Web Content Viewer
Cultura Inglesa dezembro 2013 – Blog – Cultura Inglesa

Mês: dezembro 2013

[The Insider] Por dentro de um mercado de Natal londrino

3 anos atrás ----- Blog The Insider The Insider

.
Londres está comemorando o Natal desde outubro! E um dos pontos altos da cidade no período das festas de fim de ano é o mercado de Natal do Southbank, que fica pertinho da London Eye (dá pra ver ela no vídeo aí iluminada de azul).

Dá uma olhada aí em cima, tem de neve falsa que nasce na minha mão até alcaçuzes gigantescos.

Nascidos na Alemanha, esses “Christmas markets” são bastente tradicionais na Inglaterra já e o do Southbank é um dos mais populares de Londres.

A trilha sonora principal do vídeo é uma “Christmas carol” (cantiga de natal) de origem galesa chamada Deck The Halls. Com melodia criada no século XVI e a letra em inglês adicionada no século XIX, ela ainda hoje é uma das cantigas natalinas mais populares.

A segunda música que toca no vídeo é Rockin Around the Christmas Tree.

Se quiser saber mais das minhas andanças pro Londres, clique aqui.

Merry Christmas!!

E os Alunos Curadores começaram os trabalhos para o próximo Festival! Mande sua sugestão para eles

3 anos atrás ----- Blog

.Alunos curadores do 18CIF.

A equipe que faz o Cultura Inglesa Festival recebeu ontem a visita ilustre de três alunos curadores. Eles vão representar os alunos da Cultura Inglesa na hora de programar o Festival, deixando ele cada vez mais com a sua cara!

Depois de terem sido os alunos mais votados no Facebook, Melissa, da unidade de Higienópolis, Juliana, da Vila Mariana, e Cristiane, da Saúde,  foram apresentadas aos detalhes de produção do Festival, e já receberam a sua primeira missão: sugerir bandas internacionais para o grande show do #18CIF.

Quer ajudá-los? Mande sua sugestão para o email culturainglesafestival@gmail.com que eles vão ler todos!

Daqui até maio, os alunos curadores receberão novas missões. Mas se você tem uma ideia incrível e quer vê-la no Festival, mande para eles também! E fique de olho nas nossas redes (Facebook e Twitter) que vamos contar mais novidades por lá em breve 🙂

Saiba mais sobre os Alunos Curadores.

Top 5 – Comédias românticas mais britânicas

3 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa

Quando Esqueceram de Mim passa na televisão brasileira a gente já sabe que o ano chegou ao fim, né? A escolha do filme, apesar de um tanto quanto batida, faz sentido: uma comédia açucarada combina bem com o clima natalino e tem mais potencial de divertir a família enorme esparramada no sofá da sala depois do banquete.

E é justamente para um relaxamento digno das aguardadas férias que fizemos o Top 5 de hoje! Selecionamos as mais famosas comédias românticas com tema britânico (filmes que não necessariamente são uma produção inglesa, mas que têm a Inglaterra como tema) para você assistir com sua tia avó depois de mandar aquele tender:

.

 Top5 Quatro Casamentos e um Funeral

,

Essa produção britânica de 1994 já deteve o título de maior sucesso de bilheteria da história do cinema britânico, além de ter sido indicada a dois Oscars. Em Quatro Casamentos e um Funeral, Hugh Grant tem sua iniciação nas comédias românticas, na pele do solteirão Charles. Ao longo da história, que se passa naquela fase da vida de uma pessoa em que parece que todos os amigos se casam, ele encontra Carrie, uma americana cujos amigos e época da vida coincidem com os seus. Sempre disposto a fugir diante de qualquer sinal de compromisso no amor, ele acaba encontrando e reencontrando Carrie em casamentos, e os dois acabam se envolvendo. E aí tem desencontros, reencontros, barracos em casamentos, beijo na chuva, aquela coisa toda. Ahhh, o amor…

 

 Top4 Um Lugar Chamado Notting Hill

notting-hill

E aqui está o Hugh Grant de novo, se apaixonando por uma americana…

Dessa vez, ele está sossegado, na dele, trabalhando em uma livraria do bairro de Notting Hill, bairro chique de Londres, para conseguir pagar as contas. De repente, ele se depara com a atriz mais famosa do mundo entrando em sua loja, e começa a história de amor que faz dessa pequena livraria um ponto turístico londrino. Até hoje, milhares de pessoas tiram fotos na frente da livraria onde o Hugh Grant encontrou a Julia Roberts…

 

 Top3 O Diário de Bridget Jones

bridget-jones-diary_

Sabia que as histórias de Bridget Jones nasceram numa coluna de jornal? Pois é, a escritora britânica Helen Fielding, então jornalista do The Independent, começou a contar as histórias de Bridget Jones numa coluna semanal no jornal em 1996. Depois ela escreveu o primeiro livro, que virou best-seller, depois o segundo e agora saiu o terceiro.

Adivinha quem aparece na primeira adaptação para o cinema? Sim, Hugh Grant está nesse filme, mas quem rouba a cena mesmo é a Renée Zellweger.

O anúncio da escolha de uma atriz americana para protagonizar O Diário de Bridget Jones causou muita controvérsia antes do lançamento do filme. Mas no fim todos se apaixonaram pelo sotaque britânico divertido e bastante crível e os quilinhos a mais de Renée. .

 

Top2 Orgulho e Preconceito

P&P 2005 lizzy and darcy dancing

Em Orgulho e Preconceito temos: uma bela adaptação da obra-prima da escritora inglesa Jane Austen para o cinema, com Keira Knightley no papel de Elizabeth Bennet e Matthew Macfadyen como Mr. Darcy.

Não temos: Hugh Grant. Finalmente! 

 

  Top1 Simplesmente Amor

Love Actually

The ultimate romantic comedy” é o slogan desse filme de 2001. Misturando várias histórias de amor que acontecem em Londres na época do natal, Simplesmente Amor (ou “Love Actually”, no nome original) é o “Esqueceram de Mim” da tevê britânica no fim do ano. Hugh Grant (olha ele aí de volta) está no elenco, Keira Knightley, Rowan Atkinson (o Mr. Bean), Emma Thompson e Andrew Lincoln (o Rick, de The Walking Dead) também… só inglês peixe grande! Ah, o Rodrigo Santoro também é protagonista de uma das histórias de amor. Pra quem gosta de comédia romântica e natal, está aí a combinação perfeita.

 

Quem você gostaria de ver nesse Top 5? Shakespeare Apaixonado talvez? Comente!

 

Sabia que existe Google Translate com sotaque britânico?

3 anos atrás ----- Blog

.
if-i-had-a-british-accent-i-d-never-shut-up-5

.
Quem usa o serviço do Google Translate já se ligou que a famosa moça que pronuncia as palavras só fala inglês com sotaque americano, certo? 

Só se você estiver usando o Google.com.br ou o Google.com, que usam como sotaque padrão a voz norte-americana! Mas experimente utilizar o Translate do Google.co.uk. Sim, lá a moça do Google fala com sotaque britânico! 

Ouça com seus próprios ouvidos ela falando a frase “Could I Have a Glass of Water?”

Pronto, agora dá pra saber como as palavras soam com o sotaque mais charmoso do mundo.

Ah, e se você o sotaque inglês que você curte é australiano, dá para ouvi-lo também, é só ir na página do Google de lá.

O Google Translate é de fato uma torre de babel. Dizem até que se você colocar um texto em inglês, mas sinalizá-lo como em espanhol, a voz carrega no sotaque hispânico. O mesmo ocorre com italiano e português. Brinca lá!

Saiba mais sobre as manhas do Google Translate

Mais uma adaptação de “O Hobbit” estreia nos cinemas

3 anos atrás ----- Blog

 O-Hobbit

.
Fãs do escritor inglês J.R.R. Tolkien e Senhor dos Anéis, vocês já estão por dentro da aguardada estreia de hoje, certo? A parte II de O Hobbit, história que antecede a aventura de O Senhor Dos Anéis entram em cartaz nos cinemas de São Paulo  nesta sexta-feira.

Veja o trailer

Saiba tudo sobre Tolkien

Chamada de “A Desolação de Smaug”, o filme conta com os já conhecidos Ian McKellen (Galdalf) e Martin Freeman (Bilbo Bolseiro), além de introduzir Legolas na história, personagem imortalizado por Orlando Bloom na trilogia de filmes dirigido por Peter Jackson.

Com O Hobbit Peter Jackson teve de adaptar um livro de pouco mais de 300 páginas em três filmes (enquanto Tolkien escreveu O Senhor dos Anéis em três partes, O Hobbit tem apenas um livro).

Jackson utilizou diversos outros escritos de J. R. R. Tolkien para amarrar a trama. E se engana quem acredita que essa foi a primeira adaptação desta obra menos famosa – mas tão importante – de Tolkien! A BBC preparou uma versão para rádio do livro na década de 60. 

Não tem efeitos 3D, em iMAX ou 48 frames por segundo. Mas ainda assim emociona quem gosta da história! Confira: 
.

TOP 5 – Mapas alternativos do metrô londrino

3 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa

O metrô de Londres, além de ser copiado no mundo inteiro, é constantemente parodiado (semana passada, fizemos um post falando sobre sua história).

Mas hoje é dia de… Top 5! Com vocês, o Top 5 – Mapas alternativos do metrô londrino:

 

 Top5  Mapa ao vivo

 print mapa metro

Nesse site, você pode ficar vigiando onde estão os trens de todas as linhas do metrô londrino. Ao vivo!

 

Top4 Super Metrô Bros

 

Embora pareça mais simples do que os outros (por não conter todas as linhas do metrô), esse mapa aqui é bem mais difícil e cheio de obstáculos… 

 (Fonte: londonist.com)

 

Top3 A Londres de Harry Beck

fonte i.imgur.com (2)

 

Para quem nunca percebeu que o mapa de Harry Beck usa linhas retinhas para ilustrar as linhas sinuosas do metrô, essa imagem é bem didática: nela, conseguimos ver como teria que ser o mapa de Londres para que tudo fosse tão retinho e bonitinho como os britânicos estão acostumados a ver no underground. Só para ter noção, o mapa de Londres de verdade tem essa cara, um poooouco mais tortinha do que o mapa ali de cima.

 (Fonte: i.imgur.com)

 

Top2 Mapa do futebol

cultura

 

A Copa do Mundo tá chegando e o governo britânico resolveu imitar o Festival e lançou um mapa na versão futebol! Esse da foto é a versão brasileira, que esteve em exposição no 16CIF. Uma das linhas mostra copas do mundo, outra goleiros, outra artilheiros, e por aí vai.

 

Top1 Mapa-múndi Harry Beck style

 

fonte i.imgur.com

 

Assim como o mapa nº 3 na nossa lista, esse aqui é bem útil para quem quer entender como o mapa “real” é alterado para que as linhas do metrô fiquem tão retas, e as estações, tão igualmente espaçadas entre si. Aqui, as carinhas dos continentes estão bem diferentes do que estamos acostumados a ver, para que o mundo todo esteja interligado pelas linhas retinhas do underground. O que lembra essa outra piadinha do metrô de Londres. Ah, o humor britânico…

(Fonte: i.imgur.com)

 

Outros mapas malucos: 

O mapa de metrô do Doctor Who

O mapa circular

O mapa do que é realmente underground

O mapa futurista (e quase apocalíptico)

O mapa que mostra quais estações têm banheiros (sempre útil)

O mapa do metrô… da galáxia

O mapa que mostra o preço do aluguel

 

E a palavra em inglês do ano segundo Oxford é: “selfie”

3 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa The Insider The Insider

.
Os dicionários Oxford elegem anualmente, após extensa pesquisa, a palavra em inglês do ano.

Em 2013, não teve pra ninguém: com um aumento de 17.000% em seu uso nos últimos 12 meses, “selfie” foi a vencedora com larga margem de vantagem sobre as vice-campeãs (ela ganhou o troféu antes mesmo de o Obama e o David Cameron tirarem essa foto com a premiê dinamarquesa no funeral do Mandela).

Veja a definição oficial do termo:

Selfie: noun, informal (also selfy; plural selfies)

“A photograph that one has taken of oneself, typically one taken with a smartphone or webcam and uploaded to a social media website”

O primeiro registro do uso desse termo na internet é de 2002. Segundo a Oxford, um australiano bêbado postou em um fórum (já que não existia Facebook ou Twitter ainda) o seguinte texto: “Um, drunk at a mates 21st, I tripped ofer [sic] and landed lip first (with front teeth coming a very close second) on a set of steps. I had a hole about 1cm long right through my bottom lip. And sorry about the focus, it was a selfie.”

 O cara caiu no chão, machucou o lábio e postou essa foto horrorosa pros amigos.

Selfie já até ganhou algumas variações como helfie (selfie de cabelo) e welfie (auto-retrato malhando, selfie de workout).

Leia mais e veja a evolução do uso do termo aqui nessa matéria do Guardian.

Os ganhadores do edital do 18º Cultura Inglesa Festival

3 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa

Banksy, inspiração para dança e teatro infantil

.
As primeiras atrações do #18CIF estão confirmadas!

Confira abaixo o resultado do edital do Cultura Inglesa Festival em cada categoria. Os onze projetos, cuja realização será apoiada pela Cultura Inglesa, farão parte da programação do próximo Festival.

Banksy (foto) será a inspiração britânica de uma peça de teatro infantil e de um espetáculo de dança!

(Clique no nome do projeto para saber mais detalhes!)

.

✮ CURTAS METRAGENS

Plutão e Caronte
Proponente: Elton de Almeida
Inspiração: Música “Life on Mars?”, de David Bowie
.

Sete Anos Depois
Proponente: Esmir Filho e Mariana Bastos
Inspiração: Música “Seven”, de David Bowie
.

Curadores: Daniel Gaggini, Newton Cannito e Rafael Sampaio
.

.
✮ DANÇA

Movimento Para Um Homem Só
Proponente: Ricardo Gali
Inspiração: Banksy.

.

Zoopraxiscópio
Proponente: Roberto de Alencar
Inspiração: Eadweard Muybridge
.

.
Curadores: Ana Catarina Vieira, Flávia Couto e Silvia Geraldi
.


✮ TEATRO ADULTO

Love and Money
Proponente: Fernanda Hartmann
Texto: “Love and Money”, de Dennis Kelly
.

Preto no Branco
Proponente: Sergio Mastropasqua
Texto: “Mirror Teeth”, de Nick Gill
.

Curadores: Alexandre Mate, Soledad Yunge e Ubiratan Brasil
.

.
✮ TEATRO INFANTIL

Denise Desenha Nas Paredes
Proponente: Victor Nóvoa
Inspiração: Banksy
.

No Mundo de Arthur
Proponente: Carlos José da Palma
Inspiração: Vida e Obra de Sir Arthur Conan Doyle
.

Curadores: Angelo Brandini, Dib Carneiro Neto e Jacqueline Obrigon

.

✮ ARTES VISUAIS

Estações
Proponente: Fernanda Pessoa de Barros
Inspiração: Norman McLaren

Expedição Botânica Entre Avenidas Paulistanas

Proponente: Daniel Caballero
Inspiração: Marianne North e Margareth Mee
.

Umbrella

Proponente: Andrey Zignnatto
Inspiração: Jonas Hanway

Curadores: Cláudia Marchetti, Fabio Cypriano, Julio Landmann, Marcelo Araújo e Martin Grossmann

BritQuiz: Russell Brand ou Winston Churchill?

3 anos atrás ----- Blog BritQuiz

Esse ano, o comediante britânico Russell Brand decidiu falar sério. Com um discurso revolucionário, o ex-marido da Katy Perry ouviu muitas críticas e deboches, mas mostrou para o Jeremy Paxman – jornalista da BBC – que, no fundo, suas ideias fazem sentido.

Quer ver?

Nós misturamos trechos das mais recentes entrevistas do Russell com frases de Winston Churchill, o primeiro ministro inglês durante a Segunda Guerra Mundial e um dos maiores frasistas políticos de todos os tempos.

Você consegue distinguir quem disse o quê?

 

 

[The Insider] Por dentro de um concerto brasileiro em Londres

3 anos atrás ----- Blog Cultura Inglesa The Insider The Insider

.
O insider do Cultura Inglesa Festival se infiltrou nos bastidores do Southbank Centre (um dos maiores, senão o maior, centro cultural da Inglaterra) para mostrar como é um típico concerto em Londres visto de dentro.

Na Inglaterra, a música clássica é pop. Todo ano os maiores nomes do gênero passam pelas várias casas de espetáculo da capital. E a preços acessíveis (o ingresso mais barato costuma custar 9 libras).

A Orquestra Sinfônica de São Paulo tocou pela primeira vez no Royal Festival Hall (o hall de concertos do Southbank Centre) no dia 23 de outubro. Essa turnê europeia da Osesp marcou o início das comemorações dos 60 anos da orquestra.

Quer ver uma música inteira deste concerto? Clique aqui.
.

*As imagens em close da maestra são reproduções desta matéria do Jornal da Globo gravada no mesmo dia.

.
.

13_CIF_insider_arsenal