavras em inglês são homófonas (homophones), o que quer dizer que são escritas de formas diferentes mas têm o mesmo som. Por isso muita gente acaba se confundindo! O importante é prestar atenção no contexto.

BREAK é o verbo em inglês para “quebrar”. É um verbo irregular (past = broke; past participle = broken) que pode ser usado em diferentes situtações, mas basicamente com o mesmo significado:
• Don’t play football here – you’ll break the windows!
• They shouldn’t break the law like this.
• I want to break free (like Freddie Mercury!)

BRAKE é o verbo em inglês para “frear”. Esse é um verbo regular (past & past participle = braked):
• Don’t forget to brake to stop the motorcycle.

As duas palavras também podem ser usadas como substantivos (nouns). BREAK significa basicamente uma interrupção, um intervalo; BRAKE é o substantivo para freio:
• There was a coffee break at the event.
• Rachel and Ross were on a break, remember?
• Hit the brakes now or you’re going to fall from your bike!

Portanto, o contexto das frases ajuda bastante na hora de identificar qual é a palavra que está sendo dita, não é mesmo? Com palavras homófonas, it’s what really counts!

#EnglishTips

Como escrever seu CV em inglês

4 mêses atrás ----- Blog

Hoje em dia muitas empresas pedem currículos em inglês, mas ainda existem muitas dúvidas por aí sobre como escrever um CV em uma língua estrangeira. Aqui vão algumas dicas para te ajudar a evitar alguns dos erros mais comuns, e aumentar as suas chances de conseguir o emprego dos sonhos!

1. Nunca traduza seu CV
Escreva um novo! CVs em inglês são mais objetivos e as frases são mais curtas, portanto uma simples tradução pode não ser uma boa ideia…

2. Pesquise os nomes corretos
Procure na internet como os ingleses chamam cursos e cargos equivalentes aos quais você fez e ocupou no Brasil, pois as nomenclaturas podem ser mais específicas em inglês e isso pode te ajudar a se diferenciar

3. Escreva um “cover letter”
A “cover letter” é uma introdução sobre você e seus objetivos – a maioria dos CVs em inglês pedem essa introdução! Não use ideias muito gerais, fale sobre os pontos altos da sua carreira, dê um google em boas práticas de cover letter e isso te ajudará a se destacar

4. Estude os hábitos culturais do país da empresa que você está se candidatando
Esses detalhes são importantes, porque diferentes culturas esperam diferentes formas de apresentação.

5. Fale sobre suas experiências
Mencione onde trabalhou, por quanto tempo e o que fez. É importante descrever suas principais conquistas em cada lugar. E comece pelas experiências mais recentes! Deixe as mais antigas para o final.

6. Seja honesto sobre seu conhecimento
Se a empresa pede um CV em inglês, este idioma é importante para o trabalho, portanto, diga a verdade sobre o quanto você sabe. Nessas horas, certificados internacionais são muito importantes para validar este conhecimento!

7. Revise bem seu texto
E peça ajuda! Garanta que seu CV não tenha nenhum erro de gramática ou ortografia antes de enviá-lo.

Prepara-se para o ambiente de trabalho com o workshop de conversação Basic Conversation Track – Professional da Cultura!

EnglishTips – Como pedir ajuda em viagens

4 mêses atrás ----- Blog EnglishTips

Está perdido? Precisa de um help? Ou simplesmente quer uma dica de lugar para comer? Dá uma olhada nessa lista de frases úteis e leve-as no seu bolso na próxima viagem 😉

Como chamar a atenção de alguém:
Excuse me, could I ask you a quick question please?
Excuse me, sorry to bother you but could you help me please?
Hello sir/miss, …
Sorry sir/miss, …
Excuse me, do you speak English?

O que dizer se você passar mal:
Excuse me, is there a first aid room here?
I feel really unwell, is there someone who can help me?
I’m suffering from … do you have medical staff here?
Do you have a first aid kit I could use please?
I’ve injured my … could you please help me?

Como pedir informação:
You wouldn’t happen to know where … is, would you?
I’m trying to find the …
I need to get to the …
How can I get to the …?
Do you know where the … is?
Where is the nearest …?
I’m a little lost, where is the …?
If you miss a flight, bus, transfer, train:

O que dizer se você perder o vôo/ônibus/trem/conexão:
It seems I have missed my (flight, bus, train, connecting flight) could you please book me onto the next available one?
I’ve missed my … is there any way of getting a refund?
I’ve missed my … could you please give me information about the next one?
Could you please help me to rearrange my …?

O que dizer se algo der errado com a sua bagagem:
My suitcase has not arrived yet, where can I get it from?
My luggage is missing, could you help me please?
My rucksack has been damaged, what can I do about this?
I cannot find my suitcase, where can I check please?

Como pedir ajuda com tradução:
Excuse me, do you speak English?
Could you tell me what it says on that sign please?
Could you translate this message for me please?
Could you please ask this person to …?

Quais preposições você pode ouvir ao receber indicação de direção:
(Turn) Right
(Turn) Left
Straight On
Behind
Opposite the …
Next to the …
Near the …
The … is on your (right, left)
Take the first, second, third exit at the roundabout

Quer saber mais? Conheça o workshop de conversação da Cultura voltado para quem precisa viajar!

4 dicas para não passar vergonha com o inglês durante a viagem

4 mêses atrás ----- Blog

(texto com dicas da Cultura Inglesa originalmente publicado no Catraca Livre, por Alan Viana)

Se sua ideia para as férias de fim de ano for uma viagem internacional, mas só de pensar sente aquele friozinho na barriga por não ter fluência na língua inglesa, acalme-se. Nem tudo está perdido. Aqui vão quatro dicas básicas para você sentir-se mais seguro e se animar para aprender mais sobre o idioma e não passar vergonha. Let’s start!

Pesquise sobre a cultura do seu destino

Busque investigar como os falantes de inglês do seu destino se comportam e como eles interagem socialmente. Por ser um país diferente, muitas vezes desconhecemos os costumes e regras de interações que podem garantir uma adaptação mais tranquila em outro contexto. “Aspectos relacionados à privacidade, assuntos proibidos ou inapropriados e linguagem corporal são fundamentais para uma comunicação eficiente. Comunicar-se bem vai muito além do conhecimento de vocabulário e gramática”, salienta a equipe acadêmica da Cultura Inglesa.

Aumente a sua exposição ao idioma

Sim, sempre há tempo para se dedicar ao aprendizado e fazer um intensivo para aprender outro idioma. Hoje em dia é possível criar oportunidades para o uso do inglês mesmo antes de viajar para outro país. Com pequenas mudanças na rotina, o idioma pode entrar na sua vida de maneira mais direta, aumentando a segurança e o conforto ao se comunicar. Mude a configuração do seu celular para inglês, por exemplo. Faça anotações pessoais, como listas de compras e pendências, em inglês. Mude o idioma principal do seu computador e privilegie leituras e programas de televisão na língua inglesa.

Anote os termos relevantes e de difícil compreensão

Selecione os termos e expressões que aparecem nos estudos, filmes e músicas, que tenha dificuldade e mantenha um registro que possa ser rapidamente acessado. Tente focar na língua usada em interações informais e agrupe-as de acordo com a sua função (negociar, começar uma conversa, expressar interesse, discordar, etc).

Insira atividades culturais/lazer ao cotidiano

Qual é o seu lazer preferido? Cinema? Teatro? Dança? Insira em sua programação atividades que privilegiam o seu aprendizado. Assista séries, filmes, peças teatrais em inglês. Convide os amigos para jogar uma partida de videogame ou imagem & ação e pratique o inglês. 

Como fazer o dicionário falar inglês britânico?

7 mêses atrás ----- Blog EnglishTips

O Google Translate tem uma versão britânica, mas recomendamos você usar sempre um dicionário de inglês para não apenas traduzir a palavra (no caso do Translate, às vezes bem mal, né), mas também aprender seu significado.

Nosso favorito é o Cambridge English Dictionary porque a Universidade de Cambridge é parceira da Cultura há décadas e o conhecemos bem – e sabemos de sua qualidade. Os dicionários de Oxford e o MacMillan também oferecem a pronúncia britânica quando você procura algum termo por lá.

Confira os links e exemplos (a mãozinha indica onde apertar para ouvir a pronúncia!):

Se você estiver procurando apenas a pronúncia, e não o significado, tente o HowJSay.

5 dificuldades dos brasileiros ao aprender inglês

8 mêses atrás ----- Blog

Quais as barreiras mais comuns que os brasileiros costumam ter de pular ao aprender inglês? Os professores da Faculdade Cultura Inglesa explicam:

1) Consoantes mudas

O inglês não é uma língua transparente como o português, então temos que lembrar que nem todas as palavras são lidas como se escreve. Exemplo: na palavra “doubt” (dúvida), o “b” é mudo, assim como em “subtle” (sutil). Na maioria das vezes, o encontro entre as consoantes “MB” e “BT” silenciam o B na hora da pronúncia. Mas não é só o “B” que some. O “L” em “salmon” (salmão), por exemplo, também é mudo, assim como o “S” em “island” (ilha).

2) People é plural

Em português, com frequência falamos de grupos no singular (“a gente” ou o “o povo”), mas em inglês, “people” é plural e deve ser pensando como “as pessoas”. Então, diga “people have the power”, nunca “people has the power”

3) Preposição dos phrasal verbs

Os chamados verbos frasais não existem em português! É comum, portanto, os brasileiros (e demais falantes de línguas latinas também), se perderem um pouco na enorme quantidade de combinação de preposições para montar os phrasal verbs. Exemplo: o verbo “make” tem um significado se você juntá-lo com “out” e outro completamente distinto se você junta-lo com “up”. (to “make up” pode querer dizer “inventar”, enquanto que “to make out” pode significar “dar uns amassos”). Look out!

4) Vogais longas e curtas

Pronuncie “it” e “eat”. Agora “bitch” e “beach”. Mais um: “ear” e “year”. A diferença da pronúncia das vogais é sutil, mas ela existe e faz toda a diferença. Uma coisa é cadela (bitch), outra é praia (beach), né? “Bitch” tem um “i” tão curto que soa quase como um “e”, enquanto que “beach” tem um “i” tão comprido que até estica na boca. As vogais longas são características do inglês e precisamos treinar bastante o listening e o speaking para dominá-las.

5) Falsos cognatos

Estes são clássicos, mas na hora do raciocínio rápido, é comum os brasileiros dizerem “I pretend to talk to her” querendo dizer “Eu pretendo falar com ela”. Mas um inglês entende com essa frase que você “finge falar com ela”, já que “pretend” é fingir. Pretender em inglês é “to intend”, então a frase deveria ser “I intend to talk to her”.

“Actually” também costuma gerar confusão, já que significa “na verdade / na realidade”, não “atualmente”

Lembre-se que errar faz parte! O erro é necessário para o aprendizado e também natural, para aprender uma nova língua é preciso se arriscar.

Quer saber mais? Conheça o curso de letras-inglês da Faculdade Cultura Inglesa

What to say to a ‘gringo’ during Carnival?

1 ano atrás ----- Blog

Sugestão de vocabulário se precisar falar inglês neste carnaval:

? “Is it your fist time in Brazil?” = é sua primeira vez no Brasil?

? “Hey, hold your horses” = calma lá, vai devagar

?“You’re way out of my league” = você é muita areia para o meu caminhãozinho

? “Oh, you’re so cute” = você é tão fofo/fofa

? “I think it was love at first sight” = acho que foi amor à primeira vista

? “I’m single and ready to mingle” = estou solteiro na pista

? “Are you having a good time?” = você está se divertindo?

? “Be careful with pick pockets” = Cuidado com os batedores de cartera

? “I need a wingman to build up the courage” = Preciso de um braço direito (um amigo/amiga para sair “à caça” com você) para criar coragem

? “She/he just made eyes at me” = acabamos de nos olhar, fazer contato visual

? “I have a crush on you” = tenho uma atração por você

Quer se aprofundar nestas conversas temáticas? Confira um dos nossos workshops de conversação 😉