Web Content Viewer
Cultura Inglesa Blog - Cultura Inglesa -

Cultura Inglesa Festival ganha Latin American Excellence Awards 2018

4 dias atrás ----- Blog

A 22ª edição do Cultura Inglesa Festival venceu o Latin American Excellence Awards de 2018 na categoria “Ciência e Educação”. O case “22º Cultura Inglesa Festival – Promovendo a Cultura Britânica e Engajando a Geração Z”, realizado em parceria com a agência Edelman (que nos ajuda a produzir o Festival), revelou os resultados positivos de um dos maiores eventos multiculturais gratuitos do Brasil.

A edição 2018 do festival teve 49 atrações gratuitas, como os shows de Iza e George Ezra, mais de 49 mil participantes nos eventos e mais de 1 milhão de espectadores, incluindo as transmissões ao vivo exibidas pela TV.

“Há mais de 20 anos, o Cultura Inglesa Festival vem potencializando o valor institucional da Cultura Inglesa, o vínculo com seus públicos e proporcionando um verdadeiro intercâmbio de culturas, com muita arte e diversão. Estamos honrados em termos esse trabalho reconhecido por uma das grandes premiações globais de comunicação” diz Laerte Mello, gerente do departamento cultural da Cultura Inglesa.

O Latin American Excellence Awards é considerado um dos mais importantes prêmios da área de comunicação corporativa e relações públicas. A premiação conta com um time de jurados especialistas, de toda a América Latina, que avaliam a inovação, implementação, estratégia e impacto dos projetos apresentados, para premiar os melhores dentro de vinte categorias.

Veja o case do 22º Cultura Inglesa Festival:

Top 5 – Dicas para a prova de inglês do vestibular

1 semana atrás ----- Blog Sem categoria

Confira estas preciosas dicas dos professores da Faculdade Cultura Inglesa e bom vestibular!

1- Treine interpretação de texto
Essa é a principal dica, pois entendendo o texto apresentado na pergunta, você já tem meio caminho andado para acertar as respostas e vai responder tudo com confiança! É importante estar atualizado e saber interpretar textos de diferentes naturezas, então a dica é: crie o hábito diário de ler os principais sites de notícias americanos e britânicos. Eles vão te fornecer justamente isso: atualidades e diferentes temas para ler. Abaixo uma lista de sites importantes que sempre são referência em provas mundo afora:
– The Observer
– The Guardian
– Washington Post
– NY Times
– BBC News
– The Economist

Veja aqui a dica do nosso departamento acadêmico para você melhorar a leitura em inglês!

2- Engorde seu vocabulário
Além dos sites de notícia, procure também textos de assuntos mais específicos (saúde, esporte, moda, cozinha, etc) para diversificar seu vocabulário. Se, por exemplo, você gosta de ler sobre música, procure “music magazine” no Google (sites como o da NME ou da Rolling Stone vão aparecer). Anote as palavras novas em um app gratuito, como o Quizlet!

3- Seja eficiente na hora da prova
Leia as perguntas antes de ler o texto, grifando as palavras-chaves! Assim você não precisa voltar novamente ao texto e vai ganhar tempo.

4-Desenvolva estratégias para inferir o sentido de palavras desconhecidas
Não se assuste quando você encontrar palavras que nunca ouviu na vida! Dá para descobrir o significado ali mesmo na hora da prova. O conhecimento de como as palavras se formam (prefixos e sufixos) pode ajudar a compreender um texto: por exemplo, na frase “It’s indisputable that…”, o prefixo in- , que indica negação, associado a dispute (que significa “expressar discordância sobre algo”) e ao sufixo –able, que forma adjetivos em inglês, pode auxiliar no entendimento dessa palavra, que em português quer dizer “incontestável”. Sabendo disso, você pode, com certa confiança, inferir que o que se segue à frase “It’s indisputable that…” será uma opinião defendida pelo autor do texto.

5- Pronomes precisam estar na ponta da língua
Esse é um ponto da gramática que é bastante cobrado em vestibulares e no ENEM. Saber os pronomes pessoais, relativos, possessivos e demonstrativos é fundamental também para o entendimento do texto! Relembre-os antes da prova

A diferença entre “which” e “what”

1 semana atrás ----- Blog

Qual usar na hora de fazer uma pergunta?

WHICH

“Which” é usado para pedir para alguém especificar alguma coisa entre um número limitado de coisas. Ex.:

Which museums did you visit in London? (existe um número limitado de museus em Londres)

Which do you prefer? Lemon cake or carrot cake?

Além de perguntas, which também é usado em outros casos. Confira

WHAT

“What” é usado para quando a questões abertas. Ex.:

What are going to do tomorrow night?

What kind of question is that?


Quando ambos estão corretos

Quando pode ou não haver um número limitado de escolhas implicado na pergunta (ou seja, depende do contexto). Ex.:

What/Which bus do you take do go to work?

Which/What flavour of ice cream do you want? (ambos estão corretos, mas “which” é mais formal)

Which/What do you want for dessert? (“which” só funciona neste caso se há opções claras de sobremesas apresentadas – por exemplo, se você está na frente do balcão vendo todos os doces disponíveis)

Got it? 😉

Do or Make?

4 semanas atrás ----- EnglishTips Sem categoria

Primeiro, importante ressaltar que o verbo “to do” é um verbo bem mais rico que “to make” (veja as várias traduções de “to do”). Ok, mas quando usar to do e quando usar to make com o significado de fazer?

Em frases nominais, do foca no processo de agir ou fazer algo, e make enfatiza o produto ou o resultado da ação. Exemplos:

Substantivos que combinam com “do”:
Exemplos:
– I did some shopping yesterday.

– This is a very hard job to do!
– Who does the cooking in your house?


Substantivos que combinam com “make”:


Exemplos:
– I’ve just made some coffee, do you want some?
– Not many companies will make a profit this year
– Can I use your phone to make a call, please?

 

Novos termos do inglês que já estão no dicionário

1 mês atrás ----- Blog EnglishTips

Termos novos do inglês que outro dia eram gíria e hoje já estão no dicionário de Oxford!


Ex.: “I’ve been working too much! I need some me time


Ex.: “Someone ate her sandwich, stay away, she’s hangry


Ex.: “I’m like Justin Bieber, I got swag


Ex.: “He keeps humblebragging about his work on Instagram”


Ex.: “Don’t worry about looking bad, girl, YOLO!”

Qual a diferença entre “no” e “not”?

1 mês atrás ----- Blog


Ambos são termos de negação que significam “não”, mas quando usar um e outro?


Usado para transformar frases ou perguntas em negativas. É também parte de uma gama de expressões:
He would not listen to anything she said
I’d rather not do this
Don’t (
do not) forget your promise
Did you not get my letter?

Veja mais exemplos e variações do uso de “not”


Usado para respostas quando te perguntam ou oferecem algo. Ex.:
No, thank you
No, I won’t do this
She asked me if I wanted to go and I said no

Usado para dizer que “não há nenhum”, “não é nenhum” ou “não sobrou algo”. Ex.:
There’s no hospital in this town (não há hospital nesta cidade)
There’s no cake left (“não sobrou bolo” / “não tem mais bolo”)
He’s no fool! (“ele não é nenhum bobo!” – Você também pode usar “not” neste caso para dizer “ele não é bobo”, mas precisa do artigo: “he’s not a fool”)

Veja mais exemplos e variações do uso de “no”

Got it? 😉

A diferença entre “my” e “mine”. Quando usar qual?

2 mêses atrás ----- Blog EnglishTips

Ambos querem dizer “meu/minha”, mas my é parte da família dos “possessive adjectives”, enquanto que mine é da turma dos “possessive pronouns”. A regrinha é fácil:

Embora na maioria das vezes “mine” e os demais pronomes possessivos sejam precedidos de verbo, é possível que o verbo não apareça. Ex.: “Your phone is really good. Mine is horrible”. A regra que vale guardar é que nunca há substantivo após “mine”, “yours”, “hers” etc., mas sempre há substantivo após “my”, “your”, “her”, etc.

Saiba mais (em inglês).

 

A Cultura Inglesa ensina inglês britânico?

2 mêses atrás ----- Blog


Muita gente nos faz esta pergunta! A resposta é a seguinte: na Cultura Inglesa, os alunos saem prontos para se comunicar em inglês em qualquer lugar do mundo. Os alunos aprendem o Global English.

Nós também ajudamos o aluno a identificar quais as preferências dele – se ele fica mais confortável ao falar com mais influência americana, britânica ou de outras variedades da língua (veja aqui o coordenador acadêmico Rubens Heredia respondendo sobre o tema no minuto 2’45”).

O inglês global é fundamental porque o mundo hoje tem mais não-falantes nativos do idioma do que falantes nativos!

E, além disso, o que se convencionou a chamar de “inglês britânico” é na verdade o que os ingleses chamam de “inglês da BBC” (ou, oficialmente, “Received Pronunciation“) – o inglês falado pela Rainha ou (ainda) pela maioria dos apresentadores de TV.

O “RP” é falado, estima-se, por 3% da população do país, ou seja, a chance de você encontrar alguém na Grã-Bretanha falando o “inglês britânico” é bem pequena! Ele também é apenas uma das mais de 40 variações de sotaques e dialetos do Reino Unido (veja abaixo nosso vídeo sobre os mais importantes sotaques britânicos). O “inglês americano”, embora com menos variações que na Inglaterra, é também uma generalização – os sotaques e termos variam conforme a região, assim como no Brasil.

E é por tudo isso que a Cultura te expõe a diferentes sotaques e termos regionais para que você se comunique com todo mundo!

Dito tudo isso, no entanto, KEEP CALM. A cultura britânica é a grande estrela das nossas unidades, aulas e atividades extra-curriculares. Afinal, o inglês virou global, mas nasceu na terra dos Beatles, do Harry Potter e do Shakespeare, da Dua Lipa, do Onde Está Wally e do Banksy, e não negamos nossas origens 😉

Saiba mais sobre nossos cursos

Talk British to Me #15 – Cozinhando em inglês

2 mêses atrás ----- Blog Vídeo

Are you hungry to learn English? O 15º episódio do Talk British To Me, a série original da Cultura Inglesa que mostra o inglês do dia-a-dia em Londres, explora o vocabulário dentro da cozinha! Nosso apresentador e ex-aluno da Cultura aprende a assar um shortbread (típico biscoito escocês) e a fazer o English Breakfast mais simples do mundo. Você vai aprender nomes de utensílios e termos em inglês que usamos ao cozinhar.

Engorde seu vocabulário e anote a receita!

Ligue a legenda em inglês (ou português se seu inglês não estiver tão avançado) para acompanhar tudo o que é dito

A série completa você encontra aqui