Web Content Viewer
Cultura Inglesa Blog - Cultura Inglesa - Página 144 de 146 -

Como se faz uma banda estourar

7 anos atrás ----- Blog

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=Wb9NnA1rrLI[/youtube]

Oasis -> Primal Scream -> Teenage Fanclub -> Jesus and Mary Chain -> My Bloody Valentine.

Todas essas bandas aí tem um nome em comum: Alan McGee.

Ele é o cara que fundou a Creation Records e lançou todas elas. Quer saber mais sobre qual a importância da gravadora e dessas figuras para o rock inglês nos anos 90? No festival In-Edit, que tá rolando até o dia 8 de maio em várias salas de São Paulo, será exibido o filme “Upside Down” que conta como McGee botou todas essas bandas no mapa.

Depois de ver o filme, você estará pronto para encontrar o McGee em pessoa no dia 27 de maio!

.
Quer abrir a balada do Alan McGee no StudioSP?

No barco da anarquia com o Sex Pistols

7 anos atrás ----- Blog

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=4QtIUvGieyo&feature=related[/youtube]

Para não dizer que não falamos das flores, vamos a ele: o Casamento Real!

Bom, na verdade, o que o príncipe William e a princesa Kate nos lembraram mesmo foi do dia em que o Sex Pistols arranhou a reputação da realeza.

Você sabe dessa história?

No ano em que o Reino Unido comemorava o jubileu de prata da Rainha Elizabeth II (25 anos de reinado de Sua Majestade), a banda de Johnny Rotten lançava o clássico “God Save the Queen”, que deixou a rainha e seus súditos de cabelo em pé.

E bem no dia 7 de junho de 1977, o grande dia de celebração do Jubileu, o Sex Pistols promoveu o evento mais lembrado de todos os jubileus reais da história.

Eles subiram num barco chamado Queen Elizabeth a bordo do Tâmisa, já com Sid Vicious no baixo, navegaram em frente ao Parlamento e tocaram “Anarchy in the UK”, “God Save The Queen” e outras canções do Nevermind the Bollocks.

Uma das maiores afrontas da história do rock.

A Polícia britânica, sempre tão polida, desta vez não se conteve, distribuiu cacetadas e prendeu 11 pessoas (veja o vídeo acima).

Neste texto da revista Uncut, o jornalista Allan Jones lembra do episódio. Ele estava a bordo do Queen Elizabeth no dia!

Hoje o casamento real aconteceu como planejado. É, não se faz mais bandas de punk rock como antes…
.

Glen Matlock, ex-baixista do Sex Pistols, vem aí para anarquizar na noite paulistana. Saiba mais

O primeiro filme do David Bowie!

7 anos atrás ----- Blog

Sete anos depois de ter criado o astronauta Major Tom, o inglês David Bowie apareceu de novo no mundo da ficção científica, dessa vez como ator.

No filme O Homem que Caiu na Terra (Nicolas Roeg, 1976), Bowie faz o papel de Thomas Jerome Newton, um alienígena de forma humanoide que vem à Terra buscar água para seu planeta, que sofre de uma seca severa.
.

.
Na tentativa de juntar os bilhões de dólares necessários para construir uma espaçonave para a viagem de volta, Thomas monta uma empresa de tecnologia. Ele aproveita o conhecimento avançado de seu planeta e lança diversas invenções extraterrestres por aqui.

Mas, no meio do caminho, ele tem de enfrentar dois grandes desafios da humanidade: a ganância no mundo dos negócios e… o amor.

O filme é baseado no romance de mesmo nome do escritor americano Walter Tevis e foi uma das primeiras aparições de David Bowie na telona.

Desde então, ele já interpretou muitos outros grandes personagens, como o vilão Jareth, rei dos goblins, no fantástico Labirinto (Jim Henson,1986) e o famoso cientista Nikolas Tesla, em O Grande Truque (Christopher Nolan, 2006).

.
Saiba mais

“O Homem que Caiu na Terra” será exibido dia 4 de junho

Quer abrir a balada do Festival?

7 anos atrás ----- Blog

.
O primeiro concurso cultural do Festival já está valendo!

É o Tweet & Shout!

“Come on, come on, come on, baby, now…”

Você pode ganhar PASSE LIVRE para as baladas do Festival, levar pra casa CDs autografados e – o melhor – ainda ser convidado para DISCOTECAR na balada do DJ Alan McGee ou na balada do DJ Glen Matlock em São Paulo!

Clique aqui e saiba como participar

Lume Filmes

7 anos atrás ----- Sem categoria

Fundada no ano 2000, a Lume Filmes firmou-se como a mais importante distribuidora de cinema autoral e independente no Brasil. Mais de 150 títulos já foram distribuídos pela Lume no mercado brasileiro. Ela já tirou do baú obras de diretores como David Lynch, Luis Buñuel e Akira Kurosawa, entre muitos outros que fazem parte do maior acervo de DVDs de filmes autorais do país.

www.lumefilmes.com.br

The Bureau

7 anos atrás ----- Sem categoria

Distribuidora inglesa de filmes independentes, a The Bureau também produz longa-metragens e tem como objetivo sempre difundir o talento, a inovação e a originalidade de novos diretores e produtores de cinema. O filme Unmade Beds, parte da mostra contemporânea do 15º Cultura Inglesa Festival, é distribuído internacionalmente pela The Bureau

thebureau.co.uk

Projeto Encontros

7 anos atrás ----- Sem categoria

A Cinemagia, promotora de inclusão social e cultural, é realizadora do Projeto Encontros que está transformando as estações do Metrô de São Paulo em centros culturais permanentes. Os espaços contam com apresentações de shows, teatro, cinema, espetáculos de dança, oficinas, exposições diárias e gratuitas para a população. O projeto já funciona nas estações Paraíso, Corinthians-Itaquera, Artur Alvim e a próxima será Santa Cecília..

@metro_encontros

Secretaria Municipal de Cultura

7 anos atrás ----- Sem categoria

A Secretaria Municipal de Cultura, idealizada em 1935, teve como primeiro diretor o escritor Mário de Andrade. Hoje, mais de 70 anos depois, ela é reponsável pelo Teatro Municipal, Centro Cultural São Paulo, Centro Cultural da Juventude, Teatro Cacilda Becker, a Biblioteca Mário de Andrade e outros espaços, além de também promover eventos de grande porte, como a Virada Cultural.

www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura