Web Content Viewer
Cultura Inglesa London – Blog – Cultura Inglesa

Tag: London

10 coisas incríveis que você nao sabia sobre Londres

1 ano atrás ----- Blog Sem categoria


1) Londres sofreu com um misterioso nevoeiro assassino
Uma “fog” (névoa, nevoeiro, neblina) tirou a vida de 4 mil londrinos e deixou outros 150 mil feridos em dezembro de 1952. O mistério da “killer fog” perdurou por mais de 50 anos! Mês passado, finalmente os cientistas solucionaram o caso: um denso nevoeiro (algo que é super comum na cidade durante o inverno) se misturou com a fumaça das chaminés e das fábricas que queimavam carvão de baixa qualidade e virou uma nuvem tóxica rica em ácido sulfúrico.
Como essa mistura da poluição com o nevoeiro virou ácido sulfúrico, porém, ninguém sabe ainda.

2) Chove mais no Rio do que em Londres
Sim! Apesar da fama, não chove tanto assim na capital inglesa. Em média, chove em 29% dos dias do ano: menos do que em Miami, Rio, Milão e Nova York, por exemplo. Rá rá.

Screen Shot 2016-12-06 at 00.16.443) A cidade é um grande Big Brother
CCTV é um termo conhecido por todo londrino. A abreviatura quer dizer “Closed-Circuit Television”. É impossível você passar por Londres sem ser flagrado por uma “CCTV camera”: elas são quase meio milhão e estão em todos os cantos da cidade. As autoridades usam as câmeras tanto para caçar ladrão (95% dos crimes de assassinato usam suas gravações como evidência), como para verificar se os carros que andam no centro pagaram o pedágio urbano.

4) É proibido morrer no Parlamento
Sim, está na lei: no famoso Parlamento Britânico não se pode morrer. No mínimo 4 pessoas faleceram por lá, porém, e elas não receberam qualquer punição.

5) A estação de metrô dos mortos
A estação de Aldgate (lê-se como “portão velho”: old gate) no leste de Londres foi construída acima de uma cova coletiva. Estão enterradas lá mais de 1,000 vítimas da peste bubônica que devastou a Europa no século XVII.

Screen Shot 2016-12-05 at 23.14.216) A cidade de Londres é minúscula
A Londres que você conhece é na verdade uma coleção de diferentes burgos, distritos e antigas vilas. O que (até hoje!) se chama de City of London é uma área de apenas 3 km quadrados bem no coração da Grande Londres. Hoje o bairro é o centro financeiro e administrativo da capital.

No mapa acima (de 1300), você vê que a antiga cidade era limitada pelo rio Tâmisa, o rio Fleet (que não existe mais), a Tower of London (castelo) e o muro construído pelo Império Romano. Esta área é exatamente o que hoje os londrinos chamam de “City”.

Screen Shot 2016-12-06 at 00.25.157) A maioria do Underground fica em cima da terra
55% do metrô de Londres — que se chama “underground” (“subterrâneo”) em inglês — corre, na verdade, pela superfície. Agora não dá mais para mudar o nome porque já existe um outro sistema de trem urbano na cidade chamado Overground.

8) Taxista tem memória de elefante
Não é para qualquer um. Para virar um “cab driver” (taxista) em Londres você tem que gabaritar uma temida prova chamada “The Knowledge”. E para tal, é preciso decorar nada mais, nada menos que 25 mil ruas, 320 rotas e 20 mil pontos de interesse. Vai que dá pau no GPS, né? 

9) O ônibus de dois andares fantasma
Não leia a história a seguir se estiver sozinho. Em 1934, um motorista desviou de um double-decker numa rua perto do bairro de Notting Hill, oeste de Londres, bateu o carro e morreu. Nenhuma testemunha, porém, viu o double-decker. Depois do acidente, pessoas relataram ver no mesmo local, sempre em maio e de madrugada, um ônibus de dois andares da linha 7 com os faróis apagados andando rápido e sem motorista. Os carros desviavam do ônibus e quando olhavam para trás, não havia ônibus nenhum. O último relato é de 1990 (a configuração da rua foi alterada e, aparentemente, o double-decker fantasma sumiu de vez). Este ônibus mal-assombrado é conhecido como o ghost bus de Cambridge Gardens.

10) Londres já chamou Augusta
A cidade já teve muitos nomes, a maioria derivados ou parecidos com “Londinium”. Mas por volta do ano 368 a cidade virou oficialmente Augusta para ganhar mais importância dentro do Império Romano. O nome não pegou. O que pegou foi o apelido de “Big Smoke” devido aos nevoeiros (comuns desde sempre, mas intensificados com a revolução industrial). O apelido voltou durante a década de 1950 na época da “killer fog”.

Siga nossas redes sociais para ficar por dentro da cultura britânica!

Talk British To Me #6 – Os diferentes sotaques da Inglaterra

2 anos atrás ----- Blog Vídeo

#

Neste episódio da série original da Cultura Inglesa, o ator Joe Bone (astro do espetáculo “Bane”), improvisa e imita na hora, em pleno centro de Londres, alguns dos sotaques regionais mais carregados da Inglaterra!

✅ Ligue a legenda em INGLÊS no canto inferior direito do player!

✅ Assista em HD (botão no mesmo canto inferior direito)

Talk British To Me is a monthly show by Cultura InglesaWatch all the episodes here

London 40 graus – Como a cidade lida com algo raro: sol e calor

2 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa The Insider

#
Screen Shot 2015-07-02 at 09.26.40
#
É público e notório que o sol e o Reino Unido não são lá grandes amigos. Num dia quente de verão, então, fica evidente: os britânicos estão muito mais acostumados com a chuva e o frio do que com o sol e o calor.

Nesta quarta, 1º de julho, fez o dia quente em Londres. A cidade experimentou a temperatura mais alta da sua história. Os termômetros alcançaram 36 graus em Heathrow (o bairro do aeroporto).

Se para um carioca já é calor, imagina para um londrino que considera 25 graus abrasador. Foi um deus nos acuda.

Ruas derreteram, trens foram cancelados, pessoas passaram mal na rua e no metrô, autoridades distribuíram garrafinhas d’água em vários pontos do país, os jornais reportaram a “heatwave” ao vivo, e os famosos double deckers viraram um forno (o segundo andar de alguns ônibus bateu quase 40 graus).

A maioria dos lugares fechados (como casas de show e o metrô, por exemplo), não tem ar condicionado – apenas sistema de calefação. Ou seja, quem estava na rua não tinha muito para onde fugir. Ar condicionado em casa, nem pensar.

Em Wimbledon, onde ocorre o torneio de tênis, um gandula desmaiou no meio de uma partida. Nas casas de apostas já tem mais gente apostando que jogos serão interrompidos por causa do calor do que por causa da tradicional chuva.

Global warming, my friends.

Mas nem o calor derreteu o humor britânico:
#

#

Espetáculo britânico “Chalk Farm” entra em cartaz nesta semana

3 anos atrás ----- Blog

.

.

Depois de passar pelo último Fringe Festival e ser aclamada pela crítica, o espetáculo Chalk Farm desembarca no Brasil com três apresentação no 18° Cultura Inglesa Festival. Todas elas são gratuitas e acontecem nessa semana, então fique esperto!

Boom!

Chalk Farm mistura dramaturgia com recursos audiovisuais e coreográficos, típicos das montagens feitas pela companhia britânica ThickSkin. Quem conferiu a peça “The Static” na programação do Cultura Inglesa Festival do ano passado sabe do que estamos falando – cenários e ações eletrizantes do começo ao fim.

Desta vez o espetáculo trata de um tema bastante polêmico, que marcou os noticiários mundiais em 2011: os tumultos ocorridos em Londres e em outras cidades inglesas. Para quem não se lembra, o estopim foi a morte de Mark Duggan. Negro, com 29 anos, ele foi morto a tiros pela polícia durante uma abordagem de rotina no bairro de Tottenham.

Os protestos resultaram em um revolta de milhares de jovens contra o Estado, envolvendo bombas caseiras, atos de vandalismo, saques, centenas de prisões e cinco mortes. Foram poucos dias, que entraram para a história e refletiram uma série de insatisfações da população, tais como a falta de emprego, a atuação da polícia, as perspectivas políticas etc.

.
Retrato de uma sociedade

Inspirados nesses conflitos, os dramaturgos Kieran Hurley e AJ Taudevin criaram o enredo de Chalk Farm. A história faz um retrato tocante sobre amor e culpa em relação ao que estava acontecendo a partir do relacionamento entre Maggie e seu filho, Jammie.

Entre as opiniões de quem já assistiu, a publicação Scotsman resume: “brilhante, afiado, poético, apaixonado, cheio de profundos insights sobre a política da culpa”. Então, confere aí e conta pra gente!

A peça está em cartaz no #18CIF às 21h nos dias 14, 15 e 16, lá no Centro Brasileiro Britânico. Para ver os detalhes, acesse a página do evento.

 

Comida de rua foi liberada em São Paulo! Vai ter bate-papo no Festival sobre o tema

3 anos atrás ----- Blog

.
food truck london

.
Sabia que São Paulo acabou de ganhar uma legislação nova para a comida de rua? Pois é, agora a cidade vai ter regras para definir como os carrinhos de lanche vão poder ocupar as ruas com diversos sabores! Londres é cheio deles, já, e essa cultura é um dos charmes da cidade.

A Inglaterra é tendência, né? E a notícia veio em boa hora: o fenômeno da culinária de rua chegou forte por aqui, e será inclusive tema de um bate-papo do 18º Cultura Inglesa Festival.

Andy Bates (foto abaixo), conceituado chef britânico e líder da Food Network UK (canal especializado em gastronomia de rua) irá conversar sobre o assunto com André Mifano, chef curador do evento Chefs na Rua, e Maurício Schuartz, criador da Feirinha Gastronômica. Na pauta, tudo ligado ao universo da culinária de rua! Vai ser dia 17 de maio. Veja mais informações aqui.

É conversa pra te deixar com água na boca, além de te colocar por dentro de um movimento que já existe no mundo todo e agora desembarcou com força pelos lados de cá. Vai ficar de fora? É de graça!

Gastronomia é um dos temas do #18CIF. Confira a programação completa aqui.
.

andy bates

Jamie Oliver vai dar duas viagens pra Inglaterra nesta terça-feira!

3 anos atrás ----- Blog The Insider The Insider

.
Jamie Oliver, um dos nossos TOP 5 – Chefs Britânicos, comemora amanhã um ano do Food Tube, seu programa no Youtube, e está sorteando duas passagens para a Inglaterra, com tudo pago, e uma visita a um dos programas! 

Ah, e ainda melhora: você ainda ganha jantares e vinhos nos restaurantes de Oliver! Veja mais detalhes no vídeo aí em cima.

Além da viagem com tudo pago, hospedagem e alimentação, você ainda ganha £500 pra gastar por lá. Já pensou?

Para participar, é só assistir atentamente ao seu programa desta terça-feira. Durante o programa, serão exibidas seis letras. Você só precisa juntar as letras e formar uma palavra ligada a culinária e tuitar com a hashtag #WinFoodTube.

Veja mais detalhes aqui e boa sorte! 

O programa será transmitido no canal do Jamie no YouTube.