Web Content Viewer
Cultura Inglesa Places to visit – Blog – Cultura Inglesa

Tag: Places to visit

TOP 5 – Bares inusitados de Londres

4 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa The Insider The Insider Top 5

Quando uma cidade tem tantos bares, cafés e restaurantes quanto Londres, os donos desses lugares têm que se esforçar para chamar a atenção e ganhar os clientes. Essa “competição” gera cada vez mais inovações, maluquices e brincadeiras. Conheça um pouco dos lugares malucos de Londres no nosso TOP 5 da semana!
.

Top5 Um bar depois da descarga

 

portside-parlour-pop-up-bar-rum-cocktails-east-lon1

 

Londres tem vários bares “escondidos” em porões, por baixo dos estabelecimentos “normais”. Um dos mais famosos desses lugares “clandestinos” – há listas e mais listas com os tais dos speakeasy bars – é o Portside Parlour. Para entrar lá, você primeiro tem que entrar em um bar, para depois entrar em um banheiro unissex cuja descarga diz: “Flush to enter” (literalmente: “aperte a descarga para entrar”). O bar em si, com decoração retrô e música boa, é considerado um dos melhores bares de rum da capital inglesa.
.

Top4 O bar com tudo à venda

 

the shop

 

A sua intenção pode até ser sair para beber numa boa com os amigos, mas, se for nesse bar, você pode voltar para casa com algo além da ressaca – por que não uma mesa nova?! 

É que a decoração bem bolada e o nome do The Shop NW10 não são à toa. Lá, dos quadros nas paredes aos móveis onde as pessoas sentam para beber, tudo está à venda. Além disso, a criatividade invade o menu de drinks, onde o Bloody Mary se chama “Pick & Mix Mary” e é totalmente personalizável. O perigo é se empolgar demais, primeiro na bebida e depois na compra…

 

Top3  O bar que cobra por minuto

 

ZIFERBLAT

 

Os poetas russos que começaram o Ziferblat perceberam que, quando ficavam sentado por horas em mesas de cafés e restaurantes, começavam a ganhar olhares pouco amistosos dos garçons – já que não estavam mais consumindo nada. Assim eles tiveram uma ideia inovadora: a de criar um estabelecimento onde esse olhar torto não existiria.

O café / casa de chá / restaurante fez tanto sucesso que se multiplicou pela cidade de Moscou e, no fim do ano passado, abriu em Londres sua primeira casa fora da Rússia. Cobrando 3 pennies (mais ou menos R$0,12) por cada minuto passado lá dentro, o Ziferblat propõe reunir, sem a obrigação de consumir qualquer coisa, gente criativa em um espaço agradável. Lá, são servidas comidinhas, cafés e chás – pelos quais você não paga, a única coisa cobrada é o tempo -, e eventos culturais como shows e exibições de filmes são organizados regularmente. Mas você também pode chegar com seu notebook e ficar numa boa, quietinho, trabalhando e comendo um bolo…

 

Top2 O bar que é um mistério

 

evans

 

A entrada do Evans & Peel Detective Agency, como o nome já entrega, é “disfarçada” de porta para um escritório de detetive. Você só consegue entrar se tiver uma “consulta” marcada. Lá dentro, um misterioso homem vai te perguntar sobre o caso que você quer que ele resolva, e, se você continuar a brincadeira, em poucos minutos vai ser levado para dentro de outro dos mais famosos speakeasy bars londrinos. Com uma decoração temática e drinks e comidinhas memoráveis, o Evans & Peel Detective Agency proporciona uma noite diferente e divertida.

 

Top1 Uma balada de café-da-manhã

 

 

 

Esse não é exatamente um bar, mas é bem inusitado. Que tal dar uma passada na balada antes de ir pro trabalho? Bem-vindo à Morning Glory, a balada londrina que só abre das 6h30 às 10h30 da manhã. A galera que frequenta o lugara decidiu começar seus dias de um jeito bem diferente, com nada mais nada menos do que… uma rave matinal. Dentro de um galpão, DJs tocam música eletrônica, dançarinos profissionais animam as pessoas, aulas de yôga são ministradas e massagens gratuitas são feitas. Tudo ao mesmo tempo. 

Enquanto isso, no bar são preparados smoothies saudáveis e cafés – proporcionando aos clientes uma preparação para o trabalho diferente e muito longe do mau humor. Nada de álcool. E o mais engraçado é que, vendo as danças malucas de quem escolhe começar o dia assim, não dá nem para acreditar que ninguém ali está bêbado…

 

[The Insider] Por dentro de um mercado de Natal londrino

4 anos atrás ----- Blog The Insider The Insider

.
Londres está comemorando o Natal desde outubro! E um dos pontos altos da cidade no período das festas de fim de ano é o mercado de Natal do Southbank, que fica pertinho da London Eye (dá pra ver ela no vídeo aí iluminada de azul).

Dá uma olhada aí em cima, tem de neve falsa que nasce na minha mão até alcaçuzes gigantescos.

Nascidos na Alemanha, esses “Christmas markets” são bastente tradicionais na Inglaterra já e o do Southbank é um dos mais populares de Londres.

A trilha sonora principal do vídeo é uma “Christmas carol” (cantiga de natal) de origem galesa chamada Deck The Halls. Com melodia criada no século XVI e a letra em inglês adicionada no século XIX, ela ainda hoje é uma das cantigas natalinas mais populares.

A segunda música que toca no vídeo é Rockin Around the Christmas Tree.

Se quiser saber mais das minhas andanças pro Londres, clique aqui.

Merry Christmas!!

TOP 5 – As mais incríveis feiras de rua de Londres

4 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa Top 5

Fazer compras ao ar livre nas coloridas feiras da capital inglesa é um tradicional programa para os locais, mas também um super atrativo para os turistas! Confira o nosso Top 5 – As melhores feiras londrinas!

 

 Top5 Borough Market

Borough_Market

.
Quando o Borough Market funcionava só como feira de atacado ou varejo de frutas e legumes, ele já era um sucesso. Mas de uns tempos para cá, a feira ganhou também a venda de alimentos mais “finos” ou artesanais, se popularizando ainda mais. 

Uma das maiores e mais antigas feiras gastronômicas do Reino Unido, o Borough Market é tão completo e tem um ambiente tão gostoso que já foi cenário de vários filmes britânicos, como é o caso de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban e O Diário de Bridget Jones.

Diz-se que suas origens são anteriores ao ano 1014 (!), data em que já há registros de comerciantes de alimentos reunidos na London Bridge.

Saiba mais

  

Top4 Brick Lane

brick lane
.
O agito na Brick Lane também começou com um mercado de alimentos. Com o tempo, no entanto, o comércio foi crescendo tanto que a rua hoje é a grande referência para quem quer comprar qualquer coisa usada e mais barata.

No domingo, lá você pode encontrar CDs, roupas de segunda-mão, móveis, equipamentos eletrônicos, enfeites, bugigangas, acessórios e tudo o que pode existir no meio disso… Sem esquecer que as barraquinhas onde tudo isso é vendido são montadas entre muros grafitados por artistas como Banksy ou D*Face – além de fazer compras, você acaba visitando uma galeria a céu aberto!

Só fique longe das bicicletas, pois ela é famosa entre os ingleses por ser ponto de venda de bikes roubadas! A polícia já fez uma limpa por lá há alguns anos, mas a fama persiste.

No século XVII, judeus aproveitaram o local para investir no comércio, já que a rua é ponto de passagem para o leste de Londres. Hoje, o bairro de Whitechapel (onde está a Brick Lane) é repleto de imigrantes da Índia e de Bangladesh, e isso se reflete não só em uma variedade ainda maior de produtos, como também no cheirinho de curry que sai de quase todos os restaurantes ao redor da Brick Lane.

 Saiba mais

 

 Top3 Columbia Road Flower Market

.
Milhares de espécies de plantas podem ser encontradas, todo domingo das 8 da manhã às 2 da tarde, na Columbia Road Flower Market. A rua de arquitetura antiga, no leste da capital inglesa, é colorida não só pelas flores, mas também pela venda de pães, queijos, antiguidades, acessórios de jardinagem, velas, sabões artesanais, artefatos budistas e até comidas exóticas. 

Criada como feira gastronômica no século XIX, o evento sobreviveu até a um ataque durante a Segunda Guerra Mundial!

Saiba mais  

 

Top2 Portobello Road Market

portobello road market

.
O bairro de Notting Hill (o mesmo do filme da Julia Roberts) e as casas e lojinhas coloridas de Portobello Road (imortalizada nessa música do Caetano Veloso) são, por si só, uma atração turística. Mas as feiras que acontecem por lá ajudam a preencher a simpática rua durante diferentes dias da semana. No sábado, por exemplo, a maior concentração acontece por causa da feira de antiguidades, que é a maior do mundo. Em outros dias da semana, há também feiras de frutas e legumes e lojinhas de roupas, novas e usadas.

Saiba mais

 

Top1 Camden Lock Market

.
Você sabia que, na Inglaterra e no País de Gales, nenhuma loja podia funcionar aos domingos? Essa lei ficou de pé até 1994! 

Isso ajuda a entender por que a Camden Lock Market virou tão popular e cultuada. Mantida desde os anos 70 ao lado do Regent’s Canal, ela abria aos domingos mesmo na época em que a lei britânica não permitia.

Camden é o bairro mais rock’n’roll de Londres e seu famoso mercado atrai mais de 100.000 turistas todo fim de semana. O que as pessoas vão buscar por lá? Principalmente bom artesanato local, arte contemporânea, livros interessantes, roupas novas e usadas e, claro, boa cerveja. 

Saiba mais

Esse nosso top 5 tem as nossas feiras de rua favoritas, qual é a sua? A capital inglesa tem muitas outras, que também valem a visita! Veja aqui.