Web Content Viewer
setembro 2018 – Blog – Cultura Inglesa

Mês: setembro 2018

Como dizer em inglês…

1 ano atrás ----- Blog EnglishTips

Já se pegou pensando como você pode traduzir aquela expressão típica e super útil do português? Seguem algumas sugestões!

Saia justa

Gente fina

Balde de água fria (para dizer “jogar um balde de água fria”, você pode usar “to pour cold water”)

Ai!

Uau!

Essa foi por pouco


É um perrengue

Vale a pena

Que cafona

Vacilei


Estou com a pulga atrás da orelha



Não é minha praia



Foi mal!



Armar um barraco

A diferença entre “my” e “mine”. Quando usar qual?

1 ano atrás ----- Blog EnglishTips

Ambos querem dizer “meu/minha”, mas my é parte da família dos “possessive adjectives”, enquanto que mine é da turma dos “possessive pronouns”. A regrinha é fácil:

Embora na maioria das vezes “mine” e os demais pronomes possessivos sejam precedidos de verbo, é possível que o verbo não apareça. Ex.: “Your phone is really good. Mine is horrible”. A regra que vale guardar é que nunca há substantivo após “mine”, “yours”, “hers” etc., mas sempre há substantivo após “my”, “your”, “her”, etc.

Saiba mais (em inglês).

 

A Cultura Inglesa ensina inglês britânico?

1 ano atrás ----- Blog


Muita gente nos faz esta pergunta! A resposta é a seguinte: na Cultura Inglesa, os alunos saem prontos para se comunicar em inglês em qualquer lugar do mundo. Os alunos aprendem o Global English.

Nós também ajudamos o aluno a identificar quais as preferências dele – se ele fica mais confortável ao falar com mais influência americana, britânica ou de outras variedades da língua (veja aqui o coordenador acadêmico Rubens Heredia respondendo sobre o tema no minuto 2’45”).

O inglês global é fundamental porque o mundo hoje tem mais não-falantes nativos do idioma do que falantes nativos!

E, além disso, o que se convencionou a chamar de “inglês britânico” é na verdade o que os ingleses chamam de “inglês da BBC” (ou, oficialmente, “Received Pronunciation“) – o inglês falado pela Rainha ou (ainda) pela maioria dos apresentadores de TV.

O “RP” é falado, estima-se, por 3% da população do país, ou seja, a chance de você encontrar alguém na Grã-Bretanha falando o “inglês britânico” é bem pequena! Ele também é apenas uma das mais de 40 variações de sotaques e dialetos do Reino Unido (veja abaixo nosso vídeo sobre os mais importantes sotaques britânicos). O “inglês americano”, embora com menos variações que na Inglaterra, é também uma generalização – os sotaques e termos variam conforme a região, assim como no Brasil.

E é por tudo isso que a Cultura te expõe a diferentes sotaques e termos regionais para que você se comunique com todo mundo!

Dito tudo isso, no entanto, KEEP CALM. A cultura britânica é a grande estrela das nossas unidades, aulas e atividades extra-curriculares. Afinal, o inglês virou global, mas nasceu na terra dos Beatles, do Harry Potter e do Shakespeare, da Dua Lipa, do Onde Está Wally e do Banksy, e não negamos nossas origens 😉

Saiba mais sobre nossos cursos

Talk British to Me #15 – Cozinhando em inglês

1 ano atrás ----- Blog Vídeo

Are you hungry to learn English? O 15º episódio do Talk British To Me, a série original da Cultura Inglesa que mostra o inglês do dia-a-dia em Londres, explora o vocabulário dentro da cozinha! Nosso apresentador e ex-aluno da Cultura aprende a assar um shortbread (típico biscoito escocês) e a fazer o English Breakfast mais simples do mundo. Você vai aprender nomes de utensílios e termos em inglês que usamos ao cozinhar.

Engorde seu vocabulário e anote a receita!

Ligue a legenda em inglês (ou português se seu inglês não estiver tão avançado) para acompanhar tudo o que é dito

A série completa você encontra aqui

INSTAGRAM

49 anos atrás
@