Web Content Viewer
Cultura Inglesa Arquivos cultura inglesa - Blog - Cultura Inglesa

Tag: cultura inglesa

A Cultura Inglesa ensina inglês britânico?

2 mêses atrás ----- Blog


Muita gente nos faz esta pergunta! A resposta é a seguinte: na Cultura Inglesa, os alunos saem prontos para se comunicar em inglês em qualquer lugar do mundo. Os alunos aprendem o Global English.

Nós também ajudamos o aluno a identificar quais as preferências dele – se ele fica mais confortável ao falar com mais influência americana, britânica ou de outras variedades da língua (veja aqui o coordenador acadêmico Rubens Heredia respondendo sobre o tema no minuto 2’45”).

O inglês global é fundamental porque o mundo hoje tem mais não-falantes nativos do idioma do que falantes nativos!

E, além disso, o que se convencionou a chamar de “inglês britânico” é na verdade o que os ingleses chamam de “inglês da BBC” (ou, oficialmente, “Received Pronunciation“) – o inglês falado pela Rainha ou (ainda) pela maioria dos apresentadores de TV.

O “RP” é falado, estima-se, por 3% da população do país, ou seja, a chance de você encontrar alguém na Grã-Bretanha falando o “inglês britânico” é bem pequena! Ele também é apenas uma das mais de 40 variações de sotaques e dialetos do Reino Unido (veja abaixo nosso vídeo sobre os mais importantes sotaques britânicos). O “inglês americano”, embora com menos variações que na Inglaterra, é também uma generalização – os sotaques e termos variam conforme a região, assim como no Brasil.

E é por tudo isso que a Cultura te expõe a diferentes sotaques e termos regionais para que você se comunique com todo mundo!

Dito tudo isso, no entanto, KEEP CALM. A cultura britânica é a grande estrela das nossas unidades, aulas e atividades extra-curriculares. Afinal, o inglês virou global, mas nasceu na terra dos Beatles, do Harry Potter e do Shakespeare, da Dua Lipa, do Onde Está Wally e do Banksy, e não negamos nossas origens 😉

Saiba mais sobre nossos cursos

Qual a certificação de inglês é a mais indicada para você?

3 mêses atrás ----- Blog Cultura Inglesa

Como os gringos podem atestar que seu inglês é bom o suficiente para cursar uma faculdade ou trabalhar fora? Através dos certificados internacionais de proficiência. E o certificado pioneiro e mais prestigiado no mundo inteiro (não só em países em que o inglês é língua nativa) é o da Universidade de Cambridge.

Para tirar o certificado, é só você fazer uma prova em um centro autorizado.

Cambridge é parceira da Cultura Inglesa há décadas, e é por isso que a Cultura aplica os exames da Cambridge English Language Assessment periodicamente e também tem os cursos preparatórios mais eficientes.

Os certificados são aceitos por mais de 20.000 instituições que incluem universidades, empresas e governos ao redor do mundo.

Como são as provas

O domínio do inglês é mensurado por meio das habilidades em:
• Compreensão oral (Listening)
• Compreensão e produção escrita (Reading & Writing)
• Expressão oral (Speaking)

Qual o tipo de certificação mais indicado
Há vários tipos de exame oferecidos pela Cambridge English Language Assessment. Eles levam em conta a idade, o nível do idioma e o objetivo do teste (acadêmico ou negócios, por exemplo). Dessa maneira, o resultado da proficiência internacional de inglês é mais preciso. Veja abaixo todos que são oferecidos na Cultura Inglesa:

✦ Starters (YLE Starters)
Para crianças de 7 a 12 anos, é o primeiro teste do grupo “Young Learners English”. A avaliação é atraente e colorida, para estimular o aprendizado do inglês desde o início.

✦ Movers (YLE Starters)
Para crianças de 7 a 12 anos que já tiveram um contato prévio com o inglês. O exame avalia o progresso das habilidades linguísticas da criança.

✦ Flyers (YLE Starters)
Para crianças de 7 a 12 anos que estão na última etapa de aprendizagem do inglês durante o Ensino Fundamental. Avalia o domínio do idioma escrito e falado no dia-a-dia em nível básico.

✦ Cambridge English: Key (KET)
Para quem tem nível A2 (= básico no CEFR). O certificado comprova que você consegue utilizar o inglês, falado e escrito, para interagir com outras pessoas socialmente, pedir informações, localizar-se em cidades estrangeiras etc.

✦ Cambridge English: Preliminary (PET)
Para quem está no nível B1 (= intermediário no CEFR). A qualificação demonstra que você é capaz de utilizar a língua inglesa em atividades de trabalho, acadêmicas ou mesmo para viajar.

✦ Cambridge English: First (FCE)
Para quem tem nível B2 (= intermediário superior no CEFR) e é aceito em mais de 100 países. O exame é baseado em tópicos e situações familiares, atestando que você está apto a usar o inglês para trabalhar ou estudar.

✦ Cambridge English: Advanced (CAE)
É dedicado a quem está no nível C1 (= avançado, de acordo com o CEFR). O exame comprova que você consegue se comunicar com fluência em inglês, expressando suas opiniões, participando de debates ou lendo textos na língua original. A certificação é muito utilizada em processos seletivos profissionais e acadêmicos.

✦ Cambridge English: Proficiency (CPE)
É a certificação mais avançada oferecida pela universidade de Cambridge, indicada para o nível C2 (= proficiência no CEFR). O exame avalia se você tem uma competência elevada, fluência e compreensão total da língua inglesa. Ideal para quem pretende fazer uma pós-graduação no exterior, especializações ou mesmo lecionar o idioma.

A Universidade de Cambridge também fornece os certificados do IELTS. Saiba mais aqui.

Antes de aplicar para os exames, você pode fazer um cursos preparatório para garantir a aprovação e ter uma nota mais alta. Confira o site da Cultura com todas informações e datas de inscrição  😉

Paraisópolis vai ganhar uma Cultura Inglesa gratuita

3 mêses atrás ----- Blog

O sonho está virando realidade! Começaram as obras da nova escola da Cultura Inglesa e da ampliação da creche anglicana Renata Eugênia Rodrigues na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo.

O projeto, financiado pela Cultura e desenvolvido em parceria com a Igreja Anglicana e a prefeitura da cidade, vai ampliar a capacidade da creche para 980 crianças e também disponibilizar uma escola de inglês para até 1000 alunos. Os cursos serão 100% gratuitos voltados apenas para moradores da comunidade.

Tanto o novo prédio da creche quanto a escola devem estar operando já no começo de 2019.

“Esse é um momento de orgulho para a Cultura Inglesa. Ao longo de muitas décadas, a Cultura Inglesa faz ações sociais importantes envolvendo aulas de inglês gratuitas para milhares de crianças, mas essa é a primeira vez que temos um projeto exclusivamente nosso. Temos apoiado projetos em Paraisópolis, ensinando inglês para as crianças através do projeto Rugby para Todos, mas agora, em parceria com a Igreja Anglicana e com a prefeitura de São Paulo, estamos começando esse sonho de ter uma escola da Cultura Inglesa para oferecer aulas de inglês de graça para todos os membros da comunidade de Paraisópolis”, disse Derek Barnes, presidente da Associação Cultura Inglesa de São Paulo, na inauguração das obras no último domingo 29. “Esse é um projeto que traz muita felicidade para nós e espero que traga muita felicidade, também, para a comunidade”.

Conheça os projetos sociais da Cultura Inglesa

 

Ex-aluno da Cultura Inglesa é reconhecido em concurso de Oxford!

4 mêses atrás ----- Blog

Ex-aluno premiado

O ex-aluno da Cultura Inglesa Carlos Alberto Matrone foi um dos vencedores da última edição do Teaching Changes Lives Competition! O concurso é promovido pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, e destaca aqueles que mudam a vida das pessoas por meio da educação.

We speak English and we can help each other!

Quem já estudou na Cultura Inglesa, sabe que a aprender um novo idioma vai além da sala de aula. Quando Carlos Alberto deu início às aulas, ainda adolescente, provavelmente nem imaginava que seria reconhecido por uma das mais maiores entidades educacionais do Reino Unido: a Universidade de Oxford. Sua história como professor de inglês competiu com a de outras pessoas do mundo todo e ganhou o segundo lugar do #TeachingChangesLives na América, atrás apenas da colombiana Diana Carolina Barriga.

Formado em Engenharia, de 2013 a 2017 ele foi voluntário da Cidadão Pró-Mundo – ONG que ensina inglês para jovens e adultos de comunidades carentes. O projeto começou há 20 anos, na região do Capão Redondo, em São Paulo, e hoje conta com 14 unidades e atende cerca de 2 mil alunos. Em Diadema (SP), onde lecionava aos sábados, Carlos Alberto ajudou a montar uma pequena biblioteca com livros doados e viu de perto a diferença que o inglês fazia no dia-a-dia de seus alunos.

Quando compartilhou sua experiência na ONG Cidadão Pró-Mundo no #TeachingChangesLives, ele comentou sobre a troca de conhecimentos com outros voluntários e os resultados do trabalho: jovens mais motivados, conseguindo empregos melhores, entrando na universidade e planejando o futuro. Uma mudança social vista de perto! Congratulations, Carlos Alberto! And we’re very proud of you =)

Você encontra outras histórias inspiradoras sobre como o inglês muda a vida das pessoas no site do #TeachingChangesLives . E para saber mais sobre a ONG Cidadão Pró-Mundo, acesse: http://www.cidadaopromundo.org

A Cultura Inglesa está em clima verde e amarelo!

4 mêses atrás ----- Blog

O Mundial de Futebol está rolando na Rússia e, por aqui, a Cultura Inglesa está na torcida pela seleção brasileira! Para entrar no clima, um concurso interno desafiou as filiais da escola a criarem uma decoração especial verde e amarela.

Mais de 40 unidades participam da festa, mas quatro delas ganharam destaque pela criatividade e pela originalidade: Vila Mariana, Mauá, Butantã e Campinas. Confira agora:

Cultura Inglesa Butantã

Cultura Inglesa Vila Mariana

Cultura Inglesa Maua

Cultura Inglesa Campinas

Aproveite e veja como ficaram todas as unidades da Cultura Inglesa durante o Mundial.
Congratulations to all of you! #ProudToBeCI

Futebol e Cultura Inglesa: veja como foi o Momento Charles Miller

4 anos atrás ----- Blog

.

O esporte mais popular do mundo é uma criação inglesa com sotaque e tempero brasileiro! E o cara por trás dessa tabelinha é Charles Miller, homenageado em espaço criado para esquentar as ações do #18CIF.

As unidades de Tatuapé, Santo Amaro e Santana receberam uma exposição especial com os principais momentos do futebol inglês e brasileiro (veja um pouco no vídeo aí em cima), além de uma história do primeiro artilheiro do Paulistão e expressões típicas do futebol em inglês.

charles miller 1

charles miller 3

Os alunos que participaram ainda se divertiram com um campo de futebol virtual! Sem contar que aproveitaram para trocar figurinhas (olha a foto aí em cima). Ah, e teve também uma exposição com cards de expressões futebolísticas (como esse aqui embaixo) em inglês, para deixar todo mundo afiado! Veja todos eles aqui. 

card

A Copa do Mundo só começa em Junho, mas o Festival começa no dia 9 de maio! Já montou sua programação? É tudo na faixa, e aluno da Cultura Inglesa sempre tem mais vantagens 😉

A invasão britânica ainda não acabou! Veja o que rola nesta semana

5 anos atrás ----- Blog Edital Exposições Teatro

.

show_1

.

Domingo foi lindo! Até São Pedro ajudou. A galera lotou o Memorial da América Latina e conferiu atrações como The Magic Numbers e Kate Nash. Além disso, teve comidinhas, oficina de estêncil e até karaokê. MAS, a invasão britânica ainda não acabou!

Entre os espetáculos, ainda dá tempo de conferir “Watch iT!” neste terça (25), às 21h, lá no Teatro Escola Célia Helena. A peça, que mistura dança, teatro e animação, veio do Fringe Festival e trata do impacto das mídias no dia a dia.

Na quinta (27) estreia a coreografia Justine, inspirada no delicado trabalho da artista britânica Justine Smith. São duas apresentações no Teatro Cultura Inglesa, em Pinheiros. E, no fim de semana ainda rolam peças em inglês encenadas por alunos e ex-alunos no Drama Festival Groups.

Sábado, às 20h, sob a batuta do maestro Marcos Júlio Sergi, o tradicional Coral da Cultura Inglesa interpreta um repertório com produções próprias e do West End. Domingo, a programação encerra com o pessoal do Brit Pop Choir – coral moderno formado pelas vozes de quase 200 alunos.

Calma, ainda tem mais! No Centro Brasileiro Britânico, em Pinheiros, ainda estão em cartaz as mostras inspiradas na rainha, no chá das cinco e nas obras de Cornelia Parker. Já nas estações de metrô, as exposições de cultura de rua também seguem até o dia 30. Moda, esporte, arte e movimentos de ocupação e uso do espaço público são os temas que aparecem. Ah, e na Palmeiras-Barra Funda, a obra coletiva Frutadarvore ainda está em construção. Já deixou sua marca por lá?

Então, arranje fôlego e vamos juntos até domingo! Todas as atrações são gratuitas. Veja mais detalhes na nossa agenda.

.

barrafunda 

 

Rock e rúgbi no 16CIF: conheça o Lechuza Rugby Clube!

6 anos atrás ----- Blog

O rúgbi é uma grande promessa esportiva para o Brasil. A prática vem crescendo nas universidades, nas capitais, e também no interior!

A Cultura Inglesa apoia o esporte através do time Lechuza Rugby Clube, nascido da união entre o Rugby Itu e o Sorocaba Rugby Clube. O time já tem mais de três anos, e almeja chegar à elite do esporte no Brasil.

No show do The Horrors em Sorocaba, pelo 16CIF, os caras apareceram lá para prestigiar o evento. Olha a fotinho aí em cima! Se você é da região, procure se informar sobre as atividades do clube.

Quem já jogou rúgbi sabe que é um esporte fascinante. Como parte da mostra Universo Esportivo Britânico, um pedaço da história deste esporte está sendo contada na estação de Metrô Corinthians-Itaquera. A mostra vai até dia 30 de junho e conta com o apoio da CBRu (Confederação Brasileira de Rugby), que é parceira do 16CIF.

Lá na estação de Itaquera você pode até praticar um pouco do esporte. É de graça para usuários do metrô!