Web Content Viewer
Cultura Inglesa Londres | Blog – Cultura Inglesa

Tag: Londres

Talk British to Me #10 – Navegue pelo mapa de Londres

1 mês atrás ----- Blog Vídeo

Sabia que Greenwich não se lê do jeito que você acha que deveria? Nem Southwark, nem Buckingham, nem vários outros lugares de Londres! Faça um tour de pronúncia pelo mapa da cidade no mais novo episódio do Talk British To Me, a série original da Cultura produzida na Inglaterra

✅ Ligue a legenda (em português ou in English) clicando no ícone do canto esquerdo do player!
💻 Disponível em HD

🇬🇧 Assista a todos os episódios aqui

Como Londres está celebrando os 40 anos do punk

1 ano atrás ----- Blog

Malcom McLaren in London

O punk está vivo. Vivia o punk!

Desde o lançamento de Anarchy in The UK, do Sex Pistols, há 40 anos, a Inglaterra nunca mais foi a mesma. E para comemorar o gênero que virou a sociedade britânica de cabeça pra baixo, Londres preparou um calendário de eventos que vai durar o ano inteiro, para Sid Vicious nenhum botar defeito.

Celebrando passagens e bandas históricas até a influência na vida moderna, várias instituições de Londres vão contar a história do punk rock através de exposições, filmes, intervenções, performances, moda, literatura, fotografia e, claro, muita música.

Veja no site especial dos 40 anos do punk os eventos que vão rolar na cidade:

Screen Shot 2016-04-07 at 19.50.21

Top 5 – Maravilhas britânicas de Wimbledon

1 ano atrás ----- Blog The Insider

#
#

É como se a Inglaterra sediasse uma copa do mundo todo ano. O torneio de tênis de Wimbledon, o mais antigo e tradicional grand slam do planeta, e o único que exige um dress code dos tenistas, mobiliza o país inteiro e é um acontecimento britânico dos pés à cabeça.

Aqui estão 5 razões que fazem de Wimbledon o evento esportivo mais especial do ano no UK:
##

Um bairro vestido de tênis

Londres se transforma em vários pontos quando Wimbledon começa. No bairro que dá nome e sedia o torneio (no sudoeste da cidade), a transformação é completa: as lojas, ruas e as estações de metrô mais próximas do All England Club (Southfields Station e Wimbledon Station) se vestem de tênis.

#

Hora da BBC brilhar

É o momento em que duas clássicas instituições britânicas se juntam: BBC e Wimbledon. A BBC não tem os direitos de transmissão dos principais torneios de futebol, nem da Fórmula 1. Mas Wimbledon é com ela: ao vivo todo dia na tevê, internet e rádio. John McEnroe, provavelmente o tenista mais comédia da história, é um dos comentaristas da emissora e uma diversão à parte.

Os veículos que não possuem direito de transmissão trazem a cobertura ao vivo em seus websites, e os principais jornais de Londres colocam Wimbledon em suas capas dia sim, dia não.
#

Um double decker exclusivo

Que outro evento tem seu próprio ônibus de dois andares vintage? Além deste da foto, durante o torneio mais alguns double deckers normais fazem o trajeto Estação de metrô – Quadras de tênis.
#

Morangos frescos!

Morango com chantilly é o prato principal de Wimbledon desde o século XIX. Nada menos que 33 toneladas de morango são consumidas durante o torneio todo ano! E todos são frescos, colhidos às 4h da manhã do dia em que são servidos.

#
#

A fila das filas

 

Se você não é da família real, conseguir ingresso para Wimbledon não é fácil, nem barato. Existe um sorteio para a compra de ingresso, como o da Copa do Mundo, que começa um ano antes do torneio. Quem não é sorteado, vai para a Fila. Localizada num campo de golfe ao lado do All England’s Club, a mítica The Queue é a mãe de todas as filas inglesas e uma das atrações de Wimbledon.

Todo dia de torneio, a organização disponibiliza ingressos para a entrada no complexo (que não garante entrada para as quadras principais, apenas as menores), mas para conseguir um, você precisa chegar cedo. Muito cedo! Na primeira semana (a que tem mais jogos nas quadras menores), já às 7h da manhã a Fila já não comporta mais ninguém. Muita gente acampa por lá, faz piquenique, lê livros, faz amigos, etc, porque a fila é longa: tem mais de 1km e até quatro horas de espera.

A Fila é tão tradicional que tem guia oficial, monitor, um banheiro que anda, entretenimento durante o percurso e um nome próprio: The Queue (sim, com letras maiúsculas). A cada ano, ela só aumenta. E quem pega, diz que vale a pena, afinal, é verão.

20150707_191604
#
Acompanhe Wimbledon ao vivo.

 

Talk British to Me #3 – Truques do inglês irlandês com o The Strypes

1 ano atrás ----- 19CIF Blog Vídeo

#

#
O que é que faz do inglês britânico tão… britânico? Não é só o sotaque!

A série Talk British to Me, apresentada pelo nosso “insider” em Londres, entrevista personagens da cidade e explora diferentes universos da cultura local para mostrar quais expressões, termos, gírias e – claro – jeitos de pronunciar as palavras, fazem o inglês britânico ser tão atraente.

Este episódio, excepcionalmente, é um “Talk IRISH to Me”! Os convidados da vez são dois integrantes do Strypes, a melhor nova banda de rock da Irlanda – e que está no 19 Cultura Inglesa Festival!

Descubra algumas gírias do inglês irlandês e expressões britânicas que a banda usa em algumas músicas.

(NÃO ESQUEÇA DE LIGAR A LEGENDA)

 

“Talk British To Me #2” – Truques do inglês com um mágico de Camden Town

2 anos atrás ----- Blog The Insider Vídeo

#

O que é que faz do inglês britânico tão… britânico? Não é só o sotaque!

A série Talk British to Me, apresentada pelo nosso “insider” em Londres, entrevista personagens da cidade e explora diferentes universos da cultura local para mostrar quais expressões, termos, gírias e – claro – jeitos de pronunciar as palavras, fazem o inglês britânico ser tão atraente.

Neste episódio, a conversa é com um mágico londrino que trabalha no famoso bairro de Camden.

O mundo mágico britânico será tema do Festival deste ano, fique de olho na programação!

>> Assista ao 1º episódio num pub em Newington Green.

Little People in the UK – 10 fotos do artista inglês mestre em miniaturas

2 anos atrás ----- Blog The Insider

O artista de rua inglês Slinkachu já rodou o mundo com suas pessoinhas em miniatura e ganhou até adeptos, mas tudo começou em Londres, em 2006.

Antes de partir para outras cidades, ele passou seis anos tirando foto na capital inglesa. Essas são as mais legais:

Secret Identities
.

.

.

.

.

.

.

.
Slinkachu deixa as obras no lugar em que são fotografadas, portanto, olhe para baixo se visitar Londres!

Hoje suas novas fotos estão expostas na Andipa Gallery, oeste de Londres. Veja mais obras de série Little People no site oficial do artista.

“Talk British To Me”, nosso talk show britânico, está no ar

2 anos atrás ----- Blog Vídeo


 

O que é que faz do inglês britânico tão… britânico? Não é só o sotaque!

A série Talk British to Me, apresentada pelo nosso “insider” em Londres, entrevista personagens da cidade e explora diferentes universos da cultura local para mostrar quais expressões, termos, gírias e – claro – jeitos de pronunciar as palavras, fazem o inglês britânico ser tão atraente.

Este primeiro episódio foi gravado num gastropub de Newington Green, bairro no norte da capital britânica. Não esqueça de ligar a legenda 😉

E increva-se no nosso canal para receber os novos episódios (tem um novo todo mês!).

O que o #18CIF e o maravilhoso Kew Gardens têm em comum

3 anos atrás ----- Blog

.

5fb11be7-39d7-4688-9b30-87500e924e3d.KewGardens

Os Jardins de Kew são uma das principais atrações turísticas para quem visita a capital inglesa. São 26 jardins diferentes e 6 estufas que contêm mais de 100 espécies diferentes de plantas vindas de todos os cantos do planeta. Uma das maiores estruturas botânicas do mundo!

É nas galerias desses jardins que se encontra grande parte da obra de duas artistas britânicas naturalistas: Marianne North e Margaret Mee. Apesar de não terem vivido na mesma época, as duas têm em comum o fato de terem viajado para o Brasil e dedicado bastante tempo e trabalho à nossa flora.

800px-Kew_Gardens_Waterlily_House_-_Sept_2008

Elas também compartilham o fato de terem inspirado uma das exposições de arte do #18CIF“Expedição Botânica entre Avenidas Paulistanas”, de Daniel Caballero, procura explorar São Paulo de maneira análoga ao trabalho artístico que essas duas inglesas desenvolveram no Brasil.

Para conferir o trabalho de Margaret e Marianne (além de todas essas estufas e espécies diferentes de plantas), infelizmente, só embarcando para Londres…

Já para ver os desenhos e pinturas de Daniel de perto, é só colar no CBB! De 9 a 25 de maio, das 10h às 19h durante a semana e das 10h às 16h no fim de semana, vai estar tudo exposto por lá! 😉

Fique por dentro da programação completa do #18CIF. Até o dia 25, vai ter artes visuais e muita coisa rolando, e é tudo gratuito!

A mais nova polêmica do Banksy! E a “presença” do artista no #18CIF

3 anos atrás ----- 18CIF Blog Cultura Inglesa

.
banksy girl
.
No último fim de semana, em Londres, um leilão com obras de preço estimado entre 100 e 500 mil (!) libras foi feito sem o consentimento do artista responsável por essas obras. Quem é ele? Na verdade, não se sabe direito, mas ele é conhecido por aí como um tal de Banksy

“Mas pera aí,” você deve estar se perguntando, “o Banksy não é aquele cara que faz arte na rua?!”.

Ele é! Daí a desaprovação diante do tal leilão. As caríssimas obras compradas no evento, intitulado “Stealing Banksy”,  foram retiradas das ruas, destacadas de muros de prédios ou casas e até das laterais de caminhões. Antes visíveis para qualquer transeunte londrino (até que as propagandas ou a tinta cinza os separasse), obras famosas como “Girl with a Red Balloon” (acima) foram restauradas e vendidas para gente com muita, muita grana.

Passado o evento, elas vão ficar dentro de quatro paredes, enquanto que o dinheiro investido nelas vai ser repassado para instituições de caridade. Mesmo assim, a polêmica permanece, com várias questões ainda pairando no ar…

stolen banksy2
[  Buraco cinza onde antes havia um grafite do Banksy  ]

O episódio só mostra que a arte e as provocações de Banksy seguem mais vivas do que nunca.

Nesta edição do Cultura Inglesa Festival, o artista de Bristol inspira duas atrações do #18CIF!

O espetáculo de dança Movimento para Um Homem Só e a peça infantil Denise Desenha nas Paredes foram livremente inspirados em obras distintas de Banksy, e fazem parte da programação do Festival.

Veja os horários e locais das apresentações e salve na sua agenda!

[The Insider] Um tour exclusivo pelo Science Museum

3 anos atrás ----- Blog The Insider The Insider

.

Num museu que tem cinco andares e mais de 300 mil objetos no acervo, o que a gente poderia mostrar em 5 minutos de vídeo?

Pedi ajuda aos universitários. Mais precisamente, à simpática inglesa Anna Fisher, educadora que trabalha no museu e conhece bem a história de (quase) todos os itens em exposição.

Anna me guiou pelas galerias mais famosas e contou um pouco sobre os objetos mais procurados do Science Museum. E, mesmo só focando nos destaques, muita coisa “pop” ficou de fora, como a pedra que veio da Lua, a incrível exposição temporária Collider e o cinema IMAX 3D que tem lá dentro.

Mas esse breve e simpático tour consegue mostrar por que o museu de ciências de Londres é um dos museus mais visitados dos mais de 240 da cidade — ele recebe quase 3 milhões de visitantes por ano! (Sim, Londres, tem museu que não acaba mais e a maioria é de graça, contei essa história aqui na visita à National Portrait Gallery).

Mais sobre o Science Museum, suas atividades e atrações aqui.

.

INSTAGRAM

47 anos atrás
@