Web Content Viewer
Cultura Inglesa noel gallagher – Blog – Cultura Inglesa

Tag: noel gallagher

Noel Gallagher, repórter por um dia

5 anos atrás ----- Blog

.
Este foi um encontro daqueles que poderiam fazer o universo explodir. De um lado, Mario Balotelli, um jovem jogador italiano, atacante da Azzurra e ídolo do Manchester City. Vira e mexe está envolvido em polêmicas, e é a esperança da Itália para a Copa de 2014. De outro lado, Noel Gallagher – que dispensa apresentações, certo?

O ex-Oasis é tão apaixonado por futebol e pelo seu time do coração, o City, que deixou de lado sua raiva por jornalistas e resolveu fazer as vezes de entrevistador de Balotelli na BBC.

O resultado você confere no link aí em cima! Abaixo, os melhores momentos (traduzidos em português):
. 

Noel Gallagher: Você foi recentemente nomeado o terceiro homem mais bem vestido na Inglaterra…
Mario Balotelli: Segundo!

NG: Segundo? Boa! Como você se sente?
MB: Não ligo.

NG:
 
Teve um jogador que não quero mencionar o nome, que falou que sua escolha foi um absurdo!

MB: Não quero ofender ninguém, mas um inglês não pode falar de estilo com um italiano… (risos) 

NG: Quem é o seu jogador favorito? Ibrahimovic?
MB: Ele é um deles, sim… ele e Ronaldo, o brasileiro.

NG:
 
Ah, o Ronaldo!

MB: Ele jogou pela Inter de Milão
NG: Ele era um matador, não?

NG: Então me conta… estou fascinado por isso. Um dia antes do clássico contra o United, que ganhamos de 6 a 1 [pausa] a brigada de incêndio foi chamado porque você colocou fogo em casa…
MB:
Eu não.

NG: Acidentalmente, ou algo assim…
MB:
Não, eu não.

NG: Certo, então conta o que rolou!
MB:
Só porque é para você. Eu estava entediado com alguns amigos. Daí eu peguei uma lixeira de metal. Coloquei fogos de artifício dentro, mas saí da sala. Daí, eles começaram a gritar, e quando eu vi, colocaram fogo no banheiro!
NG: [risadas]
MB:
Mas só a cortina pegou fogo.

NG: E por isso os bombeiros foram chamados?
MB:
É, pelas cortinas e pelo banheiro. Só o banheiro foi perdido!
. 

Curte futebol? Curte o Noel? Está com o inglês em dia? Então veja a entrevista toda que vale a pena! Aqui no site do Guardian tem a transcrição completa da entrevista.

 

Dica de sexta – Música nova do Graham Coxon para baixar

5 anos atrás ----- Blog

Qual é o seu “Blur” favorito?

Se você respondeu Graham Coxon (ou sabe do tamanho da importância deste cara para o rock britânico) temos uma boa notícia!

Ele está na reta final da produção de seu oitavo disco solo, o “A+E”. Depois do Blur, Cox vem construindo uma produtiva carreira solo.

Ele chegou até a abocanhar o prêmio NME como melhor artista nesta categoria em 2005, depois do grande sucesso do disco “Happiness in Magazines”.

Para quem acompanha a carreira deste cara de perto, esse disco promete! Afinal de contas, ele é o guitarrista mais talentoso de sua geração, segundo o próprio Noel Gallagher (que, aliás, era arqui-inimigo do Blur).

A dica desta sexta-feira é simples: veja os trailers (logo abaixo) do disco e baixe a música “The Truth” gratuitamente no site de Graham Coxon. Se você se empolgar, dá até para fazer uma reserva do disco, que será lançado na primeira semana de abril.

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=rw0Ni2JolwI[/youtube]

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=pl734jaCM8Q[/youtube]

TOP 5 – Melhores discos de bandas britânicas em 2011

6 anos atrás ----- Blog Top 5

Com o fim do ano chegando, é hora de pensar em coisas importantes como a lista de presentes para o Papai Noel, promessas para o ano novo, e porque não os melhores discos do ano?

Nosso primeiro TOP5 de dezembro traz os cinco melhores discos lançados por bandas britânicas em 2011.

Não foi tarefa fácil! Muita banda e gente grande ficando de fora, várias polêmicas… enfim: não é possível agradar a todo mundo.

Confiram os cinco melhores discos indicados pelo blog do Cultura Inglesa Festival:

.
Mylo Xyloto – Coldplay

A banda liderada por Chris Martin é grande. Arrasta multidões para os seus shows, vende como poucas bandas conseguem e está sempre na mídia. Goste ou não, há de se reconhecer o tamanho do Coldplay. O disco novo não foi nem inovador nem genial, mas conseguiu manter o Coldplay no topo das paradas. O que não é pouco.

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=1G4isv_Fylg[/youtube]

The King of Limbs – Radiohead

O Radiohead acertou de novo. Para muitos, o disco novo é uma continuação do “In Rainbows”, de 2007 e ajudou a consolidar o Radiohead como a banda-símbolo dos indies (ainda mais depois da dancinha desajeitada de Thom Yorke no clipe da música “Lotus Flower”).

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=cfOa1a8hYP8[/youtube]

Velociraptor! – Kasabian

A banda que tomou a Inglaterra de assalto no começo da década ao fundir o britpop de Oasis com a neo-psicodelia de Primal Scream e The Stone Roses voltou a confundir os críticos e fãs com um disco diferente. Mais rico em harmonias e com vocais mais elaborados, Velociraptor! definitivamente coloca o Kasabian correndo por fora como uma das bandas mais relevantes da Inglaterra.

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=pBsQVP-Olmw[/youtube]

Suck It And See – Arctic Monkeys

Talvez não haja exagero nenhum em dizer que a banda de Alex Turner seja a maior representante de sua geração. Depois de três excelentes discos, e todos diferentes entre si, eles voltam mais maduros, porém menos “chatos” do que no “Humbug” (terceiro disco da banda, produzido por Josh Homme). Suck It and See é obrigatório!

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=TlYJKfunfC0&ob=av2n[/youtube]

High Flying Birds – Noel Gallagher

Oasis quem? O projeto solo de Noel Gallagher pode não ter agradado a todo mundo. Mas ele apresentou um disco original, mesclando influências como Neil Young e John Lennon. Quem espera a rebeldia que fez o Oasis ser lembrado vai se decepcionar, mas quem quer ouvir um bom disco, feito por um músico maduro e experiente, vai ter boas surpresas. Imagine ainda a inveja que seu irmão, o Liam, sentiu ao ouvir este disco…

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=kFx_IniNjfE[/youtube]

.
Sabemos que esta lista é polêmica. Então nos diga: para você, qual foi o melhor disco do ano?

TOP 5 – Frases de Noel Gallagher

6 anos atrás ----- Blog Top 5

.
Falar de Oasis é falar de uma banda importantíssima para o rock britânico. Com sete discos lançados, a banda definiu – junto com o Blur – o que entendemos por britpop. Mas nunca foi uma banda unânime.

Unanimidade, mesmo, é a capacidade do ex-Oasis Noel Gallagher como frasista. Polêmico e sincero, ele saiu do Oasis e veio para no nosso TOP 5 Frases de Noel. Voilà:

 Sobre ficar velho

.
“Estou virando um velho beligerante. É o normal. Quando você chega a uma certa idade, você acha que as opiniões das outras pessoas não interessam mais, e você fica meio desconfortável com seu lugar na vida moderna.”

Noel respondendo a uma pergunta relacionada à música Live Forever, do Oasis (“O homem que dizia que viveríamos para sempre envelheceu. Qual sua opinião sobre isto?”)

 Sobre o irmão

“Ele é rude, arrogante, intimidante e preguiçoso. É o cara mais raivoso que você pode conhecer. É como um homem com garfo num mundo de sopas”

Noel destratando seu irmão Liam. Grande parte do charme do Oasis era a postura beligerante entre os irmãos Gallagher…

 Sobre bandas não tão boas…

“A pior coisa sobre o Kaiser Chiefs é que eles não são muito bons. Eles tocam todo arrumadinhos e sentam no topo da insignificância. Eles não significam nada pra ninguém, a não ser suas namoradas horríveis”

Sem papas na língua, Noel frequentemente xingava bandas publicamente. Sobrou para o Blur, Coldplay, Radiohead, Kaiser Chiefs, Keane…

 Sobre rock’n roll stars

“Eu era um super-heroi nos anos 90. Eu disse isso na época. McCartney, Weller, Townshend, Richard… meus primeiros discos são melhores que todos os discos deles. Até eles admitem isso”

O homem que, em sua primeira música de seu primeiro disco já declarava que era uma estrela do rock ‘n roll sempre se colocou como um ícone.

 Sobre concertos beneficentes

“Não tenho certeza sobre esse Live8. Eles estão esperando que um destes caras do G8, num break de 15 minutos entre alguma reunião, vá ver a Annie Lennox cantando ‘Sweet Dreams’ e vai pensar: ‘porra, ela deve ter razão’. Não vai acontecer, vai?”

Apesar de criticar bandas que se envolviam diretamente com marcas e empresas, Noel também não era fã de concertos beneficentes. Na frase vencedora de nosso TOP 5, Noel destila toda sua ironia sobre o Live8

.
p.s.: Uma vez, Noel reconheceu que passou dos limites. Depois de dizer que desejava que os caras do Blur pegassem AIDS, ele pediu desculpas e depois revelou: “Uma das piores coisas que aconteceram comigo foi quando eu disse aquelas coisas sobre o Blur. Minha mãe me ligou e disse que estava bem brava e falou ‘Eu não te criei pra você sair falando assim por aí'”.

.
E para você? Qual a melhor frase do Noel Gallagher?

Carlitos Tevez: o próximo filho de Noel Gallagher

6 anos atrás ----- Blog

Assim como cá, o futebol e a música tem laços estreitos também no Reino Unido.

Melhor para o Oasis.

Nesse último final de semana, a cidade de Manchester ficou ensandecida: tanto o United quanto o City foram campeões – Campeonato Inglês e Copa da Inglaterra, respectivamente.

Manchester é a terra dos irmãos mais loucos do Rock’n Roll: Noel e Liam Gallagher, ex-Oasis. Ambos são fanáticos pelo Manchester City, o time azul da cidade.

E, claro, Noel está sempre se envolvendo em polêmicas em nome de seu clube do coração.

Ele já disse que votaria em Carlos Tevez, atacante do time, para Homem do Ano de Manchester. Já disse também que daria o nome de “Carlos Tevez Gallagher” para seu próximo filho!

Em 2009, na última passagem da banda pelo Brasil, Noel convocou o Nilmar, à época no Inter de Porto Alegre e autor de um gol antológico contra o Corinthians, para os bastidores do show do Oasis – além, é claro, de tentar aliciar o jogador para o City.

E semana passada ameaçou Gary Neville, o lateral do time rival, por ter usado uma letra do Oasis em seu Twitter. É o mesmo jogador que, certa vez, quis uma guitarra autografada de Noel e recebeu de volta o instrumento com os dizeres: “Feliz aniversário, idiota (Man City Football Club)”.

Bom, se você quer conhecer mais sobre os bastidores do Oasis e sacar mais da música britânica, apareça para o bate-papo com o produtor Allan McGee, o descobridor da banda e dono da lendária Creation Records, lar do Oasis nos primeiros — e históricos — discos do grupo.

É no StudioSP, dia 27, às 15 horas!