Web Content Viewer
Cultura Inglesa outubro 2012 – Página: 2 – Blog – Cultura Inglesa

Mês: outubro 2012

Show do Led Zeppelin em Londres chega aos cinemas brasileiros

5 anos atrás ----- Blog

.
O Led Zeppelin se reuniu, como você já sabe, para fazer um show único em Londres em prol desta ONG aqui, do fundador da Atlantic Records e descobridor da banda inglesa. Um show épico, mas para apenas 20 mil testemunhas sortudas.

Milhões de pessoas se inscreveram pra comprar o ingresso, sem sucesso. E centenas foram à porta do 02 Arena naquele gélido 26 de novembro de 2007, mas não encontraram um único cambista com ingresso na mão.

Os poucos jornalistas que conseguiram credencial, fizeram um esquema de rodízio: assistiam poucos minutos do show e saiam da pista, pra dar lugar ao próximo.

Bom, como é um show para ser visto por milhões, ela virou o filme Celebration Day. E antes de chegar ao DVD, vai passar pelo cinema. No Brasil, Celebration Day chega no dia 30 de outubro, com ingressos a R$ 40. Veja as datas e as salas abaixo.

Ah, e antes disso tem show do Robert Plant em São Paulo!

 .
Celebration Day no Brasil

Dias 30 de outubro (sábado) às 21h e 3 de novembro (terça) às 23h55 
 

Aracaju (SE)
Shopping Jardins
 

Belo Horizonte (MG)
Shopping Pátio Savassi
 

Brasília (DF)
Pier 21
 

Campinas (SP)
Shopping Iguatemi Campinas

 
Campo Grande (MS)
Shopping Campo Grande

 
Cotia (SP)
Shopping Granja Viana
 

Curitiba (PR)
Shopping Muller

Florianópolis (SC)
Floripa Shopping

 
Goiânia (GO)
Flamboyant Shopping
 

Guarulhos (SP)
Internacional Shopping de Guarulhos
 

Manaus (AM)
Studio 5 Festival Mall

 
Natal (RN)
Midway Mall
 

Palmas (TO)
Shopping Capim Dourado
 

Porto Alegre (RS)
Barra Shopping Sul
 

Ribeirão Preto (SP)
 Novo Shopping
 

Rio de Janeiro (RJ)
Shopping Downtown
Botafogo Praia Shopping
 

Salvador (BA)
Shopping Salvador

 
Santos (SP)
Praiamar Shopping
 

São José dos Campos (SP)
Shopping Colinas

 
São Paulo (SP)
Shopping Metrô Santa Cruz
Shopping Market Place
Shopping Iguatemi
Shopping Eldorado
Shopping Pátio Higienópolis
 

Uberlândia (MG)
Shopping Uberlândia

 
Vitória (ES)
Shopping Vitória
 

Com informações do blog Collectors Room 

Músicas em forma de ícone

5 anos atrás ----- Blog Infográficos & Ilustrações

.
Você sabe o que é um pictograma, não? É um ícone de traços minimalistas. Você com certeza já viu vários por aí.

Os mais famosos são os clássicos símbolos que aparecem em sinais de trânsito ou aqueles bonequinhos que mostram o banheiro masculino e feminino. E tem aqueles de músicas também, que todo mundo compartilhava no Facebook (dos Beatles, Johnny Cash, Rolling Stones…). O artista por trás destes pictogramas musicais é um designer sueco chamado Viktor Hertz. Em seu site, ele conta um pouco da história destes ícones.

Agora o artista resolveu desenhar as canções de seus artistas favoritos em forma de pictograma!

Nós gostamos particularmente do pôster dos Rolling Stones (aí em cima!). Mas tem também dos Beatles, Bruce Springsteen, David Bowie… Dá uma olhada no site.

Quais músicas do Rolling Stones você identifica no pôster (além de Wild Horses no centro da imagem, né?)? 

O misterioso dia em que Agatha Christie desapareceu

5 anos atrás ----- Blog

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=SDIPLTEWv70[/youtube]

Agatha Christie, a maior escritora de mistério da literatura, era misteriosa também na vida real.

Olha essa história.

No fim de 1926, seu marido Archie contou que estava apaixonado por outra mulher e pediu o divórcio. Em 8 de dezembro, o casal discutiu na casa em que moravam em Sunningdale e Archie foi passar o fim de semana fora com a amante. Na mesma noite, Agatha desapareceu.

Durante onze dias, procuraram Agatha por todo lugar, sem sucesso.

Até que, no dia 19, pouco antes do natal, ela foi identificada como hóspede de um hotel, em Yorkshire. Agatha estava registrada sob o pseudônimo de Mrs Teresa Neele, uma senhora de Cape Town, Africa do Sul.

Ninguém sabe ao certo porque ela desapareceu. Há quem diga que foi uma fuga psicótica, enquanto há quem aposte num colapso nervoso natural, causado por uma propensão à depressão, pela morte recente da mãe e pela infidelidade do marido.

Na época, houve até aqueles que acusaram Agatha de tentar uma manobra para a opinião pública achar que Archie a tinha assassinado.

A fama da história dura até hoje. Seu sumiço serviu de inspiração para uma paródia na série de televisão “Doctor Who”, no episódio “The Unicorn and the Wasp” (veja a chamada no vídeo acima!). O que nos mostra que não há escapatória para as celebridades, mesmo literárias. Um possível descanso de onze dias se transformou num mistério digno dos tabloides ingleses.
.

Neste post tem dica pra você se dar bem no jogo Parada Inglesa do Facebook!

Noel Gallagher, repórter por um dia

5 anos atrás ----- Blog

.
Este foi um encontro daqueles que poderiam fazer o universo explodir. De um lado, Mario Balotelli, um jovem jogador italiano, atacante da Azzurra e ídolo do Manchester City. Vira e mexe está envolvido em polêmicas, e é a esperança da Itália para a Copa de 2014. De outro lado, Noel Gallagher – que dispensa apresentações, certo?

O ex-Oasis é tão apaixonado por futebol e pelo seu time do coração, o City, que deixou de lado sua raiva por jornalistas e resolveu fazer as vezes de entrevistador de Balotelli na BBC.

O resultado você confere no link aí em cima! Abaixo, os melhores momentos (traduzidos em português):
. 

Noel Gallagher: Você foi recentemente nomeado o terceiro homem mais bem vestido na Inglaterra…
Mario Balotelli: Segundo!

NG: Segundo? Boa! Como você se sente?
MB: Não ligo.

NG:
 
Teve um jogador que não quero mencionar o nome, que falou que sua escolha foi um absurdo!

MB: Não quero ofender ninguém, mas um inglês não pode falar de estilo com um italiano… (risos) 

NG: Quem é o seu jogador favorito? Ibrahimovic?
MB: Ele é um deles, sim… ele e Ronaldo, o brasileiro.

NG:
 
Ah, o Ronaldo!

MB: Ele jogou pela Inter de Milão
NG: Ele era um matador, não?

NG: Então me conta… estou fascinado por isso. Um dia antes do clássico contra o United, que ganhamos de 6 a 1 [pausa] a brigada de incêndio foi chamado porque você colocou fogo em casa…
MB:
Eu não.

NG: Acidentalmente, ou algo assim…
MB:
Não, eu não.

NG: Certo, então conta o que rolou!
MB:
Só porque é para você. Eu estava entediado com alguns amigos. Daí eu peguei uma lixeira de metal. Coloquei fogos de artifício dentro, mas saí da sala. Daí, eles começaram a gritar, e quando eu vi, colocaram fogo no banheiro!
NG: [risadas]
MB:
Mas só a cortina pegou fogo.

NG: E por isso os bombeiros foram chamados?
MB:
É, pelas cortinas e pelo banheiro. Só o banheiro foi perdido!
. 

Curte futebol? Curte o Noel? Está com o inglês em dia? Então veja a entrevista toda que vale a pena! Aqui no site do Guardian tem a transcrição completa da entrevista.

 

Sabia que o 007 teve um consultor de armas de verdade?

5 anos atrás ----- Blog

Na sexta-feira passada, o agente 007 completou 50 anos de telona. Para marcar a data, falamos das trilhas sonoras de seus filmes, as suas ligações com os Beatles, e agora apresentamos mais um elemento importante de seus filmes… as armas!

Este ícone do mistério e ação surgiu na literatura, em 1953, criado pelo escritor britânico Ian Fleming. Até hoje, já foram 23 filmes, 12 romances e duas coleções de contos sobre ele, uma das maiores franquias culturais que o mundo já teve (e ainda cultiva). Agora, você sabia que, no início de sua carreira, o agente 007 usava uma arma de moça?

É o que Geoffrey Boothroyd, especialista em armas, reparou. Em 1956, Boothroyd enviou uma carta a Fleming assumindo-se fã da série, mas incomodado com a escolha de suas armas. Ele alegou que a Beretta .25 do agente era uma “lady’s gun, and not a really nice lady at that” e explicou em detalhes o que serviria melhor para James Bond.

O escritor se encantou com Boothroyd. Ele não só acatou sua idéia (no romance seguinte, “Dr. No”, 007 apareceu como uma Walther PPK), como também nomeou um personagem em sua homenagem (em “Dr. No” mesmo, apareceu o Major Boothroyd, também conhecido como Q). A partir de então, o especialista passou a ser consultor da série e 007 ganhou armas cada vez mais imponentes. Veja uma compilação das participações de Major Boothroyd no vídeo abaixo:

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=knSw_q6CTns[/youtube]

Você já leu os livros? O primeiro da saga é “Cassino Royale” (inspiração para o primeiro filme com Daniel Craig, de 2006).

James Bond e os Beatles comemoram 50 anos no mesmo dia. Será só coincidência?

5 anos atrás ----- Blog

 

.
O que é que o agente mais famoso da Inglaterra tem em comum com os Beatles? Humor, irreverência, estilo… e muito mais.

Para começo de conversa, tudo remonta há exatos 50 anos atrás. No dia 5 de outubro de 1962, era lançado 007 Contra o Satânico Dr. No, primeiro filme da saga. Também, neste mesmo dia, os Beatles lançavam o single de Love Me Do, primeiro da banda como banda mesmo, sabe? Para os mais fanáticos, é uma data que mostra o início de mais uma era de ouro do Império Britânico!

No vídeo abaixo, um portador da primeira prensagem do single divide a alegria de tocar um single no dia de seu aniversário. Confiram!
. 

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=9dHI8TUria4[/youtube]

.
Já em 1973, na hora de gravar a música tema para Live and Let Die, oitavo filme da saga e o primeiro com Roger Moore, o ex-Beatle Paul foi chamado.

Em entrevista, George Harrison chegou a afirmar, também, que seus filmes preferidos são os de James Bond.

Em 1967, Peter Sellers grava Casino Royale, primeiro filme que faz paródia de James Bond. Além de ter Woody Allen interpretando uma versão paranoica de 007, o filme também tem na abertura uma pichação escrita “The Beatles”! Veja o trailer:
. 

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=xEnoKqiGJFI[/youtube]

.
Dizem até que existe um quadrinho raro chamado “The Beatles Meet James Bond”. Não conseguimos achar, mas se alguém tiver, publica o link nos comentários!

Por fim, a pergunta: será que James Bond gostava dos Beatles? E a resposta é: não! No filme 007 Contra Goldfinger, de 1964, há uma fala de 007 tão irônica quanto o humor inglês em si: “My dear girl, there are some things that just aren’t done, such as drinking Dom Perignon ’53 above the temperature of 38 degrees Fahrenheit. That’s just as bad as listening to the Beatles without earmuffs!”.

Polêmico, não? E uma coisa é certa: John Lennon jamais aprovaria que qualquer cidadão do mundo, espião da Rainha ou não, tivesse “licença para matar”.

Infopôster → As 25 músicas fundamentais dos Beatles (versão “moderna”)

5 anos atrás ----- Blog Infográficos & Ilustrações

Quem acompanha o blog do Cultura Inglesa Festival está sabendo do infopôster que preparamos com 25 músicas fundamentais dos Beatles!

Como de praxe, foi uma lista polêmica! Apresentamos acima uma versão “digital” do infográfico (clique para salvar a imagem em PDF de alta resolução). Ele tem a mesma lista, mas design diferente, da versão “vinil” da semana passada. 

Veja essa história completa e baixe o primeiro pôster!

Infopôster → As 25 músicas fundamentais dos Beatles

5 anos atrás ----- Blog Infográficos & Ilustrações

.
Chamamos alguns blogueiros amigos do Cultura Inglesa Festival para o desafio supremo: em comemoração aos 50 anos dos Beatles, escolher as 25 músicas fundamentais e que foram “turning poins” na trajetória da banda!

Alguns desistiram, outros se desesperaram… mas tivemos dois bravos que foram até o fim: Neto Rodrigues, do Move That Jukebox, e Marcelo Costa, do Scream & Yell. A ideia era: cite as músicas que você considera fundamentais, e dê notas segundo os critérios Inovação, Pop, Ironia e Amor.

Para mostrar o quão polêmica foi tal tarefa, quando questionamos Marcelo Costa a respeito da barbaridade das músicas que ficaram de fora de sua seleção, ele respondeu: “não quero nem pensar nas coisas que ficaram de fora”! 

Os resultados estão aí no infográfico acima (clique na imagem para abrir o PDF em alta resolução e imprimir como pôster!). E para você, quais são as músicas fundamentais dos Beatles? A lista completa das 25 músicas do “infopôster” seguem abaixo:
. 

There’s a Place – Please Please Me (1963)
Inovação: 4
Pop: 8
Amor: 7
Ironia: 3

I Should Have Known Better – A Hard Day’s Night (1964)
Inovação: 2
Pop: 9
Amor: 9
Ironia: 1

Yesterday – Help! (1965)
Inovação: 0
Pop: 10
Amor: 10
Ironia: 0

Help! – Help! (1965)
Inovação: 5
Pop: 10
Amor: 6
Ironia: 6

The Night Before – Help! (1965)
Inovação: 2
Pop: 9
Amor: 6
Ironia: 5

In My Life – Rubber Soul (1965)
Inovação: 5
Pop: 9
Amor: 10
Ironia: 0

Blackbird – Rubber Soul (1965)
Inovação: 5
Pop: 9
Amor: 8
Ironia: 1

Yellow Submarine – Revolver (1966)
Inovação: 6
Pop: 10
Amor: 1
Ironia: 8

And Your Bird Can Sing – Revolver (1966)
Inovação: 7
Pop: 8
Amor: 7
Ironia: 6

She Said, She Said – Revolver (1966)
Inovação: 8
Pop: 5
Amor: 3
Ironia: 9 

Tomorrow Never Knows – Revolver (1966)
Inovação: 10
Pop: 10
Amor: 9
Ironia: 3

Eleanor Rigby – Revolver (1966)
Inovação: 10
Pop: 10
Amor: 10
Ironia: 3

A Day in the Life – Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band (1967)
Inovação: 10
Pop: 7
Amor: 4
Ironia: 10

When I’m Sixty-Four – Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band (1967)
Inovação: 8
Pop: 8
Amor: 10
Ironia: 10 

Lucy In The Sky With Diamonds – Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band (1967)
Inovação: 8
Pop: 9
Amor: 8
Ironia: 7

Strawberry Fields Forever – Magical Mystery Tour (1967)
Inovação: 10
Pop: 9
Amor: 9
Ironia: 3

All You Need Is Love – Magical Mystery Tour (1967)
Inovação: 10
Pop: 10
Amor: 10
Ironia: 0

Happiness Is a Warm Gun – White Album (1968)
Inovação: 10
Pop: 5
Amor: 5
Ironia: 10

Helter Skelter – White Album (1968)
Inovação: 7
Pop: 5
Amor: 5
Ironia: 10

Long, Long, Long – White Album (1968)
Inovação: 10
Pop: 1
Amor: 8
Ironia: 3

I Want You (She’s So Heavy) – Abbey Road (1969)
Inovação: 5
Pop: 5
Amor: 10
Ironia: 3 

Something – Abbey Road (1969)
Inovação: 5
Pop: 10
Amor: 10
Ironia: 6 

Come Together – Abbey Road (1969)
Inovação: 7
Pop: 7
Amor: 7
Ironia: 7

Get Back – Let it Be (1970)
Inovação: 5
Pop: 7
Amor: 3
Ironia: 5 

Two of Us – Let it Be (1970)
Inovação: 3
Pop: 7
Amor: 6
Ironia: 9

 

BritQuiz → Qual o carnaval da música clássica inglesa?

5 anos atrás ----- Blog BritQuiz

.
Londres não possui um carnaval como o Rio de Janeiro. Mas se tem algum evento inglês equivalente à nossa festa popular, ele é o The Proms.

Apelido carinhoso para “The Henry Wood Promenade Concerts presented by the BBC”, o The Proms é um festival de oito semanas só de música clássica! É considerado o maior evento deste tipo no mundo.
. 

Música nos jardins

Londres abrigava “promenade concerts” (ou “concertos de calçadões”, numa tradução livre) em suas praças desde metade do século XVII. Mas o primeiro “The Prom(enade)s” em um local fechado surgiu em 1895 a partir de uma ideia do empresário Robert Newman.

Newman queria formar gradualmente amantes da “música clássica e moderna”. Sua ideia era familiarizar o público aos poucos com a música erudita, tanto de compositores consagrados, quanto de contemporâneos.

Assim, financiado por um otorrinolaringologista chamado Dr. George Cathcart, Newman contratou o maestro Henry Wood e teve início em 10 de agosto de 1895 o primeiro The Proms.

.
Música até debaixo de bomba 

E a ideia pegou. De 1895 pra cá, o The Proms ocorreu em todos os anos, até nos anos de chumbo da II Guerra (alguns concertos foram cancelados em 1940, 41 e 44, mas o Festival aconteceu). Em 1930,a orquestra da BBC foi criada e assumiu a maioria dos concertos..

O festival foi ganhando força e hoje em dia o The Proms já tem mais de 100 concertos a cada edição! Com transmissão ao vivo pela BBC, claro.
. 

[youtube width=”650″ height=”300″]http://www.youtube.com/watch?v=rB5Nbp_gmgQ[/youtube]

.
E o evento mais especial dos oito dias de festival é sempre a última noite. Todo ano, a “Last Night” acontece no Royal Albert Hall (famosa casa da maioria dos concertos do Festival) e divide-se em duas partes:

Na primeira, a apresentação de um repertório clássico. Na segunda, músicas patrióticas são entoadas para o delírio das pessoas que vão ao Royal Albert Hall ou acompanham nos parques de Londres, Manchester e outras grandes cidades pelo telão!

Não tente comprar ingresso para a última noite do The Proms. É tão ou mais impossível quanto arrumar um ingresso para ver a final de Wimbledon.

Veja no vídeo acima o encerramento do Festival de 2009 com a tradicional canção Rule, Britannia! (que já virou um dos hinos nacionais). É emocionante.