Web Content Viewer
Cultura Inglesa Maio 2014 – Página: 5 – Blog – Cultura Inglesa

Mês: Maio 2014

Stamp It! #18CIF

3 anos atrás ----- Cultura Inglesa

.
stamp it

O concurso mais aguardado do Cultura Inglesa Festival está de volta! Também vai rolar Stamp It! no #18CIF, e você pode concorrer a uma viagem para a Inglaterra! Já pensou?

Para participar, basta visitar uma das atrações do Festival (com excessão da exposição Cultura Britânica à mesa e os shows no Memorial, que estão fora do Stamp It!) e preencher um cupom respondendo a pergunta: Qual ingrediente da cultura britânica não pode faltar no próximo Festival?

A resposta mais criativa será julgada por uma comissão da Cultura Inglesa! Para participar, não é preciso ser aluno da Cultura Inglesa. No entanto, é preciso ter mais de 12 anos e morar nas cidades que recebem o Festival.

.
PREMIAÇÃO

O autor da frase mais criativa ganhará uma viagem com bolsa de estudos para a Inglaterra que contempla:

☆ 01 (uma) viagem para Londres (trecho SP/LONDRES/SP);
☆ 01 (uma) bolsa de estudo com duração de 02 (duas) semanas de curso de inglês em escola na Inglaterra, 02 (duas) semanas de acomodação em casa de família ou residência estudantil, a ser definido pelas empresas Promotoras, com café da manhã e jantar inclusos; Assistência Médica Internacional ISIS Super, pelo período de duração do curso de inglês.

.
DATAS

Prazo de participação: 9 a 25 de maio
Resultado: 23 de junho

.
Promoção válida de 09 a 25 de maio de 2014. Consulte as condições de participação no regulamento completo em festival.culturainglesasp.com.br. Certificado de Autorização CAIXA X-XXXX/2014.

Este concurso é feito em parceria com o Student Travel Bureau.

Leia o regulamento completo.

Saiba o que está rolando nos ensaios do #18CIF

3 anos atrás ----- Blog

.

Música, cinema, artes visuais, teatro e dança. Tudo isso rola de graça a partir do dia 9 de maio mas, antes disso, muita coisa já está acontecendo nos bastidores.

Para você não perder nada e matar um pouco da curiosidade do que vem por aí, acompanhamos os ensaios de dois espetáculos que têm estreia marcada na programação do 18° Cultura Inglesa Festival. Se liga!
.

Zoopraxiscópio

zoopraxiscopio2

.
Para criar a coreografia e os elementos de cena, Roberto Alencar mergulhou no universo do fotógrafo britânico Eadweard J. Muybridge – inventor do aparelho homônimo ao espetáculo. Além dos movimentos bem executados, o dançarino conta com o auxílio de vídeos e realiza desenhos em cena que fazem referência ao processo do Zoopraxiscópio.

Inspirados na coletânea “The Human Figure in Motion”, os passos de Roberto muitas vezes se repetem em sintonia com a sua própria imagem projetada. E, durante alguns momentos, você vai até se convencer de que são duas pessoas no palco!

Apesar das gravações dos ensaios, da definição do cenário e tudo o mais, o processo de criação ainda não terminou. A montagem final você confere no dia 22 de maio, lá na Galeria Olido, e de graça! Veja os detalhes do evento na nossa agenda.
.

Denise Desenha nas Paredes

Screen Shot 2014-05-06 at 17.26.28

.
Inspirada na obra do Bansky, o mais popular artista de rua britânico, A Digna Companhia montou uma peça que procura ressaltar a importância de se dar a devida liberdade à criatividade infantil. Através da história de Denise, uma garotinha talentosa e questionadora, a peça aborda o o papel que a escola e os próprios pais têm, justamente, nesse processo.

O cenário é bastante lúdico, através de projeções coloridas ele muda conforme a trama se desenrola. A trilha sonora, que ainda não estava pronta quando assistimos ao ensaio, foi composta especialmente para a peça e vai acompanhar esses movimentos

Denise Desenha nas Paredes integra a programação do Kids Festival, que acontece no fim de semana dos dias 17 e 18 de maio. Fique por dentro de toda a programação infantil aqui!

#18CIF tem programação especial de gastronomia

3 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa

 

Esse ano, o Cultura Inglesa Festival vai ter uma parte especial de sua programação voltada só para a gastronomia britânica! Para você já ir entrando no clima do Festival e principalmente do #18GIF (você sabe do que a gente tá falando, né?), montamos um post só para explicar como é que essa comilança toda vai rolar. Tudo isso ilustrado por – sim – animais.

Britânica? Gastronomia?

estranhar3

Ao ouvir essas duas palavras juntas, muita gente fica confusa, e, na maioria das vezes, bem desinteressada. Afinal, “Vai ter o quê? Fish and chips?” ou “Os países têm culinária, e o Reino Unido, só comida” são frases bastante repetidas por aí. Acontece que…

Você vai se surpeender

aceitando2

A gastronomia britânica não é só fish and chips, nem é “só comida”. Nem é ruim, e nem bizarra (tudo bem, quem sabe às vezes ela seja). Mas você não lembra que o Jamie Oliver é de lá?

Legal, né? 

se animando

Falando nisso, aliás, vamos receber a visita de um chef britânico durante o festival: é o Andy Bates! Isso quer dizer que, além de saborear a nova cozinha made in UK na feirinha gastronômica e de conhecer vários aspectos culinários na exposição Cultura Inglesa à Mesa, você vai poder participar de um super bate-papo com o Andy e o brasileiro Andre Mifano sobre comida de rua. Tá ficando mais legal, não tá?

Se animou pra ir?!

indo

Não deixe de conferir maiores detalhes aqui na programação do #18CIF. Além de se planejar para comer, conversar e se envolver com a comida do UK, você pode montar uma agenda totalmente personalizada com todos os seus eventos preferidos! E não se esqueça de que, mandando seu gif para a gente com a hashtag #18GIF, você aparece no telão do nosso show principal! A gente se vê lá!

Entrevista: Esmir Filho e Mariana Bastos falam sobre cinema e seu novo filme

3 anos atrás ----- Blog

.

Esmir Filho-120 copy

.

Depois do sucesso do filme Alguma Coisa Assim” (2006), premiado em Cannes, os diretores Esmir Filho e Mariana Bastos voltam ao Cultura Inglesa Festival. Dessa vez eles apresentam a continuação da história dos personagens Caio e Mari no curta “Sete Anos Depois” (foto acima). 

Batemos um papo com os dois sobre suas obras mais vistas e as diferentes formas de fazer cinema. Confere aí:

.

Vocês já participaram do Cultura Inglesa Festival, em 2006, com o curta “Alguma Coisa Assim”. Agora, sete anos depois, vocês decidem participar novamente com a continuação da história. Como surgiu a ideia de fazer a sequência?

Esmir: Foi meio sem querer! Eu a Mari saímos para beber e reencontrar uns amigos – justamente os dois atores que atuam no curta. E aí, conversa vai, conversa vem, começou a brincadeira “sete anos depois, quanta coisa aconteceu, como estariam os personagens hoje e tal?”

Mariana: Era tão papo de bar na hora! A gente não tinha pretensão nenhuma de fazer o curta, mas ali eu e o Esmir olhamos um para a cara do outro e levamos a ideia a sério. No dia seguinte os atores nem acreditaram quando a gente ligou: “Olha, estamos escrevendo o curta. Vocês topam?”. E aí virou sério.
.

E o que a gente pode esperar desse reencontro dos personagens?

Esmir: Na verdade, não é um reencontro só deles. Quando começamos o projeto, pensamos que seria legal inscrevê-lo no Cultura Inglesa Festival de novo. Tem tudo a ver: foi onde a gente fez o primeiro e também, quando a gente estava escrevendo, tinha aquele lance da música do Bowie de sete dias e a relação com os sete anos, enfim. O que aconteceu é que, quando fomos selecionados pelo edital, decidimos chamar exatamente a mesma equipe! Não são só os atores, quase todo mundo da produção está repetindo a dose.

Mari: É interessante ver o que aconteceu com a Mari e com o Caio. Eles eram super amigos e tal, mas de algum jeito se separaram e cada um tocou a sua vida. De repente os dois se reencontram numa cidade que é a mesma mas que agora também está diferente. Tudo muda, não são só eles, e é legal ver o que essas pessoas se tornaram porque tem muito da gente também.

 

Então, pelo jeito, vocês têm boas lembranças do Cultura Inglesa Festival?

Esmir: Putz, foi muito legal! Porque na época, eu me lembro, eram poucos os festivais que davam tanto valor ao curta-metragem e que divulgavam o trabalho. E, ao mesmo tempo que as pessoas assistiam aqui, o curta estava concorrendo em Cannes. Foi o “start”! Então, é muito bom voltar sete anos depois porque a gente celebra um ciclo.

Mari: Incrível! Por meio desse curta muitas outras portas se abriram – desde ir para uma das maiores premiações do mundo até conhecer grandes amigos e estabelecer parcerias de trabalho que acontecem até hoje. E o que eu acho legal também é que o Cultura Inglesa Festival tem essa pegada da galera mais jovem que é muito difícil a gente ter nos editais aqui no Brasil. É um festival que tem muito a nossa cara!

 

Mas, independente dos festivais, vocês fizeram um enorme sucesso com “Tapa na Pantera” no Youtube…

Mari: E nem foi a gente que colocou [no Youtube]. Na verdade, fizemos um vídeo diferente, com outro nome, outra proposta, para entrar no Festival do Minuto. Mas, daí a galera da organização ligou pra gente dizendo que queriam colocar na programação mas podiam considerar apologia, então teríamos que nos responsabilizar e tal. Então, em respeito pela Maria Alice (a atriz) decidimos ficar de fora.

Esmir: E o filme acabou ficando só entre amigos. Mas uma pessoa via, comentava com a outra, e a outra queria assistir também… decidimos inscrever em outros festivais, com uma nova versão porque na anterior perdíamos muitas piadas. E rolou em Gramado e em São Paulo. O problema é que nesse meio tempo alguém jogou na internet e estourou!

Mari: E pra gente, a princípio foi muito ruim porque perdíamos o ineditismo do trabalho e, por consequência, a chance de participar dos festivais. Aí teve aquele preocupação: precisamos tirar da internet! E ninguém estava acostumado com aquilo, quase não conheciam o Youtube na época, e teve um alcance absurdo.

Esmir: Tinha muita gente que achava que era real! Não era, era um documentário fake, uma brincadeira. No fim, acabei gostando da discussão gerada – “eu posso fazer meu curta e colocar na internet!”

 

Os trabalhos de vocês têm muito a ver com o jovem. Vocês se identificam com essa temática?

Mari: Acho que em algum nível sempre tem a ver com a gente. Eu dou um monte de festa, gosto de coisas dinâmicas, me identifico com pessoas que têm esse estilo, tanto na música quanto no cinema. Não que eu não admire as outras coisas, mas eu diria que a minha vida está muito mais para o pop que para o clássico. Rs

Esmir: E eu gosto do espírito do jovem, independente da idade da pessoa. Porque tem muito jovem velho! Jovem, pra mim, é aquele que está sempre buscando coisas novas, que nunca para, gosta de aprender, está sempre em movimento. Essas pessoas me interessam.

 

Pra finalizar: qual a atração do #18CIF que vocês não querem perder?

Esmir: A mostra de cinema! Sempre vem uns filmes legais, que não passaram aqui, de uns diretores britânicos. Também quero ir no show no Memorial da América Latina. Vou com certeza! Parece que vai ser bem legal.

Mari: É, Jesus and Mary Chain é um clássico. E Los Campesinos! tocava nas festas que eu ia quando era mais nova. Acho que vale a pena!

 

Não fique de fora da Invasão Britânica! Confira a agenda completa aqui

Veja como garantir seu ingresso para os shows de São Paulo

3 anos atrás ----- 18CIF Blog Cultura Inglesa

.
jmc_Ingresso_gif

Os shows do Festival no dia 25 de maio em São Paulo são gratuitos, você só precisa retirar seu ingresso com antecedência para garantir seu lugar ao sol no Memorial da América Latina! 

A retirada nas bilheterias se encerrou no sábado, 24 de maio, mas ainda dá para garantir sua entrada através do site da Livepass até às 9h do domingo, 25 de maio.

O ingresso é gratuito e a LivePass cobra uma taxa de conveniência de R$5,00 na retirada online.
.

Alunos e membros do staff

O período de retirada exclusiva para alunos e membros do staff Cultura Inglesa terminou no dia 2 de maio. Mas quem é do time da Cultura ainda tem algumas vantagens. Aluno e staff tem direito a 3 ingressos! Ou seja, além de garantir a sua entrada, dá para levar mais dois amigos para curtir o show.  Público em geral pode retirar apenas um ingresso por pessoa.

Para a retirada dos ingressos nos pontos físicos, os alunos só precisam levar o número do ID (veja aqui onde ele está no seu boleto) e um documento com foto. Staff precisa levar o número do CPF e documento. Pelo site da Livepass, é só apresentar o número do ID (alunos) ou CPF (staff) e preencher o cadastro no site.

Tem alguma dúvida sobre a retirada de ingressos? Todas as suas perguntas estão ou serão respondidas aqui
.

 Período de distribuição:
Exclusiva para alunos e staff Cultura Inglesa: de 23 de abril a 02 de maio
Para público geral: de 03 de maio a 24 de maio
(Retirada online prorrogada até às 9h do domingo, 25 de maio)

 Postos físicos de retirada:
Teatro Gazeta:
Av. Paulista, 900 – Piso Térreo
Horário de Funcionamento:
De Terça a Domingo – das 14h às 20h

Estádio do Morumbi – Bilheteria 04:
Praça Roberto Gomes Pedrosa, S/N – Morumbi
Horário de Funcionamento:
De segunda a domingo – das 10h às 18h
Não funciona em dias de jogos

✫ Classificação etária
:
Livre – Menores de 14 anos apenas acompanhados de responsáveis

Sobem no palco no dia 25 o The Jesus And Mary Chain, Los Campesinos!, Monique Maion e mais. Confira a agenda completa do Festival

Garanta seu ingresso o quanto antes! E continue acompanhando as novidades do que rola no #18CIF por aqui ou pelas nossas redes sociais (links no alto da página).

.

Futebol e Cultura Inglesa: veja como foi o Momento Charles Miller

3 anos atrás ----- Blog

.

O esporte mais popular do mundo é uma criação inglesa com sotaque e tempero brasileiro! E o cara por trás dessa tabelinha é Charles Miller, homenageado em espaço criado para esquentar as ações do #18CIF.

As unidades de Tatuapé, Santo Amaro e Santana receberam uma exposição especial com os principais momentos do futebol inglês e brasileiro (veja um pouco no vídeo aí em cima), além de uma história do primeiro artilheiro do Paulistão e expressões típicas do futebol em inglês.

charles miller 1

charles miller 3

Os alunos que participaram ainda se divertiram com um campo de futebol virtual! Sem contar que aproveitaram para trocar figurinhas (olha a foto aí em cima). Ah, e teve também uma exposição com cards de expressões futebolísticas (como esse aqui embaixo) em inglês, para deixar todo mundo afiado! Veja todos eles aqui. 

card

A Copa do Mundo só começa em Junho, mas o Festival começa no dia 9 de maio! Já montou sua programação? É tudo na faixa, e aluno da Cultura Inglesa sempre tem mais vantagens 😉

Inglês que revolucionou a fotografia inspira espetáculo no #18CIF

3 anos atrás ----- Blog

.

.eadweard-j-muybridge-horse-animated-090512

.

Você sabe o que é um Zoopraxiscópio? O aparelho que dá nome a um dos espetáculos de dança do 18º Cultura Inglesa Festival provavelmente é mais importante do que você imagina. Por trás desse termo, digamos, incomum está umas das invenções mais simples e importantes para o estudo dos movimentos.

Seu inventor, que é a principal inspiração da coreografia, é o fotógrafo britânico Eadweard Muybridge. Ele nasceu na Inglaterra, no século 19, e criou o Zoopraxiscópio em 1872. A engenhoca é um dos primeiros projetores analógicos e é, de certa maneira, uma evolução do Fenaquistiscópio. A diferença é que em vez de ilustrações, Muybridge utilizou uma sequência de fotografias.

Na prática, a ideia é até bem simples (e você pode tentar fazer em casa, sem grandes riscos). A primeira experiência de Muybridge, que foi apresentada publicamente e o tornou um marco na história, foi a coletânea de imagens feita durante uma corrida de cavalo.

Foram colocadas várias máquinas fotográficas em pontos estratégicos da pista que, após a captura, deram origem a fotogramas. Colocadas em sequência em um disco, girado manualmente, as imagens ganharam vida!

Para entender visualmente como isso funciona, dá uma olhada nesse pequeno documentário sobre a obra do fotógrafo (aqui embaixo). Provavelmente você já viu algo parecido, seja no Google, no Tumblr ou em algum outro canto por aí. Aliás, aproveite a inspiração e mande a sua imagem para o #18GIF também!
.

.

A coreografia “Zoopraxiscópio”, que leva toda essa história em conta, estreia no #18CIF dia 22 de maio. Confira mais informações na nossa agenda.

Dia 8 de maio o Big Ben vai aparecer em SP!

3 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa

.

N Chadwick_big ben

.
Para comemorar a abertura do 18° Cultura Inglesa Festival, o Memorial da América Latina vai ganhar uma fachada, digamos, britânica. Quem passar pela região na próxima quinta (8 de maio), a partir das 19h, vai encontrar o Big Ben, a Tower Bridge e outros ícones britânicos famosos, além de fotos incríveis de lugares diferentes de Londres e do Reino Unido.

Toda essa viagem ao outro lado Atlântico rola graças às projeções criadas pelo Estúdio Laborg em parceria com a Cultura Inglesa e com o Visit Britain. São vários metros quadrados ocupados pelos vídeos da Invasão Britânica.

Aliás, a gente vai postar umas fotos depois mas não vale reclamar que perdeu, nós avisamos 😉

Invasão Britânica
Onde: Memorial da América Latina (av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda)
Quando: 8 de maio, das 19h às 23h

E a partir do dia 9 de maio (sexta) começa oficialmente o 18° Cultura Inglesa Festival recheado de atividades gratuitas. Confira na nossa agenda toda a programação e salve seus eventos favoritos!