Web Content Viewer
16cif – Blog – Cultura Inglesa

Tag: 16cif

TOP 5 – momentos camaleônicos de David Bowie

5 anos atrás ----- Blog

.
bowie

.
David Bowie é lenda! 10 em cada 10 pessoas já curtiram alguma música sua.

O cara passou por muitas fases, viveu muita coisa, e transformou suas experiências em grandes músicas, além de encarnar personagens incríveis no cinema (o 16CIF teve até uma mostra de cinema só pra ele!). No 18CIF, vai ter espetáculo inspirado em música sua. Ah, e até 20 de abril está rolando no MIS-SP a exposição David Bowie do Victoria & Albert Museum de Londres!

E para celebrar a versatilidade e influência de um dos nossos artistas favoritos, elencamos cinco vídeos em que ele se transfigurou! Eis o TOP 5 – “ch-ch-ch-ch-changes” de Bowie:

Major Tom

Bowie já começou se transformando no Major Tom, a astronauta que se perde no espaço. Belo clipe, e belos óculos, não?

Bowie e Jagger

Ali nos anos 80, quando todo mundo decidiu ser “estranho”, o Bowie resolveu atacar com seu charme. Nesse clipe, com o Mick Jagger, os dois estão impagáveis.

Velhinho?

E poucos envelheceram como este cara. Em 2009, ele subiu aos palcos com o Arcade Fire. Além de bem conservado, a voz dele ainda continua marcante!

Rei dos Duendes

No filme Labirinto, Bowie encarnou o rei dos duendes. Estranho é pouco!

Ziggy Stardust

Thin White Duke, Major Tom, e muitos outros personagens surgiram na sua carreira musical. Mas nenhum se compara com Ziggy Stardust! O personagem definitivo dele, e símbolo de uma era do rock.

Veja o resultado do concurso Stamp It!

7 anos atrás ----- Blog

No 16CIF, teve muita música, cinema, teatro, espetáculos, esportes, e muito mais. Ah, e também teve a promoção que levará um felizardo para um curso em Londres!

É o Stamp It, que para participar bastava visitar três eventos do Festival, carimbar o passaporte, e completar a frase: “No 16CIF, eu vivo a cultura porque…”.

Foram mais de 200 inscritos, entre alunos e não-alunos da Cultura Inglesa. E a frase vencedora foi…

“No 16º CIF eu vivo a cultura porque só a CULTURA me faz INGLESA respondendo a questão: to brit or not to brit!”

Quem levou o prêmio foi Lívia Maria de Araújo Navas. Parabéns!!!

Obrigado a todos que participaram. Fiquem atentos, porque ano que vem tem mais, e vai ser ainda melhor!

Rock e rúgbi no 16CIF: conheça o Lechuza Rugby Clube!

7 anos atrás ----- Blog

O rúgbi é uma grande promessa esportiva para o Brasil. A prática vem crescendo nas universidades, nas capitais, e também no interior!

A Cultura Inglesa apoia o esporte através do time Lechuza Rugby Clube, nascido da união entre o Rugby Itu e o Sorocaba Rugby Clube. O time já tem mais de três anos, e almeja chegar à elite do esporte no Brasil.

No show do The Horrors em Sorocaba, pelo 16CIF, os caras apareceram lá para prestigiar o evento. Olha a fotinho aí em cima! Se você é da região, procure se informar sobre as atividades do clube.

Quem já jogou rúgbi sabe que é um esporte fascinante. Como parte da mostra Universo Esportivo Britânico, um pedaço da história deste esporte está sendo contada na estação de Metrô Corinthians-Itaquera. A mostra vai até dia 30 de junho e conta com o apoio da CBRu (Confederação Brasileira de Rugby), que é parceira do 16CIF.

Lá na estação de Itaquera você pode até praticar um pouco do esporte. É de graça para usuários do metrô!

Dois filmes da Mostra Contemporânea demonstram a ousadia do cinema inglês

7 anos atrás ----- Blog

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=mbA_sOQDGgA[/youtube]

Segunda-feira não é um dia generoso, não é mesmo? Muita gente tem que voltar ao trabalho, aos estudos… mas é em dias assim que uma inspiração extra é necessária.

Para quem resolveu acompanhar a Mostra Contemporânea do #16CIF ontem, o que não faltou foi essa inspiração. Dois filmes recentemente produzidos na Inglaterra mostraram a presença de um cinema vivo e ousado do novo cinema britânico.

Às 19h30, passou a sessão de Two Years At Sea (trailer acima). Um filme difícil, com um ritmo mais lento que o “normal”, e uma narrativa quase que inexistente. No entanto, para quem não está procurando mais um filme de ação, é incrível.

Belas cenas, sonoplastia precisa, fotografia ousada e trilha sonora exótica podem ser algumas palavras para descrever o filme. Mas quer saber? Você tem que conferir com seus próprios olhos. Ele passa na quinta-feira, às 21h30. E vale a pena!

Pedro, que conferiu a sessão, alerta: “Tem que vir preparado. Não é um filme leve para passar o tempo. A sonoplastia é o principal elemento, então para quem gosta dessa área, como eu, vai gostar muito da experiência”. A dica está dada!

Às 21h30, começou O Caramanchão. Filme sobre a vida da dramaturga Andrea Dunbar, morta em 1990, ele mistura cenas ficcionais com depoimentos de pessoas que conviveram com ela.

A dinâmica do filme agradou os presentes, que se emocionaram com a história desta dramaturga precoce, que colocou suas experiências pessoais em peças aclamadas pelo público e a crítica.

O Caramanchão agora passa nas quatro cidades que também recebem o 16CIF (Santos, Sorocaba, São José dos Campos e Campinas) na sexta-feira, às 15h.
. 

☆ Veja toda a programação de Cinema do Festival

☆ Veja mais dicas de sessões no blog do 16CIF

Que tal aprender esgrima de graça com um profissional?

7 anos atrás ----- Blog

Quem nunca brincou de sair duelando no melhor estilo “os três mosqueteiros”?

Sua chance chegou! O #16CIF vai levar um profissional de esgrima para o metrô para ensinar alguns movimentos deste esporte britânico tão famoso (e tão pouco praticado por aqui).

Quem sabe você não acha o D’Artagnan que mora dentro de você?

Vai ser na sexta, dia 1º de junho, das 10h30 às 12h, no Espaço do Projeto Encontros da estação São Bento, parte do 16º Cultura Inglesa Festival. Gratuito para usuários do metrô!

.
Veja toda a programação da exposição Universo Esportivo Britânico 

O Último Filme de Terror, que não é lá tanto terror assim…

7 anos atrás ----- Blog

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=cuxqQ-GIv2E[/youtube]

Um dos filmes da mostra “Mockumentários” tem um nome no mínimo curioso: O Último Filme de Terror.

Quem foi assistir à primeira exibição deste filme no Centro Britânico Brasileiro teve uma surpresa. Não era propriamente um filme de terror, embora este título seja mais preciso que um serial killer bem treinado!

O formato de mockumentário mistura a linguagem do documentário com uma história de ficção. Neste filme, conhecemos a história de Max Parry, que filma casamentos, e decidiu gravar um dos seus hábitos favoritos: matar.

Só que, vejam só, o próprio filme que ele faz vira uma forma de escolher as suas próximas vítimas. Entendeu? Não? Então você tem que conferir com seus próprios olhos.

Para quem gosta do gênero de terror e de mocumentários, é uma bela pedida. Tem um quê de comédia e humor tipicamente britânicos que quebram a tensão de algumas partes.

“O Último Filme de Terror” passa novamente hoje, às 16h, também no Centro Britânico Brasileiro.

☆ Veja toda a programação de Cinema do Festival

☆ Veja mais dicas de sessões no blog do 16CIF

Diretamente de um quarto de hotel: We Have Band

7 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa

Mandamos algumas perguntas para o We Have Band, banda que toca com The Horrors e Franz Ferdinand no 16CIF.

Eles são tão simpáticos que responderam em vídeo, diretamente do Reino Unido. Vejam eles falando sobre a música eletrônica na Inglaterra, Franz Ferdinand, e Pelé(?)!

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=RSEoeZ8SgOk[/youtube]

Fila e animação para o primeiro filme da Mostra Contemporânea

7 anos atrás ----- Blog

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=AGMMXK-661M[/youtube]

O 16CIF vai ter três mostras de cinema: uma só com filmes com David Bowie, uma com mockumentários britânicos, e uma voltada para a produção contemporânea britânica. 

E estreando essa mostra, temos um Beatle: George Harrison. O documentário é assinado por ninguém menos que Martin Scorsese. Não precisa nem dizer que a animação é imensa, certo?

A fila para a retirada de ingressos se formou rapidamente. Lembramos que a retirada de ingressos acontecem com 1h de antecedência para cada sessão.

Teve gente que veio para conferir o filme na telona. Rodolfo, que é de Porto Alegre e mora em São Paulo, viu o filme pela internet assim que saiu, mas é tão fã que não teve dúvidas: “É o meu Beatle favorito!”.

E tem gente que não conhece o filme direito. É o caso de um grupo de alunos da Cultura Inglesa, que já preparou um roteiro para ficar por dentro do que há de melhor no cinema atual na ilha da Rainha.

E você, já preparou o seu roteiro? Confira a programação de Cinema. O filme “George Harrison – Living in the Material World” passa de novo quarta-feira, às 18h30.

E quem levou o Flashmockers foi…

7 anos atrás ----- Blog

A criatividade dos participantes do Flashmockers surpreendeu a nossa comissão julgadora, mas infelizmente tivemos que escolher os que mais nos surpreenderam.

A ideia do concurso era convidar fãs a fazerem um flash mob inspirado na banda que eles mais gostam, e que vem para o 16CIF. A comissão escolheu os mais criativos, e que também melhor se adequaram à proposta do concurso. Eles vão levar cinco pulseiras que dão acesso à pista premium do Festival, além de material promocional autografado pelas bandas e cinco camisetas oficiais do 16CIF.

Todos estavam muito ansiosos pelo resultado, certo? Então para quê esperar mais! Vejam os vencedores:

Franz Ferdinand: Erik Boson

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=97XTwTuZ7-w[/youtube]

The Horrors: Pedro Muriel

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=Ii3oaBFirpo[/youtube]

.
Parabéns a estes criativos jovens! E obrigado a todos pela participação…

Julien Temple, o homem por trás dos grandes clipes da história, vem aí

7 anos atrás ----- Blog

O sol brilha entre as árvores, uma banda toca do lado de uma casinha de pedras, com um piano preto… Bryan Adams ajudou a redefinir o mundo do videoclipe com a radiofônica (Everything I Do) I Do It For You (veja abaixo). E sabe quem é o responsável por isso? Julian Temple, o diretor deste clipe.

Além desse, ele assinou clássicos como Rockin’ in the Free World, do Neil Young, God Save the Queen, dos Sex Pistols, Free Fallin’, do Tom Petty, e muito mais!

E você vai poder trocar uma ideia com ele, pois o diretor inglês vai estar no 16º Cultura Inglesa Festival para um bate-papo com o público. Vai perder? É de graça!

Julien Temple fez também dois documentários sobre os Sex Pistols que são imprescindíveis para quem quer entender o punk. Ou seja, se tiver curiosidade sobre o gênero ou sobre a turma de Johnny Rotten, pergunte ao Temple.

Você pode perguntar para ele também sobre o Paul McCarney, a Whitney Houston, o Blur… Ou o David Bowie, já que ele dirigiu  Absolute Begginers, filme que conta com Bowie no elenco e que vai passar na Mostra Bowie do 16CIF.

Então, vai pensando nas suas perguntas para este cara que tem muita história para contar. Vai ser no dia 26 de maio, sábado, às 16h no Centro Cultural Barco. Salve na agenda.

Para se inspirar, veja alguns dos clipes dirigidos pelo mestre!
 

(Everything I Do) I Do It For You – Bryan Adams

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=ZGoWtY_h4xo[/youtube]

Blue Jean – David Bowie

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=LTYvjrM6djo&ob=av2e[/youtube]

Rockin’ in the Free World – Neil Young

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=PdiCJUysIT0[/youtube]

Free Fallin’ – Tom Petty

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=1lWJXDG2i0A&ob=av2n[/youtube]

God Save The Queen – Sex Pistols

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=dtUH2YSFlVU[/youtube]

INSTAGRAM

49 anos atrás
@