Web Content Viewer
Cultura Inglesa fevereiro | 2012 | Blog – Cultura Inglesa

Mês: fevereiro 2012

CINEMA → Pequenos

5 anos atrás ----- Cultura Inglesa

De férias, o menino Lucas se aventura com seus amigos em perigosas e divertidas brincadeiras pelo bairro onde mora. Os dias passam e ele se aproxima da amiga Ana, com quem ele experimenta algo novo e inesperado em sua vida, o primeiro amor.

O curta Pequenos, de Alexandre Rafael Garcia, foi livremente inspirado no romance irlandês Paddy Clarke Ha Ha Ha, de Roddy Doyle, pela maneira livre como a narrativa se estrutura e é centrada no universo de um garoto de dez anos – urgente, alegre, dolorido, prazeroso e inconsequente, sem qualquer acompanhamento e censura dos adultos.

Pequenos é um dos projetos selecionados no último edital do Cultura Inglesa Festival.

.
Direção: Alexandre Rafael Garcia

 

 

CINEMA → Os barcos

5 anos atrás ----- Cultura Inglesa

Os barcos se estrutura em torno das percepções subjetivas de alguns jovens em uma tarde quente de verão. Juntos em um sítio, sem a presença de adultos, esses jovens mergulham em uma atmosfera carregada de movimentos afetivos. O filme segue os pequenos desdobramentos dessa tarde.

O curta, de Thaís de Almeida Prado e Caetano Gotardo, se inspira em As Ondas, de Virginia Woolf, justamente no que ele tem de mais singular: a história que se estrutura centrada nas percepções das personagens, seus sentimentos, inquietações, embates e encontros.

I saw leaves moving in a hole in the hedge. I thought “That is a bird on its nest.” I parted them and looked; but there was no bird on a nest. The leaves went on moving. I cried as I ran, faster and faster. What moved the leaves? What moves my heart, my legs? (The waves, Virginia Woolf)”
.

Direção: Thaís de Almeida Prado e Caetano Gotardo

 

 

CINEMA → Um Pouco Mais de Tempo

5 anos atrás ----- Cultura Inglesa

As 1001 coisas que devem ser feitas antes de morrer é o que angustia Bia quando encontra Téo em uma sala de espera de hospital.

No curta Um Pouco Mais de Tempo, de Rafaela Carvalho, os dois são jovens, vivendo na era da informação e do imediatismo, com vontade de ser alguém especial na vida e necessidade de fazer coisas especiais o tempo todo.

O encontro no hospital faz com que ambos entrem em contato com questões mal resolvidas do passado e reflitam sobre as escolhas que ainda têm que fazer.
.

Direção: Rafaela Carvalho

 

 

O jogo do Cultura Inglesa Festival no Facebook está no ar!

5 anos atrás ----- Blog

.

.
Amy Winehouse está a quantas estações de metrô de Jack O Estripador?

No #ParadaInglesa você descobre conexões aparentemente desconexas e testa seus conhecimentos britânicos num metrô completamente inusitado.

Conforme você acerta as perguntas, o metrô te interliga pelos mais diferentes assuntos e você descobre mais e mais mistérios.

São 12 linhas de metrô com combinações diferentes de estações.

Para chegar no final de cada linha, você tem de correr contra o relógio e matar 20 charadas, com a ajuda de 3 dicas.

Você sabia que o Elton John já foi dono de um time de futebol?

Tente conquistar o último badge do jogo e desafie seus amigos!
.

Compartilhe

Cole o código html no seu blog: http://tinytext.org/Q3Il (entre no link para copiar)

.
Saiba mais

Veja todos os badges do jogo e saiba como jogar

Jogue no Facebook (não precisa dar “like” pra acessar a fanpage)

 

Parada Inglesa: sobre o jogo

5 anos atrás ----- Cultura Inglesa

.
Você sabe o que a cidade do Elton John tem a ver com a Ginger Spice? E o que liga a Ginger Spice ao Tony Blair? Essas e outras curiosidades fazem parte do game Parada Inglesa, hospedado na nossa fanpage.

O jogo contém cerca de 220 perguntas interconectadas em seu banco de dados e transita pelos mais diferentes assuntos, de música à história. As 220 perguntas estão divididas em linhas de metrô com 20 estações cada.

Cada vez que o jogador a entra no Parada Inglesa, o jogo sorteia uma linha aleatória com 20 perguntas.
.

Como jogar:

O objetivo do jogo é responder todas as perguntas o mais rápido possível para conquistar os badges do game, além de ganhar mais pontos que os amigos. O jogador tem:

25 segundos para responder cada pergunta.

3 dicas para pedir durante o trajeto.

3 vidas (ou seja, pode errar duas vezes apenas).
.

Pontuação:

Cada resposta certa  = 10 pontos

Cada segundo restante é convertido em ponto ao acertar a pergunta (ex: se a pessoa demorar 14 segundos para responder, os 6 segundos restantes viram pontos, totalizando 16 pontos).

Cada 60 pontos = um novo badge

Cada dica pedida = -10 pontos

Cada resposta errada = -15 pontos

.
Badges:

Os badgets, inspirados nas ordens de cavalaria do império britânico, têm a seguinte hierarquia:

Motorista da mão contrária

Súdito do Underground

Súdito do Underground com Oyster Card

Cavaleiro da Ordem dos Double Deckers

Comandante da Ordem do Império do Tâmisa

Lord da Royal Academy of Quizzes

Visconde da Piccadilly Circus

Duque de Westminster

Príncipe de Londres

Sua majestade, o monarca do Parada Inglesa

(esse último título nem William Shakespeare conquista! Descubra como é o badge atingindo mais de 550 pontos)
.

Boa sorte!

Como sobreviver nas ruas com a ajuda de uma matilha de cães? Descubra na peça Ivan e os Cachorros

5 anos atrás ----- Blog

Aplaudida de pé pelo público do 15˚ Cultura Inglesa Festival, a peça Ivan e os Cachorros entra em cartaz no próximo dia 3 de março em São Paulo.

Ivan e os Cachorros é baseada em uma história real e foi escrita pela inglesa Hattie Naylor. A peça rememora a Rússia da década de 1990, devastada pela miséria durante o colapso econômico do socialismo. Ivan, já adulto, conta sua história: ele tinha quatro anos quando fugiu da brutalidade de seu padrasto para viver nas ruas de Moscou e encontrar seu lugar entre os cães.

Na montagem brasileira, Ivan é interpretado por Eduardo Mossri, único ator no palco. Os cachorros com que Ivan interage e as situações vividas por ele são montados por meio de iluminação, efeitos sonoros, composições musicais e projeções multimídia. O mais surpreendente é que é o próprio ator quem comanda os efeitos que coloca na história, com aparelhos que estão no palco.

“A maneira como os cachorro são representados na peça é a surpresa do espetáculo. Além de a história ser muito bonita e real, a peça foi um presente para toda a equipe pois nos deu várias possibilidades”, afirmou Eduardo Mossri.

A experiência no 15˚ Cultura Inglesa Festival foi considerada por ele muito importante principalmente pela resposta positiva do público e pela oportunidade de conhecer a autora da peça, que veio para a estreia: “Ela não entendia o português, mas ficou impressionada com a nossa montagem e afirmou concordar com as nossas escolhas.”

Duração: 70 minutos
Classificação: 12 anos

 


.

Serviço

Teatro Cultura Inglesa-Pinheiros
Sábados e Domingos às 20h30
03 de Março até 01 de Abril
Rua Deputado Lacerda Franco, 333, Pinheiros
Tel: 3095-4466

Mais informações: www.ivaneoscachorros.com.br

 

 

Dica de sexta – Música nova do Graham Coxon para baixar

5 anos atrás ----- Blog

Qual é o seu “Blur” favorito?

Se você respondeu Graham Coxon (ou sabe do tamanho da importância deste cara para o rock britânico) temos uma boa notícia!

Ele está na reta final da produção de seu oitavo disco solo, o “A+E”. Depois do Blur, Cox vem construindo uma produtiva carreira solo.

Ele chegou até a abocanhar o prêmio NME como melhor artista nesta categoria em 2005, depois do grande sucesso do disco “Happiness in Magazines”.

Para quem acompanha a carreira deste cara de perto, esse disco promete! Afinal de contas, ele é o guitarrista mais talentoso de sua geração, segundo o próprio Noel Gallagher (que, aliás, era arqui-inimigo do Blur).

A dica desta sexta-feira é simples: veja os trailers (logo abaixo) do disco e baixe a música “The Truth” gratuitamente no site de Graham Coxon. Se você se empolgar, dá até para fazer uma reserva do disco, que será lançado na primeira semana de abril.

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=rw0Ni2JolwI[/youtube]

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=pl734jaCM8Q[/youtube]

Carnaval em Londres: será que dá samba?

5 anos atrás ----- Blog

Existe carnaval na Inglaterra?

A resposta é… sim! Os ingleses também comemoram carnaval por lá. Mas ele é bem diferente da festa que celebramos aqui no Brasil.

Por exemplo, o carnaval inglês é comemorado nos feriados bancários de agosto. Não dá pra cair na folia em fevereiro e março, pois ainda é inverno.

Agosto é o auge do verão por lá. E vocês sabem que carnaval exige muito calor!

O carnaval britânico não tem também muito samba. Os ritmos que dominam a celebração por lá são a salsa e o calypso. Não, não é a banda da Joelma, “calypso” também é um ritmo do caribe, que tem alguma semelhança com o carimbó paraense.

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=HAWfNXLPSTU[/youtube]

A principal festa carnavalesca de Londres é o Notting Hill Carnival. Ela acontece desde 1964, e tem um forte papel na luta pela afirmação da cultura latino-americana na Inglaterra.

A boa para os brasileiros pode ser o Carnaval del Pueblo. Ele acontece desde 1999, e neste ano terá 19 países representados, inclusive com uma área de entretenimento brazuca!

Vejam os dois vídeos deste post, que explicam um pouco do carnaval por lá!

[youtube width=”650″ height=”344″]http://www.youtube.com/watch?v=Ny86HpNtkMA[/youtube]

Trainspotting representa a Escócia no nosso Cinequiz

5 anos atrás ----- Blog

E hoje foi dia de mais um Cinequiz na nossa fanpage.

O filme da vez veio da Escócia, e é…

Trainspotting! Para quem não viu ou não se lembra, é um filme pesado sobre a “low life” de Edimburgo, capital escocesa.

No filme, é retratada a vida de jovens adultos viciados em heroína.

Dirigido por Danny Boyle e estrelado por Ewan McGregor, o filme tem uma trilha sonora impecável, belas cenas de perseguição e alucinação (causada pelo uso da droga) além de um roteiro que prende qualquer um.

Ele foi inspirado no livro de Irvine Welsh, escritor escocês do underground britânico. Ele até faz uma ponta no filme! O sotaque escocês é também um dos atrativos do filme, tanto é que quando ele passou nos Estados Unidos, tiverem de redublar o filme, com menos sotaque. Ninguém entendia nada!

O longa foi indicado ao Oscar e ao Bafta e é imperdível para quem tem estômago forte e mais de 18 anos (que é a classificação etária do filme).

Quem acertou primeiro o cinequiz foi Alexandre Moitinho, em incríveis 3 minutos. Parabéns!

TOP 5 – Esquisitices inglesas

5 anos atrás ----- Blog Top 5

[youtube width=”550″ height=”350″]http://www.youtube.com/watch?v=7mjOZ8joPus[/youtube]

A gente sabe que existem muitas diferenças entre os países. No Brasil, é comum chegar atrasado. Nos países árabes, cumprimentar com a mão esquerda é ofensivo. Na China, cuspir na rua e arrotar na mesa é normal. E no Reino Unido? O nosso TOP5 dessa semana traz um combinado dos costumes ingleses mais esquisitos. (E tente não chegar atrasado, nem cuspir na rua na Inglaterra – essas atitudes são uma afronta!)
.

Chá com leite

Que os ingleses são fissurados em chá, todo mundo sabe. De acordo com o Tea Council, a população britânica consome 165 milhões de xícaras de chá por dia, o que dá 60,2 bilhões por ano! Até aí tudo bem. O esquisito é que 98% dos britânicos bebem seu chá com leite (como você pode ver no vídeo acima da marca de chás PG tips). Nem parece mais tão estranho comer feijão no café da manhã, né?
.

Bank Holiday

Na Inglaterra, todos os feriados são chamados de Bank Holidays. Isso quer dizer que os feriados comuns como o dia do trabalho e os dias santos têm tudo o mesmo nome. E caem obrigatoriamente na segunda ou na sexta-feira. Só o Natal, o “Boxing Day” (dia 26 de dezembro) e a Páscoa são exceções e mantém seus nomes. Em 2012, os ingleses terão um feriado extra: o jubileu de diamante da Rainha. Saiba mais

 

Pepino no drink

Inglês que é inglês toma mesmo Pimm’s com gin, laranja, limão, maçã, hortelã e PEPINO! Sim, pepino. O famigerado drink é quase tão tradicional quanto o chá e mata a sede no verão. A bebida Pimm’s foi criada por volta de 1840 por James Pimm, dono de um bar em Londres.

Bebedeira com hora pra acabar

A noitada em Londres normalmente acaba cedo. O povo fica do lado de fora dos pubs a partir das 17h (que é quando o expediente acaba por lá). Depois eles vão para dentro dos pubs, mas a noitada acaba cedo porque a bebida cessa às 23h, quando passa um cara dentro do bar tocando um sino. E se tem balada depois, os ingleses saem seminus mesmo que esteja um frio de 0 grau…

 

Cemitério para os vivos

Quem passeia em cemitérios? Na Inglaterra, além de parentes de finados, góticos e almas penadas, todo mundo. Para os ingleses, cemitérios são como se fossem mais uma opção de parques para, por exemplo, andar com o cachorro. Essa foto abaixo é do Highgate Cemetery, uma atração turística que tem entre suas ilustres tumbas, a de Karl Marx.