Web Content Viewer
Cultura Inglesa Fevereiro 2012 – Página: 2 – Blog – Cultura Inglesa

Mês: Fevereiro 2012

Um fim de semana nas gélidas águas de Gales

5 anos atrás ----- Blog The Insider The Insider

 

por Milo Steelefox, de Londres*

So I’ve finally booked a train to Aberystwyth on the coast of Wales.

I had friends to see, friends from home that only all get together once in a blue moon, and they just so happened to be doing so in Wales, a place that for me brings back nostalgic childhood memories of camping, beaches, rivers… and rain, and grey, and cold.

I’m painting a lovely picture aren’t I? In truth though it was the most beautiful of weekends, with blue skies and good times.

The day we spent on the beach was full of tomfoolery, as we did our best to play cricket, football and frisbee, which would’ve been fine only the wind wanted to play too!

And I’d been telling one of my friends we simply HAD to go in the sea, no matter how cold it was, but the water was simply f-r-r-r-r-e-e-z-i-n-g. So all we managed was a paddle till our feet were numb.

On the way back to the house we dropped by a cute little harbour town called Aberaeron where there was a fun looking annual children’s football tournament going on.

We found an amazing sweet shop nearby and got a few bagfuls of old fashioned goodies, and then we wandered down to the harbour in search of some local honey ice cream, and we sat eating it in the sunshine looking at the boats and all the kids playing, catching crabs, or even throwing jelly fish at each other!

Perhaps the best bit of the whole weekend though was the next day when we ventured back into Aberystwyth, and what did we find but the ultimate holiday activity… crazy golf. And you know what, it must’ve been the cheapest crazy golf I’ve ever played – a mere £1.65 (you could usually expect to pay almost 4 times that).

My home friends and I get very competitive (immaturely so) when it comes to this particular sport, and so it was great when one of the lads won rather unexpectedly, beating us all by a good 5 shots.

Back to the house we took one last stroll along the pebble beach nearby as the sun was beginning to set, and still hellbent on perhaps going in the sea I told the others to carry on home as we started to head back.

Maybe it was the ‘what would my dad do in this situation’ feeling I always get, or maybe it was the text I received from a jealous friend saying to dive in, but I did it, all on my own, and jumped in the sea for a very, very, very cold 5min swim, at 8pm at night. What an idiot.

Links

Aberaeron: http://en.wikipedia.org/wiki/Aberaeron


GLOSSARY

  • Once in a blue moon: seldom, once in a while (or less!), basically something which happens very rarely
  • To paint a picture: to describe something, to set the scene (telling a story)
  • Tomfoolery: messing around, fooling around, joking around…
  • Goodies: nice things. Can also be used to describe the good and the bad guys in films, i.e. the goodies and the badies
  • A mere £1.65: using the word mere is like saying ‘only £1.65’, used as a diminuitive
  • Hellbent: uncontrollably keen to do something, determined, adamant

“Senna” leva dois prêmios na grande festa do cinema britânico

5 anos atrás ----- Blog

Aconteceu ontem, em Londres, a premiação do Bafta – o Oscar britânico.

Já tínhamos cantado a bola por aqui de que o filme “Senna”, sobre a vida do brasileiro tricampeão mundial de Fórmula 1, estava cotado para levar diversos prêmios!

Dito e feito. “Senna” levou o prêmio de melhor documentário e melhor edição! Quem viu este filme nos cinemas, se emocionou e sabe que o prêmio foi merecido.

Confira a lista completa dos vencedores, com destaque para “O Espião que Sabia Demais”, que levou o prêmio de melhor filme britânico.
.

Melhor filme britânico
Sete Dias com Marilyn
Senna
Shame
Precisamos falar sobre o Kevin
O Espião que Sabia Demais


Melhor documentário

Martin Scorsese – George Harrison: Living In The Material World
James Marsh, Simon Chinn – Project Nim
Asif Kapadia – Senna


Melhor edição

The Artist
Drive
A Invenção de Hugo Cabret
Senna
O Espião que Sabia Demais


Melhor atriz

Bérénice Bejo – The Artist
Meryl Streep – A Dama de Ferro
Michelle Williams – Sete Dias com Marilyn
Tilda Swinton – Precisamos falar sobre o Kevin
Viola Davis – Histórias Cruzadas


Melhor ator coadjuvante

Christopher Plummer – Toda Forma de Amor
Jim Broadbent – A Dama de Ferro
Jonah Hill – O Homem Que Mudou o Jogo
Kenneth Branagh – Sete Dias com Marilyn
Philip Seymour Hoffman – Tudo pelo Poder


Melhor atriz coadjuvante

Carey Mulligan – Drive
Jessica Chastain – Histórias Cruzadas
Judi Dench – Sete Dias com Marilyn
Melissa McCarthy – Missão Madrinha de Casamento
Octavia Spencer – Histórias Cruzadas


Melhor filme britânico de estreia de um roteirista, diretor ou produtor

Attack the Block – Joe Cornish (Diretor/Roteirista)
Black Pond – Will Sharpe (Diretor/Roteirista), Tom Kingsley (Diretor), Sarah Brocklehurst (Produtora)
Coriolanus – Ralph Fiennes (Diretor)
Submarine – Richard Ayoade (Diretor/Roteirista)
Tyrannosaur – Paddy Considine (Diretor), Diarmid Scrimshaw (Produtor)


Melhor filme em lingua não-inglesa

Incendies (Canadá)
Pina (Alemanha/França/Reino Unido)
Potiche – Esposa Troféu (França)
A Separação (Irã)
A Pele Que Habito (Espanha)


Melhor roteiro original

Michel Hazavanicious – O artista
Annie Mumolo, Kristen Wiig – Missão Madrinha de Casamento
John Michael McDonagh – O Guarda
Abi Morgan – A Dama de Ferro
Woody Allen – Meia-Noite em Paris


Melhor roteiro adaptado

Jim Rash, Nat Faxon, Alexander Payne – Os Descendentes
Tate Taylor – Histórias Cruzadas
George Clooney, Grant Heslov, Beau Willimon – Tudo pelo Poder
Aaron Sorkin, Steve Zaillian – O Homem Que Mudou o Jogo
Bridget O’Connor, Peter Straughan – O Espião que Sabia Demais


Melhor trilha sonora original

Ludovic Bource – O artista
Trent Reznor & Atticus Ross – Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres
Howard Shore – A Invenção de Hugo Cabret
Alberto Iglesias – O Espião que Sabia Demais
John Williams – Cavalo de Guerra


Melhor fotografia

O Artista
Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres
A Invenção de Hugo Cabret
O Espião que Sabia Demais
Cavalo de Guerra


Melhor design de produção

O Artista
Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte 2
A Invenção de Hugo Cabret
O Espião que Sabia Demais
Cavalo de Guerra


Melhor figurino

O Artista
A Invenção de Hugo Cabret
Jane Eyre
O Espião que Sabia Demais
Sete Dias com Marilyn


Melhor som

O Artista
Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte 2
A Invenção de Hugo Cabret
O Espião que Sabia Demais
Cavalo de Guerra


Melhores efeitos visuais

As Aventuras de Tintim – O Segredo do Licorne
Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte 2
A Invenção de Hugo Cabret
Planeta dos Macacos – A Origem
Cavalo de Guerra


Melhor maquiagem

The Artist
Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte 2
A Invenção de Hugo Cabret
A Dama de Ferro
Sete Dias com Marilyn


Melhor curta animado

Abuelas
Bobby Yeah
A Morning Stroll


Melhor curta

Chalk
Mwansa The Great
Only Sound Remains
Pitch Black Heist
Two and Two

Dica de sexta – Não se arrepender da vida!

5 anos atrás ----- Blog

Lição de vida nunca tem hora para chegar!

Bronnie Ware, uma enfermeira australiana que passou anos tratando de pacientes terminais resolveu colocar num livro os principais arrependimentos destas pessoas. Ela reuniu os mais comuns no livro “The Top Five Regrets of the Dying”.

A dica desta sexta-feira veio do The Guardian, e é simples: que tal viver com menos arrependimentos? Vejam os cinco principais conselhos que a enfermeira dá em seu livro, baseado nos arrependimentos mais comuns que ela ouviu durante sua carreira:

Permita-se ser feliz

Para a enfermeira, poucas pessoas percebem que felicidade é uma questão de escolha. O medo de mudar faz com que as pessoas tentem parecer felizes, quando de fato evitam se divertir e encher a vida de bobeira e felicidade.

Fique próximo aos amigos

Muita gente próxima à morte sente falta dos amigos, que se afastaram lentamente durante os anos pois as pessoas se trancaram em suas próprias vidas. Amizade tem que ser nutrida todos os dias!

Expresse seus sentimentos

Como maneira de evitar conflitos ou outras situações embaraçosas, muita gente esconde o que realmente sente. Isso leva a diversos problemas emocionais. A boa é sempre se expressar e procurar a melhor forma de se relacionar com os outros e consigo mesmo.

Trabalhe menos, viva mais

A enfermeira diz em seu livro que isto é mais comum entre os homens, mas quase todo mundo fala isso nas últimas: “queria não ter trabalhado tanto, e ter curtido mais minha família e amigos”. Para que esperar o tempo passar para fazer isso, hein?

Viva a sua vida, não a que os outros esperam de você

O arrependimento mais comum, segundo a enfermeira, é este. Para ela, quando as pessoas estão no fim de suas vidas e olham para trás, vêem muitos sonhos deixados de lado para agradar outras pessoas. Triste, não?

.
O livro pode ser comprado pela Amazon, e ainda só foi publicado em inglês. Para ajudar a curtir mais a vida e os amigos, deixamos o clipe de Regret, do New Order.

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=IHGYkYBD0h4&ob=av2n[/youtube]

Parem o jogo, tem um gato no gramado!

5 anos atrás ----- Blog

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=vpOdLIHsUSM[/youtube]

Quem acompanha o mundo do futebol ou o mundo felino já deve estar sabendo da última que veio lá da Inglaterra.

No confronto entre Liverpool e Tottenham pela liga inglesa, disputado dia 6 de fevereiro, um gato entrou em campo e deu um senhor baile nos jogadores e funcionários do Anfield Road, estádio do Liverpool.

Até aí tudo bem, diversas interrupções já aconteceram em vários jogos. Só que essa foi especial. Quem contou foi o curador do Cultura Inglesa Festival, Lúcio Ribeiro, que está na Inglaterra.

No seu blog, ele falou que o “Anfield Cat” virou febre. O gato fofinho já ganhou um rock’n roll em sua homanagem (veja acima) e até um perfil “oficial” no Twitter com mais de 45 mil seguidores.

Para quem gosta de piadas futebolísticas, a aparição felina é um prato cheio.

E querem mais? De acordo com muitos jornais ingleses, o Anfield Cat (que é chamado de Sam pelos funcionários do estádio) parece Moglet, um gato que apareceu perto da sede do Liverpool e virou mascote e talismã do clube nos anos 80.

Já tem torcedor mais místico dizendo que o Anfield Cat é a reencarnação do Moglet…

E tem torcedor pedindo o bichano no time, já que ele dribla melhor que todos os titulares do Liverpool.

As melhores homenagens para os 200 anos de Charles Dickens

5 anos atrás ----- Blog

Muita gente homenageou o Charles Dickens nesta terça-feira, 7 de fevereiro. Também, não é para menos. A data marca os 200 anos de nascimento de um dos maiores escritores ingleses de todos os tempos.

Veja abaixo as melhores reverências que apareceram na internet para comemorar a data:

.
Google Doodle

O Google colocou um doodle (aquele logo que fica em destaque na sua página) em homenagem a Dickens, com ilustrações de seus principais personagens.
.

Novos Selos

Os correios da Inglaterra colocaram em circulação dois novos selos em homenagem ao escritor.
.

Livros digeridos

Por ter escrito longos livros (veja um mito sobre isso no nosso TOP5 especial), muita gente tem preguiça de ler. Que não seja por isso: o Guardian publicou alguns livros dele “digeridos”, mais curtos, claro.
.

Tour Virtual

Que tal fazer um tour virtual pela Londres do autor? Ou então um tour através de fotos?
.

Gráficos

Se o seu lance é gráficos e economia, confira esse todo especial que a The Economist preparou com informações sobre as vendas de livros por Dickens durante sua vida.
.

Ficando craque no autor

Que tal uma visita neste site que tem muito conteúdo sobre Dickens? Tem vídeos com performances baseadas em seus livros, artigos de pesquisadores, discussão sobre o contexto das obras dele… enfim, tudo para te transfomrar no maior especialista da turma!
.

TOP 10 Frases

Para terminar, que tal conferir este vídeo que mostra 10 frases incríveis de Charles Dickens?

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=H3M4_YDTHWA[/youtube]

.
Se você souber de mais alguma ação, ou até se aprontou alguma, mande para gente!

100 anos de moda no East London

5 anos atrás ----- Blog

Abra bem os olhos! Eis aqui uma viagem por 100 anos em apenas 100 segundos. Este casal de East London vai nos conduzir com sua dança, sua música e suas roupas do ano de 1911 ao de 2011.

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=7JxfgId3XTs[/youtube]

O vídeo 100 YEARS / STYLE / EAST LONDON foi criado por The Viral Factory e dirigido por Jake Lunt para anunciar a abertura do Westfield Stratford City, um dos maiores shoppings centers urbanos da Europa, em Stratford, Londres. As cenas foram feitas em diferentes locações do East London e terminam no Westfield Stratford City.

 

 

TOP 5 – Mitos sobre Charles Dickens

5 anos atrás ----- Blog Top 5

Hoje completa-se 200 anos do nascimento de um dos maiores escritores ingleses da história!

Trata-se de Charles Dickens, o autor de David Copperfield, Oliver Twist (o livro que virou filme, foto acima), e Um Conto de Duas Cidades.

A influência deste cara na literatura e na cultura é gigantesca, e só não é maior que os mitos que o cercam. O Washington Post preparou uma lista dos cinco maiores, e nós a traduzimos para você! Confiram o TOP 5 Mitos sobre Charles Dickens.

Grandes livros

Dizem por aí que os livros do cara são longos porque ele era pago por cada palavra escrita. Besteira pura. Na verdade, Dickens popularizou um tipo de publicação semelhante às nossas séries de TV: um capítulo por vez. Desta forma, ele podia soltar a caneta e imitar discursos de professores e burocratas, criticado ferozmente em suas obras.

Moral da história

Muita gente acusa os livros de Dickens de serem moralistas, e de serem simplistas ao separarem os bons personagens dos maus. Grande parte disto vem de uma má interpretação de uma frase de Orwell, sobre Dickens: “Dickens’s whole ‘message’ is one enormous platitude: If men would behave decently the world would be decent.”. No entanto, quem conhece os livros dele sabe que não é bem assim, certo?

Bons livros para colegiais

Costuma-se dizer com frequência que os livros de Dickens só servem para ensinar literatura nas escolas. No entanto, uma análise de suas estórias e de seu estilo mostra que os seus temas não são os mais adequados para adolescentes e jovens adultos. Quer dizer, são adequados, mas são muito mais profundos e existencialistas do que se costuma acreditar!

Autobiografia ou ficção?

Tem quem acredita que David Copperfield, um dos maiores livros do autor, é autobiográfico. Claro que há certas influências da vida do autor que aparecem no livro, e ele mesmo admite isso. Mas as semelhanças param por aí. Trata-se de um lviro de ficção – e um dos melhores já escritos!

Um escritor de Londres

Dickens talvez tenha sido o escritor que mais captou a essência da capital da Inglaterra, e que mais foi influenciado por ela. No entanto, os seus livros não são restritos ao universo de Londres, embora a conexão com o povo simples das ruas da cidade é inegável. Ele sabia que Londres já era uma metrópole mundial, em sua época, e sabia ser bairrista e universal ao mesmo tempo!

.
E para você, qual é o livro preferido deste autor?

Let’s Rock Together – Broth3rhood

5 anos atrás ----- Cultura Inglesa

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=j8BWWaE-ctk[/youtube]

Banda já conhecida no Cultura Inglesa Festival, o Broth3rhood começou há seis anos, quando Diego (guitarra), Iago (bateria) e Fabrício (baixo) resolveram fazer covers de duas de suas bandas preferidas: Red Hot Chili Peppers e Arctic Monkeys.

Hoje, com composições próprias já gravadas, a banda de alunos da Cultura Inglesa de Londrina continua fazendo um rock muito influenciado pela banda de Alex Turner, mas com muita atitude e qualidade.

O Broth3rhood ganhou a grande final do Cult in Music 2010 e tocou no 15º Cultura Inglesa Festival, no mesmo palco em que se apresentaram Gang of Four, Miles Kane, Blood Red Shoes, Cachorro Grande e Mockers.

.
Saiba mais:

http://www.myband.com.br/broth3rhood/

Let’s Rock Together – André Frateschi & Heroes tocando David Bowie

5 anos atrás ----- Cultura Inglesa

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=9hMELh0L4O4[/youtube]

Desde os 7 anos de idade fermentando a ideia de uma banda que só tocasse Bowie, André Frateschi conseguiu reunir, há sete anos, gente interessada nessa empreitada.

E deu certo. A banda André Frateschi & Heroes já ganhou destaque na crítica e nos jornais pela sua proposta de fazer covers inspirados do ídolo David Bowie.

Na formação da banda, há músicos com grande experiência, com passagem por bandas como o Numismata, Seychelles, Banda Paralela e Chimpanzé Clube Trio.

O show aborda diversas fases da carreira mutante de Bowie, indo desde o disco Space Oddity até o seu mais recente trabalho, “Reality”. Como a banda diz, “o difícil é fechar um set com só 20 músicas, pelo excesso de excelente material disponível”.

Veja acima o vídeo da performance ao vivo da música “Modern Love”, por André Frateschi & Heroes.
.

Saiba mais:

http://heroees.multiply.com/

Let’s Rock Together – Thiago Pethit tocando Marianne Faithfull

5 anos atrás ----- Cultura Inglesa

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=pXBIWw185oY[/youtube]

Formado em Artes Cênicas, Thiago Pethit traz elementos do teatro para a música, criando em suas músicas e apresentações uma atmosfera única.

Ele já foi apontado pelo renomado jornal britânico “The Guardian” como um dos mais promissores artistas pelo mundo, e já recebeu elogios de gente grande, como Caetano Veloso.

Seu primeiro disco é de 2010, e se chama “Berlim, Texas”.

Como sempre manteve uma predileção por artistas “mal compreendidos”, Pethit pretende levar ao 16CIF as canções de Marianne Faithfull, que tomou a Inglaterra de assalto com um cover de “As Tears Go By”, dos Stones, e depois se mostrou uma grande performer com sua voz rouca de cabaré.

Para os fãs de metal, ela é a dona do vozeirão feminino de The Memory Remains do Metallica.

Veja acima o clipe da música “Mapa-Múndi”, de Thiago Pethit.
.

Saiba mais:

http://www.thiagopethit.com/