Web Content Viewer
Cultura Inglesa Blog - Cultura Inglesa -

Cultura Inglesa Festival promove 3 mostras de cinema gratuitas

1 semana atrás ----- Sem categoria

Maior festival de cultura britânica da América Latina apresenta maratona de heróis britânicos, obras contemporâneas de novos diretores em exibição ao ar livre e curtas-metragens

O 23o Cultura Inglesa Festival acontece em São Paulo entre os dias 24 de maio e 16 de junho. A programação, que já faz parte do calendário da cidade, traz uma experiência multicultural e multidisciplinar inteiramente gratuita. Nesta edição, a programação de cinema apresenta três recortes da sétima arte: filmes temáticos, obras contemporâneas e curtas-metragens produzidos especialmente para o evento.

.

Heróis Britânicos

A mostra “Heróis Britânicos”, realizada em parceria com o SP Cine, terá exibição de filmes clássicos com personagens britânicos que conectam o mundo dos games com o das telonas, em uma oportunidade única de rever estes filmes em uma tela de cinema. São 9 filmes com exibições entre 24 e 26 de maio no Centro Cultural São Paulo:

Na sexta-feira 24 tem o “Excalibur Day”, com três obras que trazem as clássicas lendas do Rei Arthur:
– Lancelot, o primeiro cavaleiro (1995)
– Rei Arthur (2004)
– Rei Arthur – A lenda da espada (2017).

No sábado, o “Lara Croft Day” apresenta três versões distintas de Lara Croft, a heroína britânica dos games:
– Lara Croft: Tomb Raider (2001)
– Lara Croft: Tomb Raider – A origem da vida” (2003)
Tomb Raider: A origem (2018)

No domingo 26/05, o Festival apresenta o “Detective Day”, com três filmes clássicos britânicos de detetive:
– O enigma da pirâmide (1985),
– Sherlock Holmes (2009)
– Os 7 suspeitos (1985)

A retirada gratuita de ingressos acontece a partir de meia hora antes da primeira sessão de cada dia – um ingresso por pessoa.

Para quem curte a temática de games, pode aproveitar a maratona para visitar a exposição interativa “I, Game: Interpretar, Investigar, Imaginar” que também estará no Centro Cultural São Paulo durante todo o período do Festival.

.

Cine Fachada: Novos Diretores Britânicos

Já em parceria com o Instituto Tomie Ohtake nos dia 31 de maio, 1 e 2 de junho o Festival apresenta o Cine Fachada: Novos Diretores Britânicos”, uma edição especial do projeto com exibição ao ar livre de três filmes de expoentes diretores do Reino Unido, inéditos nos cinemas de São Paulo. As três obras se destacam por sua originalidade e a repercussão internacional após sua estreia.

O primeiro a ser exibido é o filme “American Animals” (2018), do multipremiado diretor e produtor Bart Layton, conhecido por abordar assuntos controversos e por “desafiar a convenção de documentários com um toque visual único”. Conta a história de quatro jovens americanos, com temperamentos extremamente diferentes, que se juntam para roubar o livro mais valioso dos Estados Unidos.

A mostra segue com “Beast” (2017), o romance sombrio do diretor Michael Pearce. Vencedor de Melhor Estreia por um Escritor, Diretor e Produtor Britânico no BAFTA e de Iniciante Mais Promissor pelo British Independent Film Awards. O filme gira em torno de uma comunidade na pequena ilha de Jersey, onde uma problemática jovem se apaixona por um misterioso forasteiro que a ajuda se libertar de sua família opressora, até que ele se torna suspeito de uma série de brutais assassinatos.

Finalizando a edição especial do Cine Fachada, “Eu Não Sou Uma Bruxa / I Am Not a Witch” (2017), imprevisível filme da diretora Rungano Nyoni, nascida na Zambia e criada no País de Gales desde os nove anos de idade. Sua produção coleciona 16 prêmios – entre eles o Prêmio Revelação do BAFTA – e 26 indicações, como a de representante do Reino Unido no Oscar 2019 na categoria Melhor Filme Estrangeiro.

“Eu tenho um interesse particular por primeiros filmes de diretores. Quando fiz meu mestrado em Londres, uma das matérias que mais me encantou foi o “First Films” em que analisávamos traços de linguagem e olhares de diretores que marcam toda sua filmografia. Para essa mostra fiz uma extensa pesquisa da cinematografia britânica atual, que é muito rica e diversa. Esses três filmes se destacam, apesar de diferentes entre si, todos possuem uma direção forte e singular”, diz a curadora Deborah Osborn sobre a mostra.

.

Curtas

Finalizando a programação de cinema, a mostra “Curtas-metragens” apresenta “Vitorianna” e “Antes que seja tarde”, duas obras inspiradas na cultura britânica e produzidas pelo edital público da Cultura Inglesa, que fomenta a produção artística nacional. As exibições acontecem no dia 4 de junho no Instituto Moreira Salles, seguida de bate-papo com os diretores.

Dirigido por Gabriela Capello, com produção executiva de Daniel Pech, Vitoriannaconta a história de Anna, uma fantasma adolescente da era vitoriana, que abandona a rotina entediante de mais de um século morando sozinha em um sótão para viver uma grande aventura em terras tropicais. Com um humor dark, o filme traz o não-lugar do adolescente e uma mensagem positiva do sonhar.

Inspirado na música “I’m your man” do cantor britânico George Michael, que por anos sofreu de depressão por ser obrigado a esconder sua sexualidade do grande público, “Antes que seja tarde” apresenta a história de Cauê & Julian, dupla de famosos cantores sertanejos, ídolos Pop- Teen do momento que, para manter o status de “sex symbols”, são forçados pelo empresário a viver uma vida regada de mentiras. Os personagens encontram no quarto de hotel o único lugar em que se sentem seguros e podem expor suas angústias e verdadeiros sentimentos. A trama mostra que, em meio a essa opressão e ao contexto político em que vivem, eles precisam declarar o seu amor para todos, como um ato de resistência e liberdade, antes de que seja tarde.

A curadoria de curtas-metragens é composta pela produtora e sócia da bigBonsai, Deborah Osborn, o diretor executivo e artístico do MixBrasil e membro frequente do júri de festivais como Cannes e Berlinale, João Federici; e Sidney Santiago, ator, pesquisador, diretor e militante do teatro brasileiro.

Confira os horários e locais dos filmes e mais informações no site do Festival

Cultura Inglesa é a escola de idiomas favorita em SP pelo quinto ano seguido

3 semanas atrás ----- Sem categoria

Matéria da Folha de S. Paulo – por Laura Mattos

Um empresário do mercado de educação certa vez elogiou a Cultura Inglesa dizendo que é “as Havaianas das escolas de inglês”. Com a mensalidade de R$ 221 para crianças, consegue ser acessível para a classe C, sem perder a credibilidade na AB.

A pesquisa Datafolha com os paulistanos das classes A e B não deixa dúvida sobre a força com esse público: desde que foi lançada, em 2015, aponta todos os anos a Cultura Inglesa como a escola mais lembrada pelos entrevistados. Em 2019, o desempenho foi ainda melhor: 22%, contra 17% e 18% nos anos anteriores

Para Katia Borba, gerente de operações, o diferencial da Cultura Inglesa é a constância. “Temos 84 anos de história e não trabalhamos com franquias. Os nossos professores recebem capacitação anualmente, com oportunidade de crescimento e de experiências fora do país. São fatores que garantem consistência e qualidade às nossas unidades, diz.

Katia gosta da metáfora das Havaianas e diz que o valor da mensalidade, mais barato do que a média do mercado, é possível pelo fato de a Cultura ser uma instituição sem fins lucrativos. “Tudo o que entra na escola retorna para os alunos e para a comunidade”, conta.

Além de manter um preço mais acessível, investe em projetos sociais. Neste mês, inaugurou, em parceria com a Catedral Anglicana, a primeira unidade 100% gratuita, em Paraisópolis, segunda maior comunidade de baixa renda da cidade, localizada na zona sul. Com 2.000 m² e oito salas equipadas com lousas digitais —como todas as unidades— atenderá mil alunos.

Na outra ponta da pirâmide social, abriu neste ano, em Higienópolis, a primeira turma da Cultura Inglesa High School. Com custo de R$ 900 mensais, o curso analisa a grade curricular das escolas regulares dos alunos de ensino médio e oferece um complemento para que recebam, ao final do terceiro ano, o diploma norte-americano, que facilita a entrada em universidades estrangeiras.

RAIO-X

– Maior rede de ensino de inglês não-franqueada do Brasil
– 84 anos (desde 1935)
– Todo o corpo docente em regime de CLT, com 120 horas de capacitação por ano, no Brasil e no exterior
– 59 unidades nos Estados de São Paulo, Santa Catarina e Bahia, com mais de 80 mil alunos
– 24 unidades na cidade de São Paulo
– Presença em outras 50 instituições de ensino, o Cultura In, com 7.567 alunos
– 2.900 beneficiados em 17 projetos sociais, como cursos gratuitos em comunidades da periferia e formação de professores de inglês das redes municipal e estadual
– Faculdade Cultura Inglesa, inaugurada em 2013, com bacharelado e licenciatura em letras (inglês) e pós-graduação sobre metodologia do ensino de inglês

Quer conhecer nossos cursos? Descubra

Como e quando retirar ingresso para os shows da Lily Allen e Duda Beat

4 semanas atrás ----- Sem categoria

Os shows do 23º Cultura Inglesa Festival acontecem dia 9 de junho no Memorial da América Latina! Embora a entrada seja gratuita, há retirada prévia de ingresso pela LivePass. Confira abaixo as datas e como retirar o seu. O Festival é aberto a todos, mas quem é aluno da Cultura pode retirar ingresso com antecedência:

.

PERÍODO DE DISTRIBUIÇÃO:

De 13 a 26 de maio:

Retirada exclusiva para alunos e staff da Cultura Inglesa São Paulo (que inclui também Santa Catarina e Salvador, confira a lista e veja se você pode retirar online ou precisa pedir na unidade)

De 27 de maio a 8 de junho (ou até quando esgotarem os ingressos):

Retirada para o público geral

.

ONDE E COMO RETIRAR

ONLINE:

Pelo site da Livepass

✦ Alunos: será necessário fazer cadastro no site apresentando um número de CPF válido e seu ID de aluno que consta no MyPage (veja aqui como localizá-lo – qualquer dúvida, pergunte na sua secretaria!)

✦ Staff: será necessário fazer cadastro no site apresentando o CPF

✦ Público geral: será necessário fazer cadastro no site apresentando o CPF

Na retirada online (site e aplicativo) a LivePass cobra taxa de conveniência.

PONTOS FÍSICOS

Endereços:

Armazém do Entretenimento | Top Center

Av Paulista, 854 – Quiosque 12 – São Paulo-SP
Funcionamento:
Segunda a Sábado – das 09h30 às 20h30
Domingos e Feriados – das 12h00 às 17h30

Espaço das Américas

Rua Tagipurú, 795 – Barra Funda – São Paulo-SP
Funcionamento:
Dias 16 e 27 de maio: das 10h00  às 18h00
Outras datas:
Segunda a Sábado – das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Posto Gravatinha

Av Portugal, 1756 – Santo André-SP
Funcionamento:
Segunda a sábado – das 09h00 às 20h00
Fechado aos domingos e feriados. 

✦ Alunos: fornecer o número do ID de aluno e um documento com foto

✦ Staff: fornecer o número do CPF e documento com foto

✦ Público geral: fornecer CPF e documento com foto

Na retirada no ponto físico não há cobrança de taxa de conveniência!

.

NÚMERO DE INGRESSOS QUE PODEM SER RETIRADOS:

✦ Alunos e Staff: 2 ingressos por pessoa

✦ Público geral: 1 ingresso por pessoa

.

ATENÇÃO

A distribuição de ingresso nos dias 13 e 27 começa ao meio-dia (tanto pela internet, quanto nos pontos físicos)

Não há distribuição de ingresso no Memorial da América Latina

O código presente no ingresso só poderá ser lido uma vez! Ingressos que não passarem pela leitura da catraca, não terão a entrada liberada

O ingresso para o Cultura Inglesa Festival é gratuito e sua venda, proibida. Não compre de terceiros

Não é permitido retirar ingresso em nome de outra pessoa. Ou seja, você só consegue retirar ingresso com seu CPF ou ID de aluno (se seu amigo não pode buscar o dele, ele deve fazer a retirada online)

Top 5 – Dicas de livros britânicos

1 mês atrás ----- Sem categoria

Estas são as cinco obras fundamentais que a Cultura sugere para quem quer conhecer o vasto e riquíssimo universo da literatura britânica! Confira:

Description: C:\Users\larissa.akamine\Desktop\51QFtRykEeL._SX328_BO1,204,203,200_.jpg

Orgulho e Preconceito

Autora: Jane Austen

Jane Austen inicia Orgulho e Preconceito com uma das mais célebres frases da literatura inglesa: “É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro e muito rico deve precisar de uma esposa”. O livro vendeu mais de 20 milhões de cópias e é o mais famoso da escritora — traz uma série de personagens inesquecíveis e um enredo memorável. Austen nos apresenta Elizabeth Bennet como heroína irresistível e seu pretendente aristocrático, o sr. Darcy. O enredo aborda múltiplos aspectos: o orgulho encontra o preconceito e a ascendência social; equívocos e julgamentos antecipados conduzem alguns personagens ao sofrimento e ao escândalo. Porém, muitos desses conflitos conduzem os personagens ao autoconhecimento e ao amor. O livro pode ser considerado a obra-prima da escritora que, com sua refinada ironia, equilibra comédia e seriedade a uma observação meticulosa das atitudes humanas.

Description: Image result for harry potter e a pedra filosofal livro

Harry Potter e a Pedra Filosofal (O primeiro livro da saga)

Autora: J.K. Rowling

A vida do menino Harry não tem um pingo de magia. Ele vive com os tios e o primo, que não gostam nem um pouco dele. Até que, um dia, Harry Potter recebe uma carta misteriosa, entregue por uma coruja: um convite para estudar num lugar incrível chamado Escola de Magia e Bruxaria Hogwarts. Lá ele vai encontrar não só amigos, esportes praticados em vassouras voadoras e magia para todo lado, como também seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o bruxo que assassinou seus pais. Mas, para isso, Harry precisará passar por uma saga de sete livros que se tornou o maior fenômeno editorial de todos os tempos!

.

Description: Image result for o morro dos ventos uivantes

O Morro dos Ventos Uivantes

Autora: Emily Bronte

Esta é uma história de amor e obsessão. E de purgação, crueza, devastação. No centro dos acontecimentos estão a voluntariosa e irascível Catherine Earnshaw e seu irmão adotivo Heathcliff. Rude nos modos e afetos, humilhado e rejeitado, ele aprende a odiar; mas com Catherine desenvolve uma relação de simbiose, paixão e também perversidade. Nada destruirá a essência desse laço – porém quando ela se casa com outro homem, por convenções sociais, as consequências são irreparáveis para todos em volta. Com um olhar sensível e agudo, Emily Brontë fez de O Morro dos Ventos Uivantes um retrato comovente e um estudo da degradação humana provocada pelas armadilhas do destino.

.

Description: Image result for um conto de natal livro

Um Conto de Natal

Autor: Charles Dickens

O impacto de Um Conto de Natal na cultura britânica pode ser sentido até hoje. A frase “merry Christmas” foi popularizada por conta do livro de Dickens, assim como o espírito humanitário do Natal. O nome do personagem principal foi parar no dicionário e o livro nunca mais saiu das livrarias desde que foi lançado em 1843!

A história retrata a figura de Scrooge, um rabugento homem de negócios de Londres, sovina e solitário, que não demonstra um pingo de bons sentimentos e compaixão para com os outros. Não deixa que ninguém rompa sua carapaça e preocupa-se apenas com seus lucros. No frio natalino, ele é visitado pelo fantasma de Marley, seu sócio, morto há algum tempo. Scrooge hoje em inglês quer dizer “sovina”.

.

Description: Jane Eyre

Jane Eyre

Autora: Charlotte Bronte

Jane Eyre, romance de estreia da consagrada e renomada escritora inglesa Charlotte Brontë (irmã de Emily Brontë), narra a história de vida da heroína homônima. Quebrando paradigmas e criticando a realidade vitoriana da época, Jane Eyre desafia o destino imposto às mulheres e as posições sociais que elas deveriam ocupar. Recheado de características góticas, o romance possui personagens inesquecíveis e transformadores, como a figura do misterioso Rochester, patrão de Jane e peça vital da narrativa.

Cambridge – Tudo sobre a cidade, a Universidade e os certificados

1 mês atrás ----- Sem categoria

Cambridge é uma das cidades mais importantes da Inglaterra. Além de ser linda, tem uma das universidades mais tradicionais do mundo, muitos prêmios Nobel, é onde foi inventado o futebol moderno e descoberto o DNA, e é onde são produzidos os mais famosos exames de proficiência em inglês do Reino Unido.

A Cultura Inglesa é parceira do Cambridge Assessment English há muitas décadas (como você vê no vídeo acima) e é um dos centros autorizados no Brasil a aplicar seus exames. É por isso que a Cultura oferece os melhores cursos preparatórios.

Veja aqui qual o certificado ideal para o seu sonho

Veja aqui como tirar o seu!

Qual certificado de inglês abre as portas do seu sonho?

1 mês atrás ----- Sem categoria

Todo mundo já sabe a importância de se falar um segundo idioma, não é? E na maioria dos casos, não basta saber, é preciso provar que sabe. Por esta razão existem as certificações de proficiência em línguas, onde os certificados de inglês ainda são os mais pedidos, principalmente em universidades e empresas no exterior e órgãos governamentais. Confira quais são os principais:

  • IELTS (International English Language Testing System)
  • Certificações de Cambridge Assessment English
  • TOEFL (Test of English as a Foreign Language)

Antes de se preparar para um desses exames, é muito importante definir qual é o seu objetivo final e quanto tempo você tem para alcançar sua certificação, pois cada uma delas vai te ajudar em finalidades diferentes.

IELTS

Grande parte do público que busca IELTS são pessoas que planejam estudar em universidades ou trabalhar em empresas no exterior. São mais de 1.200 pontos de aplicação com mais de 3 milhões de candidatos anualmente. IELTS é aceito e reconhecido ao redor do mundo como uma ferramenta de avaliação linguística, onde o nível de conhecimento do candidato é medido em uma escala de 0 a 9 pontos. E se você precisa de um teste internacional o quanto antes, não se preocupe! O seu resultado fica disponível em 13 dias úteis.

Válido por: 2 anos.

Faça IELTS com a Cultura Inglesa: https://bit.ly/2CCeP5Y

CAMBRIDGE

Os certificados de Cambridge são feitos pela Cambridge Assessment English, que é parte da Universidade de Cambridge na Inglaterra, uma das mais conceituadas instituições de ensino da Europa e de todo o mundo. Se você quer agregar valor ao seu currículo, os exames de Cambridge são ótimas opções, pois possuem uma gama de testes específicos para cada nível de inglês. Outro diferencial é que ele também pode ser aplicado para crianças a partir de 7 anos, reconhecendo internacionalmente o desenvolvimento e o investimento com o inglês ao longo dos anos. As certificações de Cambridge são aceitas por mais de 20.000 universidades, empregadores e governos em todo o mundo, abrindo portas para inúmeras oportunidades acadêmicas e profissionais.

Válido por: tempo indeterminado

Faça Cambridge com a Cultura Inglesa: https://bit.ly/2WrDIZM

TOEFL

O TOEFL é administrado pelo Educational Testing Service (ETS) e sua pontuação é aceita em mais de 10 mil universidades e outras instituições em mais de 150 países para fins de estudo, imigração e trabalho, sobretudo nos EUA e Canadá. Uma característica diferenciada do teste é que ele é aplicado através do computador e, por essa razão, a grande maioria das questões são de múltipla escolha (com exceção do speaking, que é gravado e enviado aos responsáveis pela correção).

Válido por: 2 anos

Faça TOEFL com a Cultura Inglesa: https://bit.ly/2WiX9ns

CEFR

O Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (Common European Framework of Reference for Languages – CEFR) é um padrão internacionalmente reconhecido para descrever a proficiência em um idioma. Você pode usá-lo para se basear na hora de fazer uma certificação internacional.

Quer entender mais sobre a classificação dos níveis no CEFR? Acesse: https://bit.ly/2udtz6M

Cultura Inglesa inaugura unidade para até mil alunos em Paraisópolis

1 mês atrás ----- Sem categoria

A Cultura Inglesa inaugurou no domingo, 24, uma nova unidade em Paraisópolis com capacidade para atender até 1.000 pessoas da comunidade de forma totalmente gratuita; além do curso, todas receberão o material didático gratuitamente. Até o momento, mais de 2.000 pessoas manifestaram interesse em participar do projeto – o que já demonstra a relevância e o impacto que ele trará para a comunidade.

A nova unidade mantém a mesma qualidade acadêmica e infraestrutura das outras unidades, contando com oito salas de aula equipadas com lousas digitais e recursos tecnológicos, além de espaço multimídia, distribuídos em dois andares.

Além da nova escola de inglês, a iniciativa contempla ainda a ampliação da creche dentro da comunidade, mantida pelo Instituto Anglicano da Catedral Anglicana. Financiada pela Cultura Inglesa, a obra dobra o número de alunos atendidos, possibilitando cuidados para até 1.000 crianças de Paraisópolis. Antes, a capacidade era de aproximadamente 470 alunos. Agora são mais 26 salas de educação infantil em uma infraestrutura moderna de cerca de 2.900 m² com elevadores, espaço multiuso para brinquedoteca e videoteca, salas exclusivas para os docentes e diretores, e dois grandes refeitórios.

O financiamento das obras pela Cultura Inglesa reflete a missão social da marca. “Nossa intenção com as ações sociais é levar a língua inglesa e a sua cultura para mais pessoas, possibilitando novas oportunidades e mais qualidade de vida, como parte de nossa essência corporativa. Já temos uma atuação consolidada em Paraisópolis e estamos muito felizes em tornar esse grandioso projeto uma realidade que beneficiará tantas pessoas” diz Derek Barnes, presidente da Associação Cultura Inglesa de São Paulo.

O investimento feito pela instituição foi direcionado para a construção da nova unidade e para a ampliação da creche. “Sonhamos com essa ampliação e oferta de serviço à comunidade há muito tempo, desde o início da atuação social anglicana em Paraisópolis, há mais de 20 anos. Só conseguimos tornar isso uma realidade porque recebemos o financiamento, o apoio e a confiança da Cultura Inglesa”, afirma Aldo Quintão, reverendo da Catedral Anglicana e coordenador do Instituto Anglicano.

A Cultura Inglesa mantém apoio educacional em dezessete projetos sociais diferentes, que beneficiam anualmente mais de 2.900 pessoas.

Saiba mais sobre os nossos projetos sociais

Conheça a Cultura Inglesa

“An” uniform ou “a” uniform? A regra do artigo indefinido

2 mêses atrás ----- Blog

Já ouviu falar que usamos o artigo indefinido “an” na frente de palavras que começam com vogais e o artigo “a” na frente de palavras que começam com consoantes? Pois não é bem assim!

O que importa é o som de vogal, não a vogal em si. Veja:

Dizemos:
– An hour
mas:
– A history

Ambas as palavras começam com a consoante H, mas:
– Em hour o “H” é mudo, portanto o som inicial da palavra é “ou” (lê-se “au”, em português). Assim, usamos o artigo indefinido “an”: an hour
– Em history o “H” é pronunciado, portanto a palavra começa de fato com o som da consoante. Assim, o correto é o uso do artigo “a”: a history. Um caso à parte com “H” é a palavra “herb”:

No inglês americano é:
An herb (porque o “H’ é mudo)
No inglês britânico o correto é:
– A herb (porque o “H” é pronunciado)

Com vogais, acontece o mesmo. Dizemos:
– An umbrella
– An undertaking
mas:
– A universe
– A uniform

Como umbrella começa com som de “U”, o correto é “a”: an umbrella. Já uniform tem som de “Y” (“yuniform”), assim como utensil, university e unique, por exemplo. Há também esta diferença com a as vogais O e E:

– An egg
– A European

Egg tem som de “E” mesmo, mas com European acontece o mesmo que com uniform“: o som inicial é de “Y”.

– An orange
– A one-off

One começa com som da consoante “W”, portanto usamos o artigo indefinido “a” na frente de one-off, one-dimensional, one-handed, etc

Got it? 😉

Paraisópolis conhece os projetos sociais da Cultura

2 mêses atrás ----- Blog

Que a Cultura já está presente em Paraisópolis há anos com o apoio ao Rugby Para Todos você já sabe. E está chegando o dia em que teremos uma unidade inteira dentro da comunidade para ensinar inglês gratuitamente para os moradores! A inauguração será dia 24 de março.

No último dia 13, a Cultura Inglesa realizou no CEU Paraisópolis um encontro aberto à comunidade para que todos pudessem conhecer os projetos sociais e culturais da Associação Cultura Inglesa. O dia ganhou um brilho especial com várias apresentações de parceiros:


“A intenção do encontro foi divulgar a nova filial Cultura Inglesa-Paraisópolis projetada para atender 1000 alunos. Em 2019 realizaremos um piloto para atender 500 bolsistas moradores comunidade de Paraisópolis na nova filial” – explicou a gerente de projetos sociais Mariangela Carocci

As seguintes organizações também estão apoiando a divulgação da nova filial: CEU Paraisópolis, União de Moradores e Comércio de Paraisópolis, Instituto Rugby para Todos, Ballet de Paraisópolis, Programa Einstein na comunidade de Paraisópolis e na escola Alef Peretz.

No encontro foram realizados pré-cadastros para as pessoas que moram em Paraisópolis e têm interesse em cursar inglês. A coordenadora da Filial Paraisópolis, Ana Silvia Puppim, explicou como será o processo de matrícula para os cursos. “A filial Paraisópolis irá entrar em contato para agendar a classificação de nível dos interessados e realizar a matrícula de acordo com a data que consta no pré-cadastro. A prioridade será para os moradores de Paraisópolis. O início das aulas na nova filial Paraisópolis está previsto para início de abril”.

Lily Allen é a atração principal do 23º Cultura Inglesa Festival

2 mêses atrás ----- 23CIF Blog Sem categoria

A Cultura traz a artista londrina, uma das mais marcantes do electropop britânico, para ser a headliner britânica do Festival com um show gratuito no Memorial da América Latina! Lily Allen vem ao Brasil com a turnê do seu novo álbum, “No Shame“.

Haverá distribuição prévia e gratuita de ingressos tanto para alunos quanto não alunos (ou seja, o show é aberto a todos). As informações sobre como, quando e onde retirar ingresso chegam em breve aqui no blog e nas redes da Cultura Inglesa. Follow us!

#CulturaInglesaFestival

INSTAGRAM

49 anos atrás
@