Web Content Viewer
Cultura Inglesa Top5 – Blog – Cultura Inglesa

Tag: Top5

Top 5 – Tradições mais britânicas de Natal

1 ano atrás ----- Blog Top 5

Tem uma tradição natalina britânica que se espalhou por todos os países de língua inglesa: beijar alguém debaixo da árvore do visco (“mistletoe”, em inglês). Uma outra tradição ficou mesmo só na Inglaterra: em vez de “Esqueceram de Mim”, os britânicos costumam assistir Love Actually na tevê TODO ANO!

Confira as Top 5 Tradições de Natal britânicas:

Screen Shot 2016-12-16 at 13.52.34
No Reino Unido, diz-se que quem mantém as decorações por mais de 12 dias depois do Natal vai ter má sorte no novo ano. As fairy lights são montadas nas casas com bastante antecedência, mas assim que o natal termina, elas somem!

Screen Shot 2016-12-16 at 13.57.19


Essa tradição
começou há mais de 80 anos, quando o rei George V fez um discurso público no dia do Natal, às 3 horas da tarde. Transmitido então pelo rádio, o discurso se mantém até hoje, mas agora também vai ao ar pela TV e pela internet. A Rainha Elizabeth II fala com todas as nações da Commonwealth no dia do Natal há 64 anos! Haja criatividade para tanta mensagem natalina…

Screen Shot 2016-12-16 at 14.23.42

1995964
Assim como o discurso da rainha e o filme Love Actually, o especial de Natal do Doctor Who também faz todo mundo sentar apertadinho no sofá – neste caso, para assistir o episódio inédito (e normalmente eletrizante) na BBC.

Screen Shot 2016-12-16 at 14.25.21

silhouette-advent-calendar

As quatro semanas antecedentes ao Natal são chamadas pelos cristãos de advento. É um tempo de reflexão e arrependimento, mas também de ansiedade pela chegada do 25 de dezembro. No Reino Unido, o aspecto religioso se esvaiu e essa tradição acabou virando um calendário divertido, o Advent Calendar. Com pequenas portinhas, esse calendário pode contar histórias, poemas ou esconder pequenos presentes para cada um dos dias de dezembro que antecedem o Natal.

Screen Shot 2016-12-16 at 14.27.41

crackers_2435260b

Essa tradição, presente também em toda a Commonwealth, é uma das mais populares do Natal britânico. No dia 25, durante o chamado mid-day dinner, cada pessoa sentada à mesa recebe um cracker, que é um rolinho de papelão embalado, como se fosse um bom-bom, em um papel de presente. Puxando as pontas dessa embalagem, abrem-se os crackers, e de dentro saem presentinhos, poemas, piadas ou coroas de papel. Essas coroas, depois, costumam ser usadas por todos os convidados durante a ceia.

Merry Christmas, everyone!!

TOP 5 – Festivais curiosos de comida na Inglaterra

3 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa

.

A Inglaterra é um país de fãs de música, mas também de fãs da gastronomia. E os festivais por lá não são apenas feitos de rock’n roll, mas também de… aspargos!

Para te deixar com água na boca antes da gastronomia britânica desembarcar no Festival, veja os cinco festivais britânicos de comida mais curiosos que há:

 

Top5 West Dean Chilli Fiesta

l_Chilli_Fiesta_at_West_Dean_Gardens_2010

Este é para os fortes! Todo ano o Festival de Pimenta, no sul da Inglaterra, reúne uma galera por três dias num acampamento. O objetivo? Comer muita, mas muita pimenta! Com música ao vivo praticamente o dia inteiro, o West Dean Chilli Festival oferece atividades para todas as idades e diversas comidas apimentadas, claro.

 

Top4 The Garlic Festival

_46218054_garlic_tables

Digamos que, se você está a fim de paquerar, esse festival não é a melhor opção… Estamos falando do Festival do Alho, o maior evento gastronômico do verão na Ilha de Wight, no sul da Inglaterra. Todos os anos, ele reúne mais de 20 mil pessoas interessadas em conhecer e consumir produtos que levam o tempero. Se você não ligar muito para o bafo, tem até sorvete de alho, sabia?

 

Top3Framlingham Sausage Fest

d0479_sausageking_057_v002-copy

O Festival da Linguiça, em Framlingham, no leste da Inglaterra, é na verdade uma competição. Os produtores locais de linguiça se reúnem e são testados pelo tal do “Rei da Linguiça”. De acordo com o site do evento, “he’ll be tasting all the sausages and enjoying a day out”… Além de várias receitas a base de carne de porco, o evento também tem atividades infantis. Por lá, as crianças podem até fazer suas próprias linguiças!

 

Top2 Aspargus Festival

13042401_002

Os aspargos da região do Vale do Evesham, na Inglaterra, ganharam tanta fama de uns anos para cá que os produtores locais resolveram aproveitar a deixa. Em 2006 eles criaram o Festival dos Aspargos, com música, dança e produtos relacionados ao alimento, que atraem diversos turistas à região. Parte do sucesso se deve ao Gus, o Homem Aspargo, que desde 2008 funciona como um embaixador do evento

 

Top1 Abergavenny Festival

the-market-hall-2-photographer-nathan-morgan

O Abergavenny Festival é uma verdadeira celebração à arte de cozinhar e reúne cerca de 28 mil visitantes anualmente. Por lá você encontra amantes da comida, críticos, cozinheiros, artistas e gulosos. Tem de tudo! Desde as receitas mais tradicionais, vindas da fazenda, até as mercadorias industrializadas que são lançamento no mercado. Já virou ponto turístico!
.

Quer explorar mais a gastronomia britânica? Em maio, o 18° Cultura Inglesa Festival traz várias atividades relacionadas ao tema – inclusive uma feirinha! Saiba mais. E visite o Visit Britain para mais dicas de viagem 😉

.

TOP 5 – Música dos Beatles no futebol inglês

3 anos atrás ----- Cultura Inglesa

O que uma das maiores bandas britânicas de todos os tempos tem a ver com futebol? TUDO! Não se sabe ao certo quanto John, Paul, Ringo ou George eram fãs do esporte – eles sempre foram discretos -, mas a paixão que as torcidas de times ingleses têm por Beatles…ah essa é inegável.

E pra provar, separamos algumas canções entoadas pela multidão no estádio. É de arrepiar! Dá o play:
.

Top5“Twist and Shout” do Coventry City


.
Em janeiro deste ano o Coventry City, um time da terceira divisão do campeonato inglês, ganhou as manchetes esportivas do mundo. No intervalo do jogo contra o Arsenal, os torcedores reunidos nos corredores do estádio cantaram a plenos pulmões “Twist and Shout”. O flashmob não impediu que o Coventry City perdesse o jogo por 4×0 e caísse fora do campeonato, mas o momento entrou para a história do Emirates Stadium.
.

Top4 Hey Jude do Manchester City
.

.
Os torcedores do Manchester City (irmãos Gallagher do Oasis incluídos) cantam Beatles muito bem. Esse vídeo acima mostra a torcida cantando em alto e bom som a canção “Hey Jude”, feliz da vida após bater o rival Manchester United no clássico da cidade. “Jude” é substituído propositalmente por “City” muita das vezes.

 

Top3“Hey Jude” versão atacante do Arsenal

.

“Hey Jude” costuma ganhar muitas versões na boca do torcedor inglês. Por lá é bem comum rolar de tempos em tempos letras específicas para um jogador. Foi o que aconteceu recentemente com o atacante Oliver Giroud, do Arsenal. Ele conquistou a torcida e ganhou essa homenagem aí que você ouve no vídeo.

.

Top2“Yellow Submarine” versão zagueiro do Liverpool

Jamie Carragher jogou no Liverpool durante toda a sua carreira. Em 2013, após mais de 15 anos de serviços prestados, o zagueiro pendurou as chuteiras. Porém, seu nome já foi imortalizado pela voz da torcida que criou uma versão para a melodia de “Yellow Submarine”

.

Top3 “She Loves You” em coro da torcida do Liverpool (1964)
.

.
O Liverpool é a cidade natal do Beatles, logo, nada mais natural que a torcida do maior time da cidade ter sido a pioneira na arte de se apropriar de músicas da banda (muito embora a família de Paul McCartney ser torcedora do Everton, o time rival local). 
O vídeo acima retrata um momento histórico: a torcida do Liverpool no “kop” (arquibancada onde ficam os mais fanáticos) comemorando o título inglês de 1964 com o canto em uníssono de “She Loves You”.

.

[Foto: Reprodução do Telegraph.co.uk]

versaoENG

TOP 5 – Esquisitices inglesas

5 anos atrás ----- Blog Top 5

[youtube width=”550″ height=”350″]http://www.youtube.com/watch?v=7mjOZ8joPus[/youtube]

A gente sabe que existem muitas diferenças entre os países. No Brasil, é comum chegar atrasado. Nos países árabes, cumprimentar com a mão esquerda é ofensivo. Na China, cuspir na rua e arrotar na mesa é normal. E no Reino Unido? O nosso TOP5 dessa semana traz um combinado dos costumes ingleses mais esquisitos. (E tente não chegar atrasado, nem cuspir na rua na Inglaterra – essas atitudes são uma afronta!)
.

Chá com leite

Que os ingleses são fissurados em chá, todo mundo sabe. De acordo com o Tea Council, a população britânica consome 165 milhões de xícaras de chá por dia, o que dá 60,2 bilhões por ano! Até aí tudo bem. O esquisito é que 98% dos britânicos bebem seu chá com leite (como você pode ver no vídeo acima da marca de chás PG tips). Nem parece mais tão estranho comer feijão no café da manhã, né?
.

Bank Holiday

Na Inglaterra, todos os feriados são chamados de Bank Holidays. Isso quer dizer que os feriados comuns como o dia do trabalho e os dias santos têm tudo o mesmo nome. E caem obrigatoriamente na segunda ou na sexta-feira. Só o Natal, o “Boxing Day” (dia 26 de dezembro) e a Páscoa são exceções e mantém seus nomes. Em 2012, os ingleses terão um feriado extra: o jubileu de diamante da Rainha. Saiba mais

 

Pepino no drink

Inglês que é inglês toma mesmo Pimm’s com gin, laranja, limão, maçã, hortelã e PEPINO! Sim, pepino. O famigerado drink é quase tão tradicional quanto o chá e mata a sede no verão. A bebida Pimm’s foi criada por volta de 1840 por James Pimm, dono de um bar em Londres.

Bebedeira com hora pra acabar

A noitada em Londres normalmente acaba cedo. O povo fica do lado de fora dos pubs a partir das 17h (que é quando o expediente acaba por lá). Depois eles vão para dentro dos pubs, mas a noitada acaba cedo porque a bebida cessa às 23h, quando passa um cara dentro do bar tocando um sino. E se tem balada depois, os ingleses saem seminus mesmo que esteja um frio de 0 grau…

 

Cemitério para os vivos

Quem passeia em cemitérios? Na Inglaterra, além de parentes de finados, góticos e almas penadas, todo mundo. Para os ingleses, cemitérios são como se fossem mais uma opção de parques para, por exemplo, andar com o cachorro. Essa foto abaixo é do Highgate Cemetery, uma atração turística que tem entre suas ilustres tumbas, a de Karl Marx.

TOP 5 – Frases de Noel Gallagher

6 anos atrás ----- Blog Top 5

.
Falar de Oasis é falar de uma banda importantíssima para o rock britânico. Com sete discos lançados, a banda definiu – junto com o Blur – o que entendemos por britpop. Mas nunca foi uma banda unânime.

Unanimidade, mesmo, é a capacidade do ex-Oasis Noel Gallagher como frasista. Polêmico e sincero, ele saiu do Oasis e veio para no nosso TOP 5 Frases de Noel. Voilà:

 Sobre ficar velho

.
“Estou virando um velho beligerante. É o normal. Quando você chega a uma certa idade, você acha que as opiniões das outras pessoas não interessam mais, e você fica meio desconfortável com seu lugar na vida moderna.”

Noel respondendo a uma pergunta relacionada à música Live Forever, do Oasis (“O homem que dizia que viveríamos para sempre envelheceu. Qual sua opinião sobre isto?”)

 Sobre o irmão

“Ele é rude, arrogante, intimidante e preguiçoso. É o cara mais raivoso que você pode conhecer. É como um homem com garfo num mundo de sopas”

Noel destratando seu irmão Liam. Grande parte do charme do Oasis era a postura beligerante entre os irmãos Gallagher…

 Sobre bandas não tão boas…

“A pior coisa sobre o Kaiser Chiefs é que eles não são muito bons. Eles tocam todo arrumadinhos e sentam no topo da insignificância. Eles não significam nada pra ninguém, a não ser suas namoradas horríveis”

Sem papas na língua, Noel frequentemente xingava bandas publicamente. Sobrou para o Blur, Coldplay, Radiohead, Kaiser Chiefs, Keane…

 Sobre rock’n roll stars

“Eu era um super-heroi nos anos 90. Eu disse isso na época. McCartney, Weller, Townshend, Richard… meus primeiros discos são melhores que todos os discos deles. Até eles admitem isso”

O homem que, em sua primeira música de seu primeiro disco já declarava que era uma estrela do rock ‘n roll sempre se colocou como um ícone.

 Sobre concertos beneficentes

“Não tenho certeza sobre esse Live8. Eles estão esperando que um destes caras do G8, num break de 15 minutos entre alguma reunião, vá ver a Annie Lennox cantando ‘Sweet Dreams’ e vai pensar: ‘porra, ela deve ter razão’. Não vai acontecer, vai?”

Apesar de criticar bandas que se envolviam diretamente com marcas e empresas, Noel também não era fã de concertos beneficentes. Na frase vencedora de nosso TOP 5, Noel destila toda sua ironia sobre o Live8

.
p.s.: Uma vez, Noel reconheceu que passou dos limites. Depois de dizer que desejava que os caras do Blur pegassem AIDS, ele pediu desculpas e depois revelou: “Uma das piores coisas que aconteceram comigo foi quando eu disse aquelas coisas sobre o Blur. Minha mãe me ligou e disse que estava bem brava e falou ‘Eu não te criei pra você sair falando assim por aí'”.

.
E para você? Qual a melhor frase do Noel Gallagher?

TOP 5 – Pubs britânicos em São Paulo

6 anos atrás ----- Blog Top 5

Bom, você bem sabe que a palavra “pub” surgiu da abreviação de public house, as casas nas quais os ingleses se juntavam para beber ale e gin beer.

No século X, os pubs já eram tão populares que o Rei Edgar teve de soltar um decreto obrigando cada vila a ter só uma alehouse.

Hoje os pubs hoje também tomaram conta de São Paulo. Veja nosso TOP 5 com os pubs mais britânicos da cidade:

 

1 – All Black

Nos Jardins, o pub reproduz a atmosfera dos bares típicos da Irlanda. A madeira escura e a iluminação baixa ajudam a incentivar o clima de paquera que rola solta entre os frequentadores descompromissados.

That’s cool: Bandas de rock, pop e soul, que se apresentam de terça a domingo. E a principal cerveja servida no bar é a Guiness.

Saiba mais: All Black

 

2 – O’Malley’s

Os pints de cerveja e os pratos típicos da Irlanda, como o Irish Stew (tradicional cozido de filé mignon com batatas, cenoura, cebola e molho) não são os únicos atrativos do pub. A casa disponibiliza uma biblioteca de livros usados em inglês para os frequentadores do local.

That’s cool: A visita ao O’Malley’s pode ser uma ótima oportunidade para praticar a língua, já que sempre tem gringo por lá. Sucessos dos anos 70 e 80 e música ao vivo agitam a pista localizada no segundo piso do bar, que também oferece mesas de bilhar para os clientes mais tranquilos.

Saiba mais: O’Malley’s

 

3 – London Station

Inspirado na cultura londrina, o London Station retrata no Itaim Bibi a modernidade da capital inglesa.

That’s cool: A casa possui uma pista de dança cercada de referências ao metrô londrino. Para beber, as opções são as cervejas importadas. A programação musical inclui bandas e DJs que agitam a pista com seus sets de house.

Saiba mais: London Station

 

4 – The Pub

O pequeno bar inspirado na cidade dos Beatles, Liverpool, não deixa de impressionar o público da rua Augusta. Frequentado por roqueiros e moderninhos a casa transmite eventos esportivos e possui mesa de bilhar.

That’s cool: O maior atrativo do bar é a enorme variedade de cervejas, que incluem no cardápio opções inglesas, francesas, australianas e irlandesas. O local é boa pedida para marcar um happy hour com os amigos.

Saiba mais: The Pub

 

5 – Táxi Inglês pra ir pra casa

Bom, o 5º pub na verdade é um… táxi! Como bebida e direção não combinam em nada, os bares Astor e Original decidiram colaborar com a campanha “Piloto da Vez”. Os estabelecimentos contrataram um legítimo “cab” (táxi londrino) para levar os frequentadores do bar para casa.

That’s cool: Com capacidade para 6 passageiros, o  Austin 95 com mão inglesa (direção do lado direito) chama atenção por onde passa. Para adquirir o transporte, que é gratuito, os clientes precisam apenas solicitar o serviço para o garçom. O táxi inglês transporta os clientes do Astor às quintas e do Original, às sextas.

Saiba mais: Astor

Saiba mais: Bar Original

.
p.s.: Diferentemente do Reino Unido, onde os pubs fecham entre 22h e 0h (quando bate o sino), em São Paulo os frequentadores dos pubs podem curtir os pints durante toda a madrugada. Ainda bem que esta tradição ficou lá na Inglaterra…