Web Content Viewer
O famoso tour pela arte do East End de Londres, a pé ou de bike! – Blog – Cultura Inglesa

O famoso tour pela arte do East End de Londres, a pé ou de bike!

6 anos atrás ----- Blog

.

Sue-Kellerman

.

Já tá sabendo que o tema desta edição do Cultura Inglesa Festival é cultura de rua, né? E quando o assunto é cultura de rua, não dá pra deixar o grafite de lado. Tanto aqui quanto em terras britânicas, a técnica tomou as ruas.

Agora, imagine um roteiro que passe por obras de artistas como Banksy, Blu e Nick Walker, entre outros craques? Pois é, em Londres esse já é um passeio bem tradicional. A pé ou de bike, grupos de turistas, curiosos e/ou interessados são levados por um guia para explorar os trabalhos estampados nos muros da cidade.

Funcionando como uma espécie de galeria a céu aberto, a região do East End londrino (a zona leste da cidade) tem sido a mais procurada para esse tipo programa. Por lá, o colorido dos grafites e estêncil atrai olhares. Mas, para muita gente só ver não é o bastante. É preciso entender o contexto do que está sendo visto.

.

East London

Marcado pela imigração e pelos bombardeios da Segunda Guerra, o leste de Londres sempre foi conhecido ao longo da história como uma área desvalorizada. Até poucas décadas atrás, com galpões abandonados e muitos conflitos, apenas os trabalhadores londrinos mais humildes moravam no local.

Há cerca de 20 anos, no entanto, o East End começou a ser procurado por artistas e galeristas em decorrência do baixo aluguel. A eferverscência cultural só aumentou desde então e, com a realização de obras para os Jogos Olímpicos, a cara da região e de seus frequentadores mudou bastante. Hoje é parada obrigatória na maioria das agências de turismo e o custo de vida também subiu.

 

Tour pelas ruas

Apesar de todas essas alterações, a arte continua firme e forte por ali. Daí, fica fácil entender o sucesso dos tours. Com a ajuda de peritos na área, cada obra ganha autor, histórico, técnica e até conceito. Por exemplo, ao se deparar com o achado abaixo provavelmente você será informado que se trata de uma obra do francês conhecido como Space Invader e cuja ideia é espalhar esses pequenos dispositivos ao redor do mundo – ou seja, invadir o espaço.

.

space invader in London

.

Achou divertido? Até os mais conservadores vão gostar, afinal com a street art em alta, há trabalhos que estão valendo alguns milhares de doletas no mercado. Uma dica é consultar o pessoal do Alternative London, reconhecido no ramo.

Mas enquanto você está por São Paulo, aproveita para se inscrever no bike tour do #17CIF! O percurso, que conta com a parceria do Bike Anjo, foi montado pela galera do Arte Fora do Museu. Vamos descobrir a arte que se esconde no centro da cidade em meio à nossa correria. É nesse domingo (2 de junho). Confere os detalhes!

Comments

comments

INSTAGRAM

49 anos atrás
@